Mistério no mundo editorial. Alguém está a tentar roubar manuscritos de livros não publicados

Os manuscritos “roubados” não acabam no mercado negro, nem perdidos na dark web. Quando as cópias são enviadas, simplesmente desaparecem, um pormenor que adensa o mistério dos e-mails fraudulentos.

Escritores de todo o mundo têm recebido e-mails a pedir o envio dos manuscritos dos seus projetos literários inacabados. As mensagens de correio eletrónico parecem ser dos seus editores e, por isso, os autores anexam os rascunhos e enviam sem desconfiar.

No entanto, segundo o The New York Times, o remetente não são os editores, mas alguém que se fez passar por eles.

Tal como numa narrativa de suspense, há um plot twist neste esquema fraudulento: nada acontece aos manuscritos que os escritores enviam a alguém que desconhecem. De acordo com o diário norte-americano, não são vendidos no mercado negro, não vão parar à dark web, nem há um pedido de resgate em troca da sua devolução.

Ninguém sabe o que acontece aos manuscritos que desaparecem misteriosamente, nem quem está por detrás do esquema de phishing que tem prejudicado (e confundido) escritores de todo o mundo, como Margaret Atwood ou Ian McEwan.

“Parece que ninguém sabe nada além do facto em si e isso é o que é inquietante“, disse ao The New York Times o editor David Halpern, também vítima do golpe.

Para Catherine Eccles, dona de uma editora de livros britânica, o esquema está muito bem montado e deverá ter sido realizado por alguém com conhecimento no mundo literário. “Eles sabem quem são os nossos clientes e sabem como é que nós interagimos com eles”, argumentou.

Uma prova de que quem está por detrás dos ataques conhece bem o meio editorial é o recurso a e-mails personalizados para transmitirem a imagem de que se trata de um agente específico.

Há pequenas alterações nos nomes de domínio – como penguinrandornhouse.com em vez de penguinrandomhouse.com, com um “rn” no lugar de um “m” – que passam despercebidas num primeiro olhar.

Os e-mails começaram a circular há pelo menos três anos, são enviados tanto a autores famosos como a pouco conhecidos e atinge escritores de vários países. Recentemente, o foco tem estado sobre os escritores norte-americanos.

Apesar de, aparentemente, não acontecer nada aos manuscritos, os autores revelam-se desconfortáveis com a situação. Uma das teorias aponta que o esquema tem como objetivo roubar o manuscrito para vendê-lo a leitores ávidos, mas não houve qualquer confirmação do sucedido até agora. Outra dá conta de que os manuscritos vão parar à dark web, mas nenhum foi encontrado lá.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …

China anuncia fim de novas centrais a carvão no estrangeiro

Segundo os especialistas, o impacto da medida deverá depender da forma como será implementada, podendo ter um grande impacto na luta contra as alterações climáticas. Num anúncio bem recebido por ativistas e organizações ambientes, a China …

Roménia vai distribuir €200 mil a quem tiver vacinação completa contra a covid-19

A Roménia anunciou uma "lotaria de vacinação" que distribuirá prémios de até 200.000 euros entre aqueles que tiverem a vacinação completa, na tentativa de elevar a taxa de imunização, a segunda mais baixa da União …

Antes da invasão ao Capitólio, Bannon ajudou a planear estratégia para "matar a presidência de Biden no berço"

O estrategista-chefe da campanha de Donald Trump, Steve Bannon, revelou que falou com o ex-Presidente antes da invasão ao Capitólio, a 06 de janeiro, discutindo as condições para "matar a presidência de [Joe] Biden no …

Costa prepara novo alívio de restrições para vigorar a partir de 1 de outubro

António Costa prepara-se para anunciar, na quinta-feira, o levantamento de um conjunto de restrições que vigoraram por causa da covid-19. O primeiro-ministro, António Costa, prepara-se para anunciar na quinta-feira o levantamento de um conjunto de restrições …

IPO Porto. Cirurgias fora do horário suspensas desde julho

As intervenções cirúrgicas feitas fora do horário normal estão suspensas no bloco central do IPO do Porto desde o dia 1 de julho. Os profissionais de saúde do IPO do Porto estão indisponíveis para realizar intervenções …

Rio critica "vigarice" das sondagens. Líder do PSD acredita na vitória de Moedas

Esta tarde, ao lado de Francisco Rodrigues dos Santos e de Carlos Moedas, Rui Rio apelou a que não se acredite nas sondagens que, "ou são mal feitas, ou são encomendadas: uma vigarice". O presidente do …

A prova que precisava: Sim, as máscaras protegem contra a covid-19 (mas há uma predileta)

As máscaras funcionam? Se sim, será melhor utilizar uma N95, uma máscara cirúrgica ou uma máscara de pano? No último ano e meio, os investigadores produziram muitas evidências laboratoriais sobre a eficácia das máscaras. Para muitas …