Rui Rio e Adão Silva podem ser alvo de sanções (e até mesmo enfrentar expulsão)

Manuel de Almeida / Lusa

Rui Rio e Adão Silva podem enfrentar sanções após contrariarem uma moção aprovada no último Congresso do partido relativamente ao referendo da eutanásia.

Quando terminar a votação do referendo à eutanásia, a direção do PSD, encabeçada por Rui Rio, e a liderança da bancada parlamentar, ocupada por Adão Silva, deverão ser alvo de uma queixa ao Conselho de Jurisdição Nacional do PSD. Segundo a revista Sábado, em causa está a liberdade de voto e a ausência de qualquer iniciativa própria para promover a consulta popular, contrariando uma moção aprovada no último Congresso.

A visão da direção é que as moções aprovadas em Congresso não são vinculativas, mas essa não é a leitura que o Conselho de Jurisdição Nacional (CJN) faz. Uma decisão aprovada por unanimidade faz com que a moção para promover a realização de um referendo à eutanásia é “de acatamento obrigatório”.

Em fevereiro, o militante Leonel Fernandes já tinha apresentado um queixa a pedir um processo disciplinar a Rui Rio, alegando que não estava a cumprir o que foi aprovado em congresso sobre a eutanásia. A queixa viria a ser arquivada, com o CJN a entender que ainda não tinha sido esgotado o tempo para fazer valer a moção.

“Era como se o parlamento aprovasse uma moção de censura e o primeiro-ministro dissesse que não lhe dava jeito. Temos de respeitar os órgãos do partido e a democracia”, defendeu na altura.

Agora, Leonel Fernandes conta voltar a avançar com nova queixa, tendo em conta a liberdade de voto dada aos deputados. A Sábado escreve que é quase certo que o CJN aprove sanções para quem desrespeitou a decisão do Congresso.

As sanções que Rui Rio e Adão Silva deverão enfrentar podem ir desde uma mera advertência à expulsão. Outras alternativas são perda ou suspensão de mandato, suspensão do direito de eleger ou ser eleito para órgãos do partido ou suspensão da militância.

Se a expulsão parece uma hipótese arrojada, a suspensão dos direitos de eleger e ser eleito durante um certo período não seria inédita. Aliás, esta foi a solução encontrada pelo CJN para punir os deputados madeirense que votaram desalinhados da bancada num Orçamento.

O presidente do CJN do PSD recusou comentar sobre um processo que, de momento, ainda não existe.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Estão a querer inverter na secretaria os resultados de um campeonato ganho com golos em jogos! Esta manobra é tipicamente portuguesa, com mais de 800 anos de história/s e traduz as nossas origens Católicas Apostólicas Romanas. Mandem o Rui Rio embora com moções aprovadas em congresso. Não criem problemas burocráticos porque disso estão fartos os militantes, os portugueses e o país!

RESPONDER

Há 33 cursos com emprego garantido. Abandono no Ensino Superior aumentou

Este ano, há 30 licenciaturas e três mestrados integrados sem recém-diplomados inscritos no Instituto de Emprego e Formação Profissional. Segundo o Observador, o número total (33) é inferior ao de 2020 e de 2019, quando foram …

Chegada de emigrantes obriga autarcas do Interior a apertar as regras

Os autarcas do Interior do país, sobretudo de regiões onde a variante Delta ainda não se impôs e o número de novos casos de covid-19 não limita o quotidiano das populações, estão preocupados com o …

Jovens com menos de 20 anos vacinados numa "happy hour" em Lisboa

Alguns jovens com menos de 20 anos foram vacinados no centro de vacinação do Altice Arena, em Lisboa, depois de terem sido informados que havia "sobras". Task force já negou essa explicação. A situação foi denunciada, …

John Textor diz que reação da SAD do Benfica é "cómica"

O empresário norte-americano que chegou a acordo com o "rei dos frangos" para comprar 25% da Benfica SAD considera que a reação à sua aproximação é "cómica". Este mês, a Benfica SAD comunicou à Comissão de …

Rio acusa Cabrita de "mentir aos portugueses e no Parlamento" sobre festejos do Sporting

Rui Rio acusou o ministro da Administração Interna de "mentir aos portugueses e mentir no Parlamento" e justificou o motivo que levou o PSD a recorrer à figura da audição potestativa, a que os partidos …

Novo Banco não viu conflito de interesses na proposta sobre Imosteps

O Novo Banco defende que a proposta da Iberis para comprar a dívida da Imosteps, de Luís Filipe Vieira, não configurava conflito de interesses.  O Novo Banco defendeu, numa carta enviada ao Parlamento, que a proposta …

Restaurantes "expressamente proibidos" de guardar comprovativos de testes dos clientes

Os restaurantes dos concelhos em risco elevado e muito elevado, onde é necessário um teste negativo ou o certificado digital por parte dos clientes para poderem entrar, estão "expressamente proibidos" de guardar os comprovativos. A regra …

City pode ter de sacrificar Bernardo Silva para contratar Kane

O médio português poderá ter de ser "sacrificado" pelo Manchester City para financiar a contratação do avançado inglês ao Tottenham. Segundo o The Sun, para garantir a transferência de Harry Kane, o Manchester City terá de …

Não é só o BE, PCP e PAN que têm exigências. PS pressiona Leão com descida de IRS

As exigências para o próximo Orçamento do Estado (OE2022) não chegam apenas do Bloco de Esquerda, PCP e PAN. O PS também as tem e pressiona o ministro das Finanças por uma eventual mexida nos …

Alemanha não tem feito o suficiente para atingir metas do Acordo de Paris, diz Merkel

Chanceler alemã não está satisfeita com os esforços feitos pelo seu país ao longo das últimas décadas, defendendo que é preciso "acelerar o ritmo" para cumprir os objetivos estabelecidos pelo Acordo de Paris. Na tradicional conferência …