Rio reitera promessa de “nunca” subir impostos e descê-los “se possível”

PSD / Flickr

O presidente do PSD, Rui Rio

O presidente do PSD, Rui Rio, reiterou a promessa de, se vencer as legislativas, nunca subir impostos e “tudo fazer” para descer a carga fiscal, apontando essa como uma diferença para com o Partido Socialista.

Na apresentação do livro “A Reforma das Finanças Públicas em Portugal”, do porta-voz do Conselho Estratégico Nacional do PSD Joaquim Miranda Sarmento, Rio concordou com a necessidade de uma reforma fiscal, defendida pelo ex-Presidente da República Cavaco Silva, também presente na iniciativa, e aproveitou para reiterar a sua posição sobre o nível dos impostos em Portugal.

“O primeiro-ministro disse – e aí devo saudá-lo, com clareza é que as coisas devem ser – que, se ganhar as eleições, não reduz a carga fiscal. Não disse que a ia aumentar, mas suspeito que sim”, afirmou. Rui Rio comprometeu-se com o contrário: “Eu não a subo, e tudo farei para a descer”.

“Subir nunca e baixar o mais possível, à medida que as circunstâncias o forem permitindo. E aqui está uma diferença entre a opção no PS”, apontou. Rio voltou a apontar a legislatura como “perdida”, criticando o Governo por distribuir “toda a folga” orçamental “para satisfazer politicamente a coligação parlamentar”.

O líder do PSD manifestou a sua concordância com o objetivo defendido pelo autor do livro, de atingir um superavit orçamental de 0,25%, mas recusou comprometer-se com outras medidas mais polémicas propostas por Joaquim Sarmento na obra.

No livro, Joaquim Sarmento defende, por exemplo, a reposição das 40 horas na função pública, a subida do IVA da restauração para os 23% e a cobrança de um mínimo de 40 euros às famílias que atualmente não pagam IRS.

À entrada, Rui Rio não se quis comprometer com nenhuma destas soluções, embora assegurando “o máximo respeito” por todas as ideias do seu porta-voz para as Finanças Públicas. “São as ideias dele e tudo irá fazer para que o PSD as abrace. No fim, umas serão acolhidas e outras não”, afirmou, remetendo essa decisão para a apresentação do programa eleitoral do PSD.

Também Joaquim Sarmento salientou que as ideias que defende só o responsabilizam a ele e classificou-as como “propostas para lançar o debate e sem qualquer aspeto fechado”. Na apresentação do livro estiveram presentes, além de Cavaco Silva, os ex-ministros das Finanças Maria Luís Albuquerque e Eduardo Catroga e os da Saúde Paulo Macedo e Leonor Beleza.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas conseguiram manter tecido cerebral de cobaias vivo durante semanas

Cientistas japoneses conseguiram manter partes de tecido cerebral de cobaias vivas e viáveis durante 25 dias, isoladas numa cultura, graças a um novo método. De acordo com o Science Alert, a chave para o sucesso foi …

Arqueólogos descobrem 25 sítios que comprovam presença militar romana no Norte e na Galiza

Investigadores portugueses e galegos descobriram 25 novos sítios no Norte de Portugal e na Galiza que “comprovam arqueologicamente” a presença militar romana nos dois territórios, correspondendo a maioria dos locais a “acampamentos militares”, revelou hoje …

EUA poderão manter alguns efetivos na Síria para proteger poços de petróleo

Os EUA planeiam deixar alguns efetivos no nordeste da Síria para proteger instalações petrolíferas e garantir o combate contra um possível ressurgimento do grupo extremista Estado Islâmico (EI), disse hoje o secretário de Defesa dos …

Polícias realizam manifestação conjunta em Lisboa a 21 de novembro

Elementos da PSP e da GNR realizam a 21 de novembro, em Lisboa, uma manifestação conjunta para exigirem ao novo Governo "a resolução rápida" dos problemas que ficaram por resolver na anterior legislatura. Com o lema …

Sérvia punida por racismo no jogo com Portugal

A UEFA condenou nesta segunda-feira a Sérvia a disputar o próximo jogo da fase de qualificação para o Euro 2020 à porta fechada, por manifestações racistas na partida com Portugal, disputada em Belgrado, que terminou …

Juve Leo lança críticas à direção: Um clube sem rumo e que precisa de bodes expiatórios

Depois de o Sporting rescindir os protocolos com a Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI devido à "escalada de violência" recente, a Juve Leo reagiu em comunicado com duras críticas à direção de …

Um terço dos fogos deste ano tiveram como causa queima e queimadas

Um terço dos incêndios florestais registados este ano e investigados tiveram como causa queimadas e queimas, revela o último relatório do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). O relatório provisório de incêndios rurais, …

De Nova Iorque a Sydney em 19 horas. Avião da Qantas bate recorde

O primeiro voo comercial direto entre as cidades de Nova Iorque e Sydney, com mais de 19 horas, terminou, este domingo, na cidade australiana. O teste realizado pela companhia aérea Qantas faz parte do Project Sunrise, …

Marcelo ficou "muito impressionado" pela destruição do furacão Lorenzo nos Açores

O Presidente da República visitou, este domingo, o porto das Lajes das Flores, que ficou destruído após a passagem do furacão Lorenzo pelos Açores, mostrando-se "muito impressionado" pela destruição "massiva". "Muito impressionado com aquilo que foi …

Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da formação espalhados pela Europa

O Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da sua formação a atuarem nas ligas europeias e o emblema português mais representado nas 'big 5', segundo o observatório de futebol do Centro Internacional de …