Limpeza à vista. Rio não quer “desleais” nas listas de deputados do PSD

José Coelho / Lusa

O presidente do PSD admitiu que o partido fará “ajustamentos” depois da derrota nas europeias, mas rejeitou que haja mudanças estruturais para as legislativas. Rui Rio reconheceu ainda que existem pessoas com falta da lealdade dentro do partido, sendo este um dos critérios para selecionar futuros deputados.

Em declarações aos jornalistas à margem de uma intervenção na Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD), em Lisboa, Rio recusou detalhar em público a análise que foi feita na Comissão Política de quarta-feira sobre os 21,94% obtidos pelo PSD no domingo, o pior resultado de sempre do partido em eleições de âmbito nacional.

“Se olhar para mim, vê a minha idade, vê o meu currículo, eu não quero mudar aquilo que sou. Devemos ser coerentes, agora naquilo que é a forma de comunicar, na forma de atuar no quotidiano há de ter pequenos ajustamentos”, afirmou.

Rio defendeu que, nas legislativas, o PSD não quer ter 22% – “queremos ter mais 32 do que 22%” – embora salientando que são “eleições completamente diferentes, com motivações completamente diferentes” e, provavelmente, com uma abstenção muito menor. “Está tudo em aberto, mas não podemos ignorar o resultado que tivemos, se metêssemos a cabeça na areia não éramos inteligentes”, afirmou.

Rio manifestou-se contra o que diz ser uma “tendência de se procurar dizer ao eleitorado o que ele quer ouvir” – que disse afetar quer PS, quer PSD, quer outros partidos – considerando que o país não pode ser tratado como “um produto”.

“Eu penso que o segredo na política está em, de uma forma séria, captarmos eleitorado para o que são as nossas ideias, o que entendemos que garante o melhor futuro para Portugal, assim é que a política é feita com nobreza e assim é que se pode até perder de pé”, defendeu. “Quando nós tentamos vender as nossas propostas como quem vende uma pasta de dentes, aí se perdermos não perdemos de pé”, afirmou, contrapondo que, mesmo uma vitória com esta atitude, “não serve para nada”.

Rio defendeu que “o eleitorado está mais adulto” e distingue o que são as decisões nas europeias e nas legislativas, admitindo que as eleições de domingo possam funcionar como “uma sondagem real” para outubro, mas apenas isso. “Não estou a dizer que o PSD vai ganhar de largo, até pode piorar, mas estou a fazer uma análise com sinceridade”, disse.

Questionado se o tom mais agressivo do cabeça de lista social-democrata, Paulo Rangel, em relação ao PS poderá ter prejudicado o PSD, Rio recusou responder. “Não vou em público fazer a análise que foi feita em privado e que, nalguns pontos, ainda está a ser feita”, afirmou.

Sobre os critérios aprovados na quarta-feira pela Comissão Política para a escolha dos candidatos a deputados do PSD, que incluem qualidades como o mérito e a lealdade à orientação da direção, Rio classificou-os como “pacíficos” – considerando que defender o contrário é que “seria notícia” – e disse serem “muito parecidos” com os definidos nas anteriores legislativas.

“Se a sua pergunta é: reconhece que no quadro atual há um outro com falta de lealdade? Claro que reconheço, não sou hipócrita, agora não vamos discutir isso na praça pública”, apontou, recusando-se a revelar nomes.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

    • Desleais , são os que fazem parte a corja instalada, que vai da direita à esquerda passando pelo centro…
      É necessário muita coragem e um savoir faire, para varrer tamanha imundice, fizessem todos o mesmo, estaríamos a olhar para a politica de forma diferente…
      O Santana melindrado, lá foi abrir um partido, como quem semeia cogumelos, vergonha era o que devia ter na cara e reformar-se para não ser ainda, mais ridículo…

RESPONDER

Covid-19 já matou mais no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães da II Guerra

A pandemia de covid-19 já matou mais pessoas no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães durante a II Guerra Mundial. O novo coronavírus oriundo da China já matou cerca de 50.000 pessoas em território …

Estudo mostra que os cães querem mesmo resgatar os seus donos do perigo

Um novo estudo mostra que os nossos amigos de quatro patas querem realmente salvar-nos em momentos de aflição, mas desde que saibam como o fazer. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 60 cães …

Derek Chauvin foi detido, mas os precedentes mostram que o polícia pode sair impune

Derek Chauvin, o polícia responsável pela morte de George Floyd, foi detido e aguarda a sua primeira audiência. No entanto, há precedentes que sugerem que o agente pode sair impune. Derek Chauvin tem a sua primeira …

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …

Covid-19. México investiga mercado negro de atestados de óbito falsos

As autoridades da Cidade do México anunciaram que estão a investigar um suposto mercado negro de atestados de óbito relacionado com a covid-19, no dia em que o país registou 625 mortes nas últimas 24 …

Astrónomos descobrem "réplica" do Sol e da Terra a três mil anos-luz

O que diferencia esta descoberta de outros exoplanetas parecidos com a Terra é que a sua estrela tem uma semelhança impressionante com o nosso Sol. Entre os dados da missão Kepler, uma equipa de investigadores identificou …

Sem romarias e festas, milhares de famílias estão a entrar em falência

Milhares de famílias cujo rendimento depende das romarias e festas populares estão a atravessar sérias dificuldades económicas. Os prejuízos ultrapassam os 50 milhões de euros. A suspensão das festas populares e romarias religiosas em todo o …

Corpo de Maria Velho da Costa ficou 11 dias na morgue. Filho critica MP e fala em "massacre psicológico"

Os restos mortais da escritora Maria Velho da Costa, que faleceu a 23 de Maio, ficaram no Instituto de Medicina Legal, em Lisboa, durante 11 dias, sem que a família tivesse conhecimento de que já …