Ricardo Salgado alega que está em situação de “insuficiência económica”

Mário Cruz / Lusa

Ricardo Salgado, ex-presidente do BES

Ricardo Salgado, ex-presidente do BES

O ex-presidente do BES argumenta que está em situação de “insuficiência económica” para contestar o perigo de perturbação de inquérito, no âmbito do processo Operação Marquês.

O Correio da Manhã teve acesso às alegações da defesa de Ricardo Salgado no âmbito do interrogatório da Operação Marquês em que foi constituído arguido. Para contrariar o perigo de perturbação de inquérito, a defesa argumenta assim que o ex-banqueiro não tem recursos económicos.

“O arguido encontra-se reformado, não ocupando, nem exercendo, quaisquer actividades profissionais ou empresariais, nem tão-pouco cargos em instituições, que possam justificar um qualquer alegado receio de influenciar ou condicionar terceiros, que suporte a alegação de um perigo de perturbação de inquérito, o qual é manifestamente inexistente”, aponta o advogado Francisco Proença de Carvalho, num documento enviado ao Ministério Público e citado pelo CM.

“Idêntica conclusão resulta da situação de insuficiência económica do arguido”, aponta ainda a defesa de Salgado, sublinhando que “mais uma vez, isto determina a impossibilidade de perturbação do inquérito”.

Salgado já tinha alegado a falta de recursos no âmbito do processo Monte Branco, onde chegou a estar preso. O juiz Carlos Alexandre começou por lhe aplicar uma caução de três milhões de euros que foi, contudo, reduzida para metade dada a tal “insuficiência económica” do ex-banqueiro.

ZAP //

PARTILHAR

32 COMENTÁRIOS

    • E o Sr. Alves António tem a idade do Sr. Ricardo Salgado? Mais de 70 anos? E onde trabalha? Eu tenho quase 60 e não me importava candidatar-me a uma das vagas…

    • O Sr. Alves António também tem mais de 70 anos? E onde trabalha? Eu tenho quase 60 e gostava de me candidatar a uma dessas vagas…

  1. Troco a insuficiência económica dele com a minha suficiência económica, e ainda ofereço um bónus de 10% ao advogado Proença de Carvalho se conseguir isso antes de 2018.

    • O Proença de Carvalho também lá estava na Comporta com toda a camarilha. Eles mostraram na TV mas foi há muito tempo. Agora já devem ter destruído tudo. Também lá estava o soares, o socas, esse xuxa da segurança social, entre outros da mesma estirpe. Era uma cáfila que faz favor. E os juízes que se cuidem…!!!

  2. O juiz ainda o deveria punir por total e completa falta de respeito e vergonha na cara! Merecias mesmo era um pouco de justiça popular, já que não respeitas a do Estado!

  3. Insuficiência económica que não lhe permitiu pagar 3 milhões de caução para não ser preso. Só metade. LOL
    Insuficiência relativa

  4. Isto é só vergonhoso. De facto vivemos num país de gatunos. Enfim, depois admiram-se que haja extremistas, que haja terrorismo, que haja crime e mortes.

  5. Eu estou pra ver onde é que ele este ano vai passar as férias do Verão. O ano passado já envolvido neste escândalo lá foi pra Comporta passar uns diazinhos. Insuficiência económica para este rapazote deve ser comer lagostim em vez de lagosta.

  6. Eu acho que lhe deviam confiscar todos os bens, inclusive a reforma e coloca-lo na casa de São João de Deus em Barcelos, aí eles tratam bem dele, dão-lhe de comer e roupa lavada.
    É fácil com a reforma dele conseguir para lá entrar.
    Fazia companhia ao irmão do Pinto da Costa

  7. Sim porque não está na cadeia onde é o seu lugar, ele e os primos, que não são inocentes ao contrário do que tentam transmitir, pois todos se alimentaram do mesmo sitio.
    Estando na cadeia não necessitaria de qualquer rendimento, pois teria comida e roupa lavada.
    Assim se prova, com este e muitos outros nomes, que a justiça neste país não funciona.

RESPONDER

Ex-CEO da Groundforce admite hipótese de comprar a empresa

O ex-CEO da Groundforce, afastado do cargo em abril por "violação grave dos deveres de lealdade", não exclui a hipótese de vir a comprar a empresa de handling. Em declarações ao jornal online ECO, Paulo Neto …

Viatura onde seguia Eduardo Cabrita atropela uma pessoa na A6

Esta sexta-feira, um homem morreu após ter sido atropelado pelo automóvel em que seguia o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, num acidente na autoestrada A6. Numa nota enviada às redações, o Ministério da Administração Interna …

Portugal com mais 1.298 casos e quatro mortes

Esta sexta-feira, Portugal registou 1.298 novos casos e quatro mortes na sequência da infeção por covid-19. Segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), foram registados, nas últimas 24 horas, mais 1.298 casos e …

Parlamento aprova prorrogação das moratórias bancárias até final do ano

O alargamento aplica-se aos "particulares e para as empresas que desenvolvem a sua atividade em setores especialmente afetados pela pandemia de covid-19". O Parlamento aprovou, esta sexta-feira ,a prorrogação e alargamento das moratórias bancárias, que terminavam …

Tribunal belga obriga AstraZeneca a entregar 50 mihões de doses de vacina à UE

A AstraZeneca vai ter que entregar 50 milhões de doses da vacina para a covid-19 à União Europeia. A entrega deve ser efetuada até 27 de setembro. A justiça belga ordenou, esta sexta-feira, à farmacêutica …

"Dois terços dos problemas estão na Área Metropolitana de Lisboa", justifica Costa

O primeiro-ministro, António Costa, justificou esta sexta-feira a necessidade de tomar medidas localizadas em Lisboa para evitar que o agravamento da situação epidemiológica se alastre.  Em Bruges, na Bélgica, à margem da sessão de encerramento do …

CDS critica “enorme infelicidade” do Presidente e "comunicação desastrosa" do Governo

O CDS-PP criticou hoje as declarações do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, quando disse que no que depender dele não haverá "volta atrás" no desconfinamento, considerando-as de “uma enorme infelicidade”, lamentando também a …

Astronautas entraram pela primeira vez na nova estação espacial chinesa

Três astronautas chineses começaram, esta sexta-feira, a fazer da nova estação espacial da China o seu lar, um dia depois de ali terem chegado, num lançamento bem-sucedido, que marcou um novo avanço no ambicioso programa …

Homicida de Bruno Candé tinha plena consciência dos seus atos. MP quer 22 anos de prisão

Evaristo Marinho, o homicida de Bruno Candé, tinha plena consciência dos seus atos quando cometeu o crime, lê-se no relatório do Instituto Nacional de Medicina Legal. O Ministério Público quer 22 anos de prisão. O Ministério …

Pandemia deixa dezenas de bebés por registar, o que pode "potenciar o tráfico humano"

O encerramento do balcão "Nascer Cidadão", durante a fase mais crítica da pandemia, impediu o registo de bebés nascidos nessa altura. Citando fontes do Hospital de Faro, a rádio TSF avança que as campainhas de alarme …