Robôs podem destruir 421 mil postos de trabalho no Norte

A automatização vai destruir 421 mil postos de trabalho na zona Norte do país até 2030, mas 227 mil empregos serão criados, refere um estudo que a CIP — Confederação Empresarial de Portugal — apresenta esta quarta-feira.

O setor mais afetado na zona Norte de Portugal será a manufatura, com a CIP a estimar uma redução líquida de postos de trabalhos na próxima década em cerca de 90 mil, “onde aproximadamente metade das perdas estarão concentradas no setor de têxteis”.

A automatização fará ainda com que 234 mil trabalhadores na zona Norte (14% da força de trabalho) tenham de se requalificar entre 2020 e 2030.

De acordo com o documento que será apresentado no Porto na conferência “O Futuro do Trabalho em Portugal — O Impacto na Zona Norte”, é feita uma análise aos níveis de qualificação do setor da manufatura, onde 65% dos trabalhadores têm baixa qualificação, 24% média e apenas 11% são altamente qualificados.

Já no comércio por grosso e a retalho, o segundo setor mais afetado pela automatização na próxima década, 47% dos trabalhadores têm baixas qualificações, 37% qualificação média e 16% elevada.

A iniciativa da CIP, que tem como subtítulo “O Imperativo da Requalificação”, resulta de um protocolo de colaboração entre a confederação e a NOVA School of Business and Economics.

A análise regional é um trabalho realizado na sequência de um estudo nacional divulgado pela CIP em janeiro, sobre o impacto da automatização no futuro do trabalho.

Segundo o estudo de âmbito nacional, a automatização em Portugal pode levar à perda de 1,1 milhões de empregos na indústria e comércio até 2030, mas criar outros tantos na saúde, assistência social, ciência, profissões técnicas e construção.

De acordo com as análises regionais já divulgadas, a zona Centro vai concentrar 22% dos postos de trabalho que vão ser destruídos na próxima década devido à automação, num total de 240 mil, o que criará a necessidade de requalificação de 134 mil trabalhadores.

Quanto à zona sul, a automatização deverá destruir 54 mil postos de trabalho na próxima década e serão também criados 30 mil postos de trabalho.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Robos jamais destruirá trabalho humano porque em primeiro lugar alguem tera que controlar a máquina que ira servir para alguma coisa. Em segundo lugar o homem ja esta sendo preparado para também vir a servir como robocop aos donos do mundo!..

RESPONDER

Uso de máscara pode salvar 130 mil vidas nos EUA até final de fevereiro, revela estudo

As medidas de distanciamento social, principalmente o uso de máscaras em público, podem salvar até 130 mil vidas nos Estados Unidos (EUA), revelou um novo estudo divulgado na sexta-feira. Em abril, o Presidente dos Estados Unidos …

A guerra contra o plástico está a distrair-nos da poluição invisível

O atual foco na poluição de plástico está a fazer com que as pessoas descurem o tipo de poluição que não é possível ver, alerta uma equipa de investigadores. O plástico é um material incrivelmente útil …

A pandemia veio interromper as touradas no Peru. Mas há quem não esteja muito satisfeito com isso

Em poucos meses a pandemia do novo coronavírus conseguiu um feito há muito desejado por ativistas de todo o mundo: interrompeu as touradas. O cancelamento dos espetáculos - criticados pela sua violência para com os …

Dezenas de sites franceses com propaganda islâmica após pirataria informática

Várias dezenas de pequenos websites franceses foram afetados por uma onda de pirataria informática, publicando mensagens de propaganda islâmica, indica hoje a agência noticiosa France-Press (AFP). Mensagens como “Vitória para Maomé, vitória para o Islão e …

Jogos Olímpicos em 2021 vão mostrar que "humanidade derrotou o vírus"

O primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, disse esta segunda-feira que o país está "determinado" em organizar os Jogos Olímpicos no verão de 2021 e declarou que o evento servirá "como prova de que a humanidade derrotou …

Herdeiro da Samsung assume as rédeas da empresa depois da morte do pai

Lee Jae-Yong, filho do presidente da Samsung, assumiu a liderança da empresa depois do seu pai ter falecido este domingo. O herdeiro assume as rédeas numa altura em que a gigante da tecnologia procura evoluir. Sob …

Vídeos de suicídios, abortos ou abusos sexuais. Ex-moderadora do YouTube descreve pesadelo (e processa plataforma)

Uma ex-moderadora do YouTube apresentou uma queixa contra a plataforma na segunda-feira, acusando-a de não proteger os funcionários que são sujeitos a uma análise e remoção de vídeos violentos publicados na página. O processo contra o …

Resultados nos Açores levam PS a pensar em eleições antecipadas

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo 39,13% dos votos, o que não garante a maioria absoluta. Os resultados levam o partido a pensar já em eleições antecipadas. "[O governo regional] está …

"Ainda não sei bem o que fiz". João Almeida e Rúben Guerreiro de volta a Portugal

João Almeida e Rúben Guerreiro foram duas das maiores figuras desta edição do Giro, a volta a Itália em bicicleta. Os dois ciclistas aterraram esta segunda-feira, em Lisboa, e parece que ainda não perceberam a …

Autarca de Pedrógão Grande critica "péssima investigação" sobre reconstrução de casas

O presidente da Câmara de Pedrógão Grande acusou o Ministério Público e a Polícia Judiciária de terem feito uma "péssima investigação" no processo sobre a reconstrução das casas, cujo julgamento se iniciou esta segunda-feira. "[As acusações] …