Nem que Bruxelas “mande 12 cartas”: Roma não muda orçamento

Angelo Carconi / EPA

Matteo Salvini

Matteo Salvini, líder da extrema-direita italiana e ministro do Interior, disse esta quarta-feira que o Governo de Roma vai manter o Orçamento do Estado para 2019 mesmo que a Comissão Europeia “mande 12 cartas”.

Numa decisão inédita, Bruxelas “chumbou” o orçamento italiano esta terça-feira, provocando de imediato críticas por parte do Governo de Roma. “De Bruxelas até podem mandar 12 cartas, os orçamentos não vão mudar”, disse Matteo Salvini, líder da extrema-direita italiana e ministro do Interior, à estação de rádio Rtl.

“Estamos aqui para melhorar a vida dos italianos, a mim parece-me um ataque com preconceitos. É um ataque à economia italiana porque alguém quer comprar as nossas ações a baixo custo”, acrescentou.

“Todos os orçamentos que passaram por Bruxelas nos últimos anos aumentaram a dívida italiana em 300.000 milhões de euros”, afirmou Salvini na mesma entrevista em que defendeu a estratégia do governo sobre o aumento dos gastos no setor público como forma de promover o crescimento.

A Itália elaborou objetivos para 2019 que preveem um défice de 2,4% do Produto Interno Bruto (PIB), uma dívida de 130% e um crescimento de 1,5%. Estes números preocupam a Comissão Europeia que considera que os números sobre o crescimento são demasiado otimistas o que pode provocar o “risco” de aumento do défice da dívida.

Salvini afirmou que “segundo as previsões de Bruxelas”, Itália vai crescer 0,9%, mas, de acordo com o ministro, o Governo italiano vai conseguir um crescimento maior. “Como se paga a dívida com um crescimento de 0,9%? Nós propomos uma receita diferente porque apostamos no crescimento de Itália”, sublinhou.

O braço de ferro

A Comissão Europeia deu um prazo de três semanas para Roma reformular o orçamento. No entanto, o Governo italiano respondeu a Bruxelas de imediato, rejeitando qualquer recuo. Mas o que está em causa? Itália arrisca uma multa, o que seria uma decisão inédita, avança o Diário de Notícias.

Desta forma, se Roma continuar a insistir num braço de ferro com Bruxelas – isto é, se apresentar o mesmo projeto de orçamento ou um semelhante que apresente um défice que a Comissão Europeia não aceite -, será aberto um procedimento por défice excessivo.

Caso não entre em acordo, o procedimento pode resultar numa multa de 3,4 mil milhões de euros, valor que equivale a 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB) de Itália em 2017.

Esta seria uma decisão inédita, que muitos acreditam que poderá materializar-se.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. E por isso mesmo que os países são soberanos! Roma é a casa de um dos maiores impérios do mundo, está com problemas? sim como todo o mundo ocidental! Apenas alguns países conseguem por via do controlo da soberania transferir os problemas deles para os outros.
    Portugal tem sido governado por rastejantes!

RESPONDER

Descobertos "quasares frios" que podem reescrever como as galáxias morrem

Durante a 234.ª reunião da Sociedade Astronómica Americana em St. Louis, Allison Kirkpatrick, professora assistente de física e astronomia da Universidade do Kansas, anunciou a sua descoberta de "quasares frios" - galáxias com abundância de …

Mulher forçada a dar à luz bebé sem crânio devido às leis antiaborto americanas

Devido à estrita legislação antiaborto americana, uma mulher foi obrigada a dar à luz o seu filho que tinha anencefalia, uma malformação que consiste na ausência de cérebro. O caso está a trazer ao de cima …

O vulcão de gelo do planeta Ceres formou-se a partir de uma bolha de lama salgada

Quando a sonda Dawn da NASA chegou a Ceres, avistou várias características marcantes, incluindo Ahuna Mons, a maior montanha do planeta anão. Tem uma altura máxima de cerca de 5 quilómetros. Dado que Ceres é inferior …

“A reforma da floresta está para o Governo como o Alqueva esteve para Guterres”

O ministro da Agricultura compara as dificuldades de implementação da reforma da floresta às enfrentadas há 20 anos pelo projeto do Alqueva e apela à continuidade destas políticas com reflexos nas próximas décadas. “A reforma da …

Quase 4.000 idosos agredidos em três meses

Entre janeiro e março deste ano, a PSP identificou 3778 vítimas de agressão em 3684 casos de violência contra idosos, escreve o Jornal de Notícias. De acordo com o diário, que avançou com os números …

Benfica vence Sporting na negra e sagra-se campeão de futsal

O Benfica sagrou-se campeão nacional de futsal, ao bater em casa o Sporting, por 4-3, no quinto e último jogo da final, disputado no Pavilhão da Luz, em Lisboa. Raul Campos, que marcou por duas vezes …

Quimioterapia por spray é a nova esperança no tratamento de cancro

Hospitais franceses estão a testar um novo tratamento para cancro do estômago. A técnica desenvolvida em 2013 está agora a ser testada, mas os resultados são promissores. "A quimioterapia clássica era horrível… mas com este tratamento, …

As brilhantes "lágrimas azuis" dos mares chineses são tóxicas (e estão a crescer)

As luzes azuis que pintam os mares chineses, muitas vezes chamadas de "lágrimas azuis", podem ser vistas depois de escurecer em muitas praias da China e tornaram-se, recentemente, numa grande atração turística. Nas noites de verão, …

PCP teme maioria absoluta de Costa. Se o PS tiver "mãos livres", há risco de retrocesso

O secretário-geral do PCP afirmou este sábado que se o PS tiver “as mãos completamente livres”, o país corre o risco de retroceder nas conquistas dos direitos alcançados e as imposições de Bruxelas serão sempre …

No Japão, pilotar drones enquanto bêbado dá prisão

Os drones revolucionaram a fotografia, ajudaram na conservação, transportaram órgãos para transplantes e até já ajudaram em missões de busca e salvamento. Mas as máquinas voadoras controladas remotamente nem sempre são usadas para o bem. Também …