Direção de Rio suspeita de membros da própria direção

Carlos Barroso / Lusa

O líder do PSD, Rui Rio

Apesar das críticas que tem recebido pela forma como conduz a liderança do PSD, Rui Rio tem negado divisões no seio da direção do partido. No entanto, um comunicado divulgado na página dos social-democratas dá conta do contrário.

Assinado pelo secretário-geral José Silvano, a nota lança uma suspeita sobre os membros da Comissão Política nacional – o órgão de direção política permanente do partido.

Em comunicado publicado no sábado, o secretário-geral do PSD explica que a nota foi divulgada em reação às várias notícias que foram sendo publicadas, na imprensa em geral, sobre uma alegada divisão no interior da própria direção do PSD.

José Silvano dá conta da “indignação em relação ao conteúdo das notícias entretanto publicadas levou a que praticamente a totalidade dos membros da Comissão Política Nacional me tivesse transmitido, por escrito, o mais vivo repúdio, não só pela falsa ideia de divisão que estão a tentar criar na opinião pública, mas também pelo desgosto de verificar que a notícia que originou toda esta desinformação, tenha tido, necessariamente, a colaboração direta de alguém que, tendo estado presente, não se coibiu de usar um jornalista para a prossecução de pequeninos objetivos de guerrilha partidária”.

A nota não esclarece a quem se refere esta suspeita, mas deixa claro que se trata de uma pessoa que esteve na reunião da direção. Trata-se de uma “colaboração direta” de alguém do partido que transmitiu a informação a um jornalista.

Na quinta-feira passada, depois da reunião, o semanário Expresso noticiou a existência de críticos sobre a forma como o líder do PSD se colou ao Bloco na “taxa Robles”.

“A Direção Nacional do Partido Social Democrata está globalmente coesa, compreendeu exatamente a ideia transmitida pelo seu Presidente no que concerne à necessidade de combater a especulação imobiliária e concorda com esse objetivo político – que, em nome do interesse público, não pode deixar de o ser, apenas porque um outro partido também o entende como necessário”, garantiu José Silvano.

Ainda sobre a “taxa Robles”, acrescenta que foi a própria direção o que “propôs ao Presidente a transformação da sua ideia em proposta concreta, a apresentar em sede de debate do Orçamento de Estado para 2019”.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Afinal a máfia do PSD (Marco António Costa Hugo Soares, etc), não saíram com o Santana e continuam a minar o partido!…
    Nao vai ser fácil limpar a racumalha, até porque os maus sao mais do que os bons…

  2. Agora que existe um outro “partido” porque é que essa “gentinha” não desaparece do PSD?! Se são de direita, vão para o CDS ou agora para o outro partido. Mas, de uma vez por todas, desapareçam e deixem quem ganhou nas urnas o Partido!!Pode ser que o PPC e o senhor Relvas façam um outro Partido.

RESPONDER

Milhões da bazuka europeia só chegam em junho

Portugal e os restantes Estados-membros das União Europeia (UE) só deverão receber os respetivos fundos da bazuka europeia de apoio à retoma no pós-pandemia na segunda metade de 2021, em meados de junho. A confirmar-se …

Braço de ferro entre Costistas e Nunistas novamente adiado

O PS voltou a adiar, agora de 31 de Outubro para 7 de Novembro, a reunião da Comissão Nacional que decidirá a orientação do partido face às eleições presidenciais. Fica assim adiado o braço-de-ferro entre …

Cercas sanitárias e recolher obrigatório. Governo avalia novas medidas na próxima semana

O Ministério da Saúde, liderado por Marta Temido, vai voltar a reunir na próxima semana com o Conselho Nacional de Saúde Pública (CNSP), num encontro em que serão discutidas novas medidas para travar a propagação …

Presidenciais EUA. Biden promete vacina gratuita para todos, Trump apela ao voto latino

Joe Biden e Donald Trump continuam em campanha eleitoral para a corrida à Casa Branca, numas eleições que estão agendadas para 3 de novembro. O candidato presidencial democrata Joe Biden prometeu esta sexta-feira que a vacina …

Há 72 concelhos com risco "muito elevado" de contágio. Governo esconde mapas de perigo

O Governo insiste em não divulgar os mapas de perigo com o risco de contágio por coronavírus que foram feitos por peritos da Direcção Geral de Saíde (DGS). Isto numa altura em que o Expresso …

Nuno Melo estuda candidatura à liderança do CDS

O eurodeputado Nuno Melo não excluiu uma candidatura à liderança do CDS, avança este sábado o semanário Expresso. Confrontado pelo jornal, o eurodeputado não excluiu uma eventual candidatura à liderança dos centristas, dizendo apenas que "não …

Testes de diagnóstico já podem ser requisitados através do SNS24

O modelo de requisição de testes de diagnóstico à covid-19 através da linha de saúde 24 começou esta sexta-feira a funcionar, à semelhança dos meses mais complexos de março e abril, avançou a ministra da …

"Turbulência política", desvalorização do "vírus da China" e geopolítica. China, Irão e Rússia destroem Trump

As eleições presidenciais que se vão realizar no próximo dia 3 de novembro nos EUA têm despertado o interesse dos eleitores, mas não só. São vários os países do mundo que estão de olhos postos …

OE2021. Bloco prepara voto contra. PSD só salva proposta se Costa pedir desculpa

O Bloco de Esquerda prepara-se para votar contra o Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, avança este sábado o semanário Expresso. Governo e Bloco de Esquerda tem negociado nos últimos dias a proposta de …

Inscrição perdida contém a chave para o enigma dos esqueletos de Almaçã

Uma inscrição de pedra desaparecida esconde a chave para o mistério dos esqueletos de Almaçã, enterrados debaixo de uma muralha medieval. Em Almaçã, Espanha, onze corpos foram enterrados debaixo de uma enorme muralha de uma vila …