Robert Mueller conclui investigação sobre Donald Trump e Rússia. Relatório já foi entregue

Heikki Saukkomaa / Lehtikuva Handout / EPA

Após dois anos de diligências, o conselheiro especial Robert Mueller concluiu esta sexta-feira a investigação à alegada interferência russa na campanha eleitoral de Donald Trump para as presidenciais norte-americanas de 2016.

O documento, que é secreto, foi enviado para o procurador-geral norte-americano, William Barr, que irá agora rever as informações recolhidas pela equipa liderada por Mueller e resumi-las num outro relatório. Ainda não se sabe que há ou não qualquer indício de crimes cometidos por Donald Trump.

Estou a rever o relatório e prevejo que possa estar pronto para aconselhar sobre as principais conclusões do conselho especial tão cedo quanto este fim de semana”, referiu Barr numa carta enviada aos republicanos e democratas do Comité Judicial do Senado, não revelando mais informações sobre o relatório.

A investigação da procuradoria-especial liderada por Robert Mueller à campanha de Donald Trump já levou à acusação formal de vários cidadãos russos e de norte-americanos ligados à campanha do atual Presidente norte-americano. Um deles é Michael Cohen, ex-advogado de Trump que foi condenado a três anos de prisão e que está a colaborar com a investigação.

Desde maio de 2017, Mueller investigava os supostos laços entre a Rússia e a equipa de campanha do então candidato pelo Partido Republicano e agora presidente dos EUA, Donald Trump, avaliando a possibilidade de que o mandatário possa ter obstruído a Justiça. Até agora, o procurador especial acusou 34 pessoas, entre elas seis ex-assessores do governante.

A Casa Branca disse que “não recebeu o relatório do procurador especial, nem foi informada” sobre seu conteúdo. “Os próximos passos dependem do procurador-geral Barr, e esperaremos que o processo siga o seu curso“, afirmou a porta-voz de Trump, Sarah Sanders.

Na semana passada, a Câmara dos Representantes aprovou com unanimidade a divulgação ao público do relatório de Mueller, e o próprio Trump, apesar de ter declarado em várias ocasiões ser contrário às investigações, qualificando-as como uma “caça às bruxas”, afirmou na quarta-feira que não se importa que o conteúdo do documento seja revelado.

Ainda confidencial, não é possível saber se o relatório respondeu às principais perguntas da investigação: se a campanha de Trump conspirou com Moscovo para influenciar o resultado das eleições a seu favor e se Trump posteriormente tentou obstruir o inquérito sobre o caso, inclusive demitindo o diretor do FBI.

A investigação já resultou em acusações contra o ex-diretor de campanha de Donald Trump, Paul Manafort, e o braço direito, Rick Gates; e contra um ex-assessor do então candidato republicano, George Papadopoulos. Também foram acusados o ex-advogado de Trump, Michael Cohen; o primeiro assessor de Segurança Nacional na Casa Branca do atual presidente, Michael Flynn; além do estrategista político Roger Stone.

Dos 34 acusados, 26 são de nacionalidade russa. Mueller também acusou três companhias da Rússia por irregularidade, entre elas a Internet Research Agency, que teria promovido “uma guerra informativa” nas redes sociais para dividir a sociedade americana. Segundo a imprensa americana, uma fonte familiarizada com o caso disse que Muller não apresentou novas acusações no relatório.

A conclusão da investigação não elimina o perigo legal para Trump. O presidente enfrenta ainda duas investigações do Departamento de Justiça em Nova York, uma na qual é acusado de tentar comprar durante a campanha o silêncio de duas ex-amantes e outra sobre violações no financiamento da campanha.

PARTILHAR

RESPONDER

Militares birmaneses acusados de incendiar uma aldeia

Uma aldeia foi destruída pelo Exército birmanês depois de confrontos entre militares e opositores da junta ditatorial. Dois idosos, que não conseguiram fugir, acabaram por morrer queimados. A aldeia de Kin Ma, na região de Magway, …

Ucrânia 2-1 Macedónia N. | “Synio-zhovti” relançam aspirações

A Ucrânia conquistou esta quinta-feira a sua segunda vitória em Europeus, depois de seis derrotas consecutivas, ao bater a estreante Macedónia do Norte por 2-1, em encontro disputado em Bucareste, com arbitragem pelo argentino Fernando …

Mais 1.233 casos de covid-19 em Portugal. Morreram duas pessoas

Esta quinta-feira, Portugal registou 1.233 novos casos e duas mortes na sequência da infeção por covid-19. Segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), foram registados, nas últimas 24 horas, mais 1.233 casos e …

Proibida circulação de e para a Área Metropolitana de Lisboa ao fim de semana

A situação epidemiológica em Portugal é agora "mais preocupante", pelo que "dificilmente" o país deverá desconfinar na próxima semana como estava previsto, anunciou esta quinta-feira a ministra Mariana Vieira da Silva. A ministra da Presidência, Mariana …

Lisboa alarga horários de vacinação para atingir as 65 mil pessoas por semana

Já a partir da próxima segunda-feira, os centros de vacinação em Lisboa vão ter horário acrescido. O objetivo é aumentar o número de doses de vacinas administradas por semana para cerca de 65 mil. A partir …

PS diz que portugueses não esquecem que Passos cortou a dobrar no SNS

Pedro Passos Coelho acusou a esquerda de "desqualificar" o Serviço Nacional de Saúde (SNS) e a deputada socialista Sónia Fertuzinhos respondeu que os portugueses não esquecem que o Governo PSD/CDS cortou o dobro no SNS …

Escassez de matérias-primas deverá aumentar preço dos alimentos entre 5% e 10%

As matérias-primas agrícolas sobem com a conjugação do maior consumo e menor oferta por força das más colheitas em países como o Brasil e França, atingidos pelo mau tempo. Desta forma, prevê-se que, nos …

Portugal é o país da União Europeia com mais confiança nas vacinas

Portugal é o país da União Europeia (UE) onde a população tem mais confiança nas vacinas contra a covid-19, com 95% dos inquiridos a considerarem as vacinas seguras, segundo um Eurobarómetro publicado esta quinta-feira pela …

Estas são as dez profissões mais bem pagas em Portugal

O ManpowerGroup fez o levantamento das das dez profissões mais bem pagas do país. Esses profissionais recebem até 150 mil euros por ano. Com base no levantamento das dez profissões mais bem pagas do país, fornecido …

Nave espacial chinesa com três astronautas acopla na nova estação espacial

A nave espacial chinesa que partiu ao início do dia de hoje com uma tripulação de três pessoas já acoplou na nova estação espacial da China, para uma missão de três meses, noticia a imprensa …