Rui Rio põe em tribunal candidatos do PSD às autárquicas que excederam custos

Miguel A. Lopes / Lusa

Rui Rio quer punir quem causou “prejuízos significativos” e decidiu pôr em tribunal os candidatos do partido às últimas eleições autárquicas que tenham ultrapassado os orçamentos previstos para as campanhas.

A secretaria-geral do PSD explicou ao jornal i que o objetivo é levar os candidatos às eleições autárquicas de 2017 a “responsabilizarem-se por despesas cujos montantes não tenham sido previamente autorizados pela direção nacional”.

“O PSD responsabilizará apenas e só aqueles que, tendo provocado prejuízos significativos ao partido, não tenham salvaguardado o pagamento de despesas da campanha autárquica nem queiram assumir as suas responsabilidades”, explicou a secretaria-geral, sublinhando que o partido só irá assumir a despesa autárquica que tenha autorizado.

O jornal adianta que, para já, só deu entrada na justiça uma ação apresentada esta quarta-feira, no Tribunal de Castelo Branco, que visa imputar ao candidato do PSD à Câmara Municipal da Covilhã, Marco Baptista, despesas de 87.066 euros. Ainda assim, o partido admite que “outras situações estão a ser analisadas”.

Segundo o matutino, os cerca de 87 mil euros coincidem com “a diferença entre o que foi gasto e o que estava previsto ser gasto”. Fontes políticas locais adiantaram ainda que o objetivo de Rui Rio será, por um lado, “responsabilizar os candidatos que não tenham cumprido as regras de orçamentação das campanhas, que eram bastante claras”.

Por outro lado, o social-democrata quer também que o recurso a tribunal sirva como “medida pedagógica e exemplar” para que a mesma situação não se repita no futuro, exigindo, assim, um maior rigor nas contas.

“Em consequência, o PSD já foi alvo de injunções”, é referido na nota enviada ao jornal, destacando ainda que o partido viu o “seu bom nome posto em causa, por responsabilidade que não é sua, mas de outros”.

O caso Marco Baptista foi também apresentado ao Conselho Nacional de Jurisdição Nacional, que o irá apreciar “em termos disciplinares”.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Boa tarde,
    Que nunca lhe falte o bom senso, é hora (há muito tempo) de fazer algo e fazer pagar quem prevaricou..
    Albertina Correia

  2. Sou de esquerda, mas a trabalhar assim pode desde já contar com o meu voto nas próximas eleições, pois deduzo que aplicará os mesmos princípios na governação de alguns irresponsáveis

  3. não tenho cor partidária, por consequência da inexistência de credibilidade na classe policia… Mas foi com agrado que li esta noticia. Esperemos que isto seja um ponto de viragem…. Precisamos de pessoas credíveis e responsáveis… desejo que o Exmo. Sr. Dr.º Rui Rio seja um pioneiro dessa mudança…

  4. Este está a ditar a sua sentença de morte como político! Com a corrupção que mina toda a classe política e não só vai ficar debaixo de fogo de todos os quadrantes, ficará para a história como o último combatente nesta área do pós 25 de Abrir, vão-no considerar um político fora de moda, da minha parte terá o meu apoio.

RESPONDER

"Em Casa d’Amália": RTP comemora cententário da fadista

A Fundação Amália Rodrigues junta-se à RTP para assinalar o centenário da fadista. O programa Em Casa d’Amália tem estreia marcada para a próxima sexta-feira (10) e reúne várias figuras da música portuguesa da atualidade. O …

Desapareceram 21 milhões de números de telefone na China. Mas o mistério foi resolvido

O porta-voz de uma das três maiores operadoras chinesas confirmou o desaparecimento dos utilizadores, mas deu uma explicação para este mistério. Nos últimos dias, surgiram vários relatos de notícias que davam conta de que, entre janeiro …

Mercadona doa 20 mil quilos de chocolate aos profissionais de saúde e aos mais carenciados

A Mercadona anunciou, esta quarta-feira, a doação de 20 mil quilos de chocolate ao Banco Alimentar Contra a Fome do Porto. O objetivo é proporcionar uma Páscoa mais doce aos mais carenciados e aos que …

"Paciente 1" em Itália recupera (e dá as boas-vindas a Giulia, a sua filha recém-nascida)

Giulia, a filha recém-nascida do "paciente 1" de Itália, veio para trazer alguma esperança ao país, em plena pandemia de covid-19. Mattia, de 38 anos, foi internado no dia 20 de fevereiro no hospital de Codogno, …

Investigadores transformaram o coronavírus em música (e já o podemos ouvir)

Uma equipa de investigadores do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) conseguiu transformar em som a estrutura da proteína spike, que permite que o novo coronavírus adira às células para infetá-las. Até agora, já pudemos ver …

Autoeuropa quer recorrer ao lay-off (e retomar produção a 20 de abril)

A administração da Autoeuropa quer promover um regresso gradual ao trabalho a partir de 20 de abril, pretendendo recorrer ao lay-off simplificado para os trabalhadores que não regressem ao trabalho nessa data. “O regresso ao trabalho …

Ex-mulher de astronauta acusada de mentir sobre o "primeiro crime espacial"

A ex-mulher da astronauta da NASA Anne McClain, Summer Worden, foi acusada formalmente de mentir sobre o "crime espacial" que McClain terá cometido. Em agosto de 2019, o jornal norte-americano The New York Times noticiou que …

Em Singapura, os parques de estacionamento são agora quintas urbanas

A pandemia de covid-19 está a obrigar alguns países a adaptarem-se. É o caso de Singapura, que está a transformar os parques de estacionamento em quintas urbanas para aumentar a produção alimentar. Só 1% do território …

O empresário mais odiado do mundo quer sair da prisão (para desenvolver um medicamento para a covid-19)

Martin Shkreli, o empresário mais odiado do mundo, quer sair brevemente da prisão para ajudar a desenvolver um tratamento para a covid-19. Num artigo publicado no site da empresa de Shkreli, Prospero Pharmaceuticals, juntamente com outros …

Ceferin acusado de ganância. "Manter a Liga dos Campeões foi um ato criminoso irresponsável"

O primeiro-ministro da Eslovénia, Janz Jansa, teceu duras críticas à forma como a UEFA e o seu presidente, Aleksander Ceferin, lidaram com a fase inicial da pandemia de covid-19. "Manter a Liga dos Campeões foi um …