Salvini renuncia à imunidade parlamentar e quer ser levado à Justiça

Matteo Salvini, investigado por ter impedido o desembarque de migrantes, quer renunciar à imunidade parlamentar e ser julgado. A poucos dias das eleições regionais, esta é uma oportunidade do ex-ministro do Interior voltar a conquistar a atenção dos media.

O passo do antigo ministro do Interior italiano está a ser interpretado como uma estratégia para ganhar atenção dos meios de comunicação e como uma oportunidade de defender as usas posições políticas. Matteo Salvini, investigado por ter impedido o desembarque de 131 migrantes, em julho do ano passado, decidiu renunciar à imunidade e ser julgado.

“Guareschi dizia que há momentos em que, para se chegar à liberdade, é preciso passar pela prisão. Estamos prontos, estou pronto”, afirmou esta segunda-feira, citado pelo Expresso. A declaração do ex-governante antecedeu a votação da Junta de Imunidade Parlamentar do Senado, o órgão que encomendou a abertura do processo contra Salvini.

Os representantes da Liga – o partido do ex-ministro – votaram a favor, enquanto que os seus aliados de coligação votaram contra ver Salvini no banco dos réus. Contudo, como os deputados da maioria do Governo italiano (Partido Democrata e Movimento 5 Estrelas) se ausentaram em protesto, os regulamentos determinam que no próximo procedimento parlamentar seja confirmado o levantamento da imunidade.

A maioria protestava por entender que esta votação deveria acontecer após as eleições do próximo domingo, de modo a não interferir na escolha dos eleitores.

“Quero ir a tribunal e representar os milhões de italianos que querem viver tranquilos em suas casas”, afirmou Salvini, ciente de que poderá usar a seu favor o mediatismo deste eventual processo. A discussão pode influenciar os votos regionais, sobretudo em Emilia Romagna, onde o resultado decidirá parte do destino do Executivo em Roma – um bom resultado da extrema-direita poderá forçar a realização de legislativas antecipadas.

De acordo com o semanário, sobre Salvini chegar ou não a enfrentar a Justiça, tudo depende da votação final que acontecerá em fevereiro.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Em parte este ministro tem razão. Os refugiados tem de tudo, desde pessoas que querem trabalhar como tem outras que não, só vão p/ outros países p/ mendigar ou pior roubar e matar. Ora p/ tipo de situações já tem eles não precisam de mais, fora todos os custos que advém de os acolher. A UE devia era investir p/ melhorar a vida destas pessoas nos países deles e não nos países da UE. Isso não é solução. Depois há países da UE que estão mt mais prejudicados do que outros, que é o caso da Italia. É uma situação mt delicada, mas os governos dos diversos países é que tem de encontrar solução rápida, senão será sempre mais do mesmo.

RESPONDER

Temido admite uso generalizado de máscaras contra a covid-19

A ministra da Saúde anunciou, em entrevista à RTP1, que a Direção-geral da Saúde pediu um parecer sobre o uso generalizado de máscaras para evitar a propagação do Covid-19, tendo sido aconselhada a equacionar a …

Disputa sobre os nossos ancestrais resolvida pela evidência genética mais antiga de sempre

Informações genéticas de um fóssil humano com 800 mil anos foram recuperadas pela primeira vez. Os resultados esclarecem uma das ramificações da nossa árvore genealógica. A evidência genética foi retirada de um dente pertencente a um …

"Claramente abusivo". Isabel dos Santos contesta arresto de ações da NOS

As empresas da empresária angolana Isabel dos Santos que, em conjunto com a Sonaecom, controlam a maioria do capital da operadora NOS, consideraram que o arresto das suas participações na empresa é “abusivo” e “excessivo”. A …

Boris Johnson hospitalizado para fazer mais exames à covid-19

O primeiro-ministro britânico, que deu positivo para o novo coronavírus há dez dias, foi hospitalizado, este domingo, para novos exames. "A conselho do seu médico, o primeiro-ministro foi internado no hospital para exames esta noite", indicou …

Mistura de nanopartículas carregadas pode ser o cocktail fatal das células cancerígenas

Uma equipa de investigadores da Coreia do Sul descobriu que podem dar um golpe fatal nas células cancerígenas com uma cuidadosa mistura de nanopartículas carregadas. Os lisossomas são os caixotes do lixo das células. Contêm enzimas …

Diretora-geral da Saúde da Escócia demite-se após furar confinamento que impôs

A diretora-geral da Saúde da Escócia, Catherine Calderwood, anunciou na noite de domingo a sua demissão após ter desrespeitado as regras de confinamento que impôs, ao deslocar-se por duas vezes à sua segunda casa durante …

Maduro pede aos norte-americanos que impeçam "novo Vietname" perto de casa

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, dirigiu este domingo uma carta aos norte-americanos, apelando a que travem as alegadas intenções de Trump de avançar para um conflito armado com a Venezuela e impeçam "outro Vietname …

Apareceu um enorme buraco na camada de ozono por cima do Pólo Norte

O Arctic Ozone Watch da NASA relatou a formação de um grande buraco na camada de azono acima do Pólo Norte, que pode ser o maior já registado no norte. Em março, os relatórios de balões …

Descoberto novo candidato a superterra habitável a 12 anos-luz

Um sistema estelar recém-descoberto a 12 anos-luz inclui três mundos na faixa de tamanho entre a Terra e Neptuno, um deles na "zona habitável" da estrela, onde o calor do hospedeiro permite a existência de …

Na Terra ou em Marte: reator híbrido converte CO2 em produtos orgânicos

Uma equipa de investigadores desenvolveu um reator híbrido que utiliza bactérias "ciborgues" incorporadas em nanofios para produzir alimentos, combustível e oxigénio. Segundo o comunicado da Universidade da Califórnia, em Berkeley, este sistema é muito semelhante ao …