RIR procura “um cantinho” na AR, mas “grande vitória” será baixar a abstenção

António Cotrim / Lusa

O dirigente do Reagir – Incluir – Reciclar (RIR), Vitorino Silva, assume que o partido vai concorrer às eleições legislativas de 6 de outubro para obter “um cantinho” no parlamento, mas considera que a “grande vitória” será conseguir diminuir a abstenção.

“O importante é termos representação [na Assembleia da República], ali um cantinho [no hemiciclo]”, vincou Vitorino Silva, em entrevista à Lusa, acrescentando que o Reagir – Incluir – Reciclar (RIR) vai a votos porque “é preciso frescura” e “sangue novo” na política.

O antigo candidato às eleições presidenciais (conhecido como “Tino de Rans”) e agora rosto do RIR lembra que, em 2016, teve 152.094 votos, 47.405 dos quais no distrito do Porto, por onde é cabeça de lista: “Se [o partido] tiver 47 mil votos no Porto, claro que temos gente no parlamento”. Ainda assim, Vitorino Silva admite que, apesar de ser uma figura familiar aos eleitores, as pessoas “neste momento não conhecem o partido RIR”.

O dirigente explicou que o flagelo de concorrer às eleições legislativas com um partido recente pode ser combatido com um contacto permanente com a população. “Não faço campanha só em tempo de eleições. Ando em campanha há muito tempo e, se chegar a deputado, não foi nestes quinze dias que consegui lá chegar”, salientou.

Vitorino Silva considera, contudo, que o Reagir – Incluir – Reciclar foi “criado para combater” a abstenção: “Um bom resultado [nestas eleições] é [fazer com] que o povo vá votar”.

“A grande vitória, para mim, era que todos os portugueses fossem votar, exercessem o seu direito de voto”, advoga, porque “a abstenção está a condicionar a verdade da democracia”.

O cabeça de lista pelo Porto considera também que o distanciamento que existe entre os políticos e a população tem afastado as pessoas das urnas. “[É necessário] aproximar os políticos das pessoas, porque as pessoas estão fartas de ver os políticos como ‘aves de rapina’ só na altura das eleições. Só gastam sapatilhas em tempo de eleições”, critica.

Por essa razão, a campanha do RIR vai ser diferente: “Não vamos pôr cartazes, porque não é um cartaz distante no meio de uma rotunda que vai levar as pessoas a votar. O político não pode ser um cartaz, o político tem de movimentar”.

Numa análise à legislatura que agora termina, o dirigente do RIR reprovou a postura dos líderes do Bloco de Esquerda e do Partido Comunista Português. “Catarina Martins e Jerónimo de Sousa não se preocuparam em defender os interesses do país. Estiveram quatro anos ao lado de António Costa para tentar segurar os lugares [no parlamento].”

Apesar de não excluir apoiar uma maioria parlamentar quer à esquerda, quer à direita – porque “o RIR é 360 graus” -, para Vitorino Silva é imprescindível que essa coligação seja criada para “defender o país em primeiro lugar”. “Se estou a candidatar-me é porque o país não está bem”, explica, caso contrário, “o RIR não fazia sentido”.

Vitorino Silva afirma também que uma recandidatura a Belém não faz parte dos planos para o futuro. “Neste momento estou preocupado com o país, estou preocupado com as legislativas, estou preocupado com este novo projeto. Se alguém pensa que o RIR veio a votos para morrer no dia 06 de outubro está enganado”, rematou, considerando que o partido não exclui um eventual apoio à recandidatura de Marcelo Rebelo de Sousa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …

59 autarcas constituídos arguidos na Operação Éter

O Ministério Público constituiu 74 arguidos, 59 dos quais autarcas e ex-autarcas de 47 câmaras do Norte e Centro, no processo da investigação às Lojas Interativas da Turismo do Porto e Norte, realizada no âmbito …