“Romper” com os últimos 25 anos do CDS. Abel Matos Santos defende revogação da lei do aborto

Abel Matos Santos, candidato à liderança do CDS-PP, quer “romper com o caminho dos últimos 25 anos” do partido.

Abel Matos Santos, porta-voz da Tendência Esperança em Movimento (TEM), pretende que o CDS se afirme “claramente de direita” e quer conquistar o centro. Na moção que apresenta no congresso – e que garante levar a votos – o candidato à liderança sustenta que o partido deve defender a vida e a família como valores “fundamentais” e defende a revogação da legislação do aborto e do casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Segundo o próprio, o próximo congresso do partido, em janeiro, terá de fazer uma “opção clara entre a continuidade e o futuro” e “romper com o caminho dos últimos 25 anos”, tornando o partido mais “transparente” e passando a “valorizar as bases”.

De acordo com o Público, Abel Matos Santos levará a votos a moção de estratégia global de que é primeiro subscritor, afastando qualquer desistência a favor de outro candidato, nomeadamente de Francisco Rodrigues dos Santos, líder da Juventude Popular (JP).

“Se há tempos equacionava entendimentos, hoje não penso o mesmo. Hoje só penso em afirmar a minha candidatura”, assegurou ao diário.

Na sua moção – intitulada Portugal tem esperança -, Matos Santos defende que o CDS deve ter o “combate à pobreza”, “aos impostos excessivos”, “à corrupção”, “ao aborto, eutanásia e à ideologia de género” como algumas das suas “principais linhas de ação”.

Matos Santos considera que o aborto precisa de ser combatido não tanto com “legislação punitiva dos seus agentes”, mas com a oferta de “alternativas que defendam vidas em causa”.

Desta forma, é proposta a revogação da interrupção voluntária da gravidez “fundada em mera vontade da gestante, exigindo-se sempre a existência de uma justa causa para o efeito” e a “revogação” da legislação que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo, assim como a “adoção fora da biparentalidade”.

Já o Estado deve ser “forte, regulador e protetor do bem comum”. Abel Matos Santos coloca a educação, a agenda contra a corrupção, a reforma do sistema político e o mar, o ordenamento do território, entre outros como temas estruturantes. Em relação ao acordo ortográfico é defendida a “desvinculação” de Portugal face ao tratado do Acordo de 1990.

Abel Matos Santos é um dos cinco candidatos à liderança do CDS, além de João Almeida, Filipe Lobo d’Ávila, Francisco Rodrigues dos Santos e de Carlos Meira.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Resumindo e concluindo, o Centro Democrático Social (CDS) continua com extrema dificuldade em apresentar propostas que resolvam os problemas dos cidadãos Portugueses e permitam o revigoramento da economia e o progresso da República.

    Para o Centro Democrático Social (CDS), a causa do mal no Mundo e em Portugal é a Lei do Aborto ou o casamento entre pessoas do mesmo sexo; isto demonstra claramente que esta corja para além de atentar contra a dignidade do Ser-Humano é também um perigoso inimigo da liberdade individual.

    • portanto colocar um fim à lei que permite o homicidio de um ser vivo na barriga de uma mulher para si é “atentar contra a dignidade do Ser-Humano”….entendi!

      já agora tb me poderá esclarecer pq razão uma mulher grávida que seja morta a pessoa culpada de tal acto é acusada e possivelmente condenada por duplo homicídio, mas para si e para outras alminhas, qd é a mulher a decidir matar esse ser vivo já não se trata de homicidio.

      enfim!

  2. 25?
    Parece-me que o partido dos advogados mafiosos quer é romper com os últimos 50-60 anos e voltar para o tempo em que o economista de Santa Comba decidia tudo e por todos!…
    Só mesmo estes abortos-falhados para estarem tão preocupados com o aborto, como se isso fosse o principal problema de Portugal…

  3. Senhor Abel Matos Santos, e revogando a lei do aborto ficam os problemas do País e dos portugueses, a economia começa a crescer. baixa o desemprego a impostos etc.etc.etc, assim se vê a preocupação que este político tem em relação a Portugal e aos portugueses.

  4. Senhor Abel Matos Santos, e revogando a lei do aborto ficam os problemas do País e dos portugueses resolvidos? A economia começa a crescer. baixa o desemprego a impostos etc.etc.etc, assim se vê a preocupação que este político tem em relação a Portugal e aos portugueses.

RESPONDER

Homem pede "julgamento por combate" com espadas japonesas para resolver disputa legal com a ex-mulher

Para resolver uma disputa legal com a sua ex-mulher, David Ostrom sugere que seja feito um "julgamento por combate" com espadas japonesas. Há precedentes legais que o podem favorecer em tribunal. O insólito aconteceu no Iowa, …

Crimes violentos podem aumentar drasticamente nos EUA devido ao aquecimento global

O número de crimes violentos nos Estados Unidos pode aumentar drasticamente nos próximos anos devido ao aquecimento global, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade do Colorado, em Boulder. "Dependendo da rapidez …

Twitter pede desculpa por permitir anúncios direcionados a neonazis

O Twitter emitiu esta quinta-feira um pedido de desculpa público depois de a BBC denunciar que a rede social estava a permitir anúncios direcionados a neonazis, islamofóbicos e outros grupos de ódio. A emisorra britânica …

Carlos Silva alega falta de apoio do PS e anuncia saída da liderança da UGT

O secretário-geral da UGT não é candidato a um novo mandato na central sindical, alegando que o “desgaste tem sido tremendo” e que é visto como força de bloqueio. “Não quero continuar”, “já está decidido e …

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior. Medirá quase 100 metros

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior: o dirigível híbrido Airlander 10, que media 92 metros de comprimento, vai bater o seu próprio recorde. De acordo com a emissora britânica BBC, a aeronave passará a …

Mortes nos Comandos. Governo só indemniza famílias se for condenado

O Governo deu ordem para parar as negociações com as famílias dos recrutas que morreram durante o 127.º Curso de Comandos, que decorreu na região de Alcochete, em 2016. Segundo o Jornal de Notícias, o Governo …

Eduardo Cabrita diz que polícias compram equipamento "porque querem"

O ministro da Administração Interna afirmou que os agentes policiais que compram equipamento de proteção do seu próprio bolso fazem-no porque o querem. Numa entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, divulgada este fim-de-semana, o …

Chuva deixa Austrália entre incêndios e cheias. Número de mortos sobe para 29

A chuva trouxe algum alívio aos bombeiros e habitantes do leste da Austrália, mas também causou cheias e novos problemas. As equipas ainda combatem cerca 100 focos de incêndio na região e o número de …

Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira). No final …

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …