Rui Rio admite que “poderá” ser alternativa a Passos Coelho

Ordem dos Contabilistas Certificados / Flickr

Rui Rio, ex-presidente da Câmara Municipal do Porto

Rui Rio, ex-presidente da Câmara Municipal do Porto

O ex-presidente da Câmara do Porto não exclui a possibilidade de se candidatar à liderança do PSD em 2018, se até lá “não aparecer uma alternativa credível”.

Em entrevista ao Diário de Notícias, Rui Rio falou abertamente sobre a situação atual do PSD, da liderança de Passos Coelho e da possibilidade de vir a ser o seu substituto.

O ex-presidente da Câmara do Porto diz que, caso “o partido não conseguir descolar” até 2018, é expectável que surja uma alternativa de mudança.

“Será sinal de falta de vitalidade interna se o PSD continuar com grandes dificuldades de aceitação junto das pessoas e se, mesmo assim, não aparecer uma alternativa credível a disputar a liderança”, declara.

Questionado sobre se poderá ser o próprio a assumir essa mudança, Rio não exclui essa possibilidade. “Poderá ser o Rui Rio? Poderá”, respondeu.

Porém, o antigo secretário-geral do PSD admite que pesam vários fatores na hora de tomar essa decisão.

“Perceber se os apoios que eu possa ter são convictos e se acreditam mesmo em mim. Se as outras alternativas são suficientemente credíveis e robustas para servirem o PSD e o país. Se há espaço para implementar o fundamental das minhas ideias e da minha maneira de ser, que como sabe tendem a ser um pouco disruptivas relativamente à política na sua forma mais tradicional. Se sinto condições para gerar uma dinâmica de mudança e de desenvolvimento em Portugal. E, até, se tenho os inimigos políticos corretos”, explicou.

O ex-autarca reconhece que, nas últimas eleições diretas, condicionou o facto de Passos Coelho ter “acabado de conseguir ser o mais votado em eleições nacionais muito recentes”, o facto de querer continuar e também porque tinha o apoio da maioria dos militantes do partido.

“Hoje, o quadro já não é bem o mesmo e no futuro logo se verá”, atirou Rio, acrescentando que tem sido pressionado “por militantes e por não militantes” para concorrer.

Ao jornal, Rio acrescenta ainda que o desfecho das autárquicas “não é decisivo” para uma vitória nas legislativas, mas que, com um mau resultado, a posição do atual líder dos sociais-democratas “não fica mais forte”.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Passo Coelho é, desde que deixou de governar, um lider a prazo numa altura em que ninguèm quer comandar “a caravana” que atravessa o deserto. Ao empurrar o PSD para uma direita neo-liberal e reacionária, ignorando por completo a matriz social democrata do partido originou aquilo que nunca se tinha visto em mais de 40 anos de democracia; a união da esquerda e a formação de um governo socialista apoiado na assembleia por partidos que por norma estavam fora do arco da governação.
    Se nas próximas eleições o PSD não tiver um bom resultado, muito rápidamente o Coelho vai ser “esfolado” e rápidamente esquecido pelo partido.

RESPONDER

Bezos e Branson não são astronautas, clarifica Administração da Aviação norte-americana

Dúvida instalou-se depois dos voos que levaram os dois bilionários ao espaço. Novas diretrizes da Administração Federal de Aviação vêm esclarecer.  Após os voos que os tornaram nos primeiros turistas espaciais, Jeff Bezos e Richard Branson …

Soldados afegãos buscam refúgio no Paquistão após perderem postos na fronteira

Quase meia centena de soldados afegãos buscaram asilo no Paquistão após perderem para os Talibãs o controle das posições militares na fronteira, informou o exército paquistanês esta segunda-feira. Centenas de soldados do exército afegão e oficiais …

Portugal ultrapassa Estados Unidos em população com vacinação completa

EUA vivem atualmente um planalto no seu processo de vacinação, com pouco mais de meio milhão de cidadãos a serem vacinados diariamente. Desaceleração no ritmo de inoculações é atribuída a motivações pessoais da população e …

Mulher que vestia camisola com capa do Charlie Hebdo ferida em Londres

Uma mulher que vestia uma camisola estampada com uma capa da revista satírica francesa Charlie Hebdo foi ferida levemente com arma branca no domingo em Hyde Park, em Londres, informou a polícia, que pediu colaboração …

Novo Banco. Comissão de inquérito aprova que resolução do BES foi "fraude política"

A comissão de inquérito ao Novo Banco aprovou uma proposta do PCP de alteração ao relatório referindo que a resolução do BES e a sua capitalização inicial, de 4.900 milhões de euros, foi "uma fraude …

BCP prevê saída de mais de 800 trabalhadores e admite despedimento coletivo

O presidente do BCP disse esta segunda-feira que deverão sair do banco mais de 800 trabalhadores, abaixo da meta inicial de 1.000, mas que depende dos funcionários que aceitarem rescindir e mantém a possibilidade de …

Jogos Olímpicos. Ouro e prata para atletas de...13 anos

Pódio muito jovem na estreia do skate feminino. A espreitar o pódio ficou uma norte-americana com quase o triplo da idade. O skate está a "viver" os seus primeiros dias na história dos Jogos Olímpicos. Inserido …

SEF e PSP reforçam fiscalização às regras aplicáveis nas viagens de avião

O SEF e a PSP reforçaram a fiscalização nos aeroportos às regras do tráfego aéreo devido às variantes de covid-19 e ao aumento do número de voos previsto para as próximas semanas, segundo um despacho …

Ramalho Eanes defende que Otelo "tem direito a lugar de proeminência" na História

O ex-presidente da República Ramalho Eanes defendeu esta segunda-feira que Otelo Saraiva de Carvalho, falecido no domingo, tem direito a um "lugar de proeminência histórica", apesar "da autoria" do que considerou "desvios políticos perversos, de …

Hidilyn Diaz dá primeira medalha de ouro de sempre às Filipinas

A filipina Hidilyn Diaz deu esta segunda-feira a primeira medalha de ouro de sempre ao seu país em Jogos Olímpicos, ao conquistar a categoria de -55 kg de halterofilismo em Tóquio2020. Depois de ter sido segunda …