Revelada a identidade da misteriosa múmia encontrada num caixão de ferro em Nova Iorque

Cortesia de Scott Warnash / Linda Warnasch

Um grupo de especialistas estabeleceu (finalmente) a identidade do corpo da misteriosa mulher encontrada em 2011 num terreno baldio em Queens, na cidade norte-americana de Nova Iorque.

Na época, o corpo mumificado foi encontrado num terreno baldio da cidade e, os cientistas acreditavam que se tratava de um homicídio recente. No entanto, as novas análise revelaram que o mistério é bem mais antigo.

O cadáver da mulher afro-americana foi encontrado de forma inesperada há sete anos por trabalhadores da construção civil. O corpo mumificado tinha vestido uma camisola e umas meias brancas. À sua volta, foram também encontrados restos de um caixão de ferro que acabou por ser esmagado pelas máquinas que trabalhavam na obra.

O caixão de ferro era tão hermético que fez com que o corpo permanecesse quase perfeitamente intacto, ao ponto de parecer que a mulher tinha morrido há poucos dias.

O estado de conservação do corpo levou os especialistas a acreditar que se tratava de um assassinato recente. “Um corpo enterrado num terreno baldio parece ser bastante direto”, disse um especialista forense de Nova Iorque, Scott Warnasch.

No entanto, uma investigação recente veio provar o contrário. As análises conduzidas identificaram o corpo como Martha Peterson, uma mulher que nasceu várias décadas antes da Guerra Civil Americana (1861-1865) – ou seja, em meados do século XIX.

“A mulher parecia estar morta há cerca de uma semana, mas tinham passado 160 anos” disse Scott Warnasch citado pelo Live Science.

Acredita-se que Martha tenha trabalhado para um homem branco no local e terá morrido, provavelmente, da varíola em meados de 1851. Depois da sua morte, acreditam os cientistas, a mulher terá sido sepultada sob o terreno de uma igreja que terá sido fundada em 1830 pela primeira geração livre de afro-americanos.

Os investigadores conseguiram ainda recriar o seu rosto. Em breve, estas descobertas serão apresentadas num documentário intitulado “A mulher do caixão de ferro”.

ZAP // RT / ScienceAlert

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Gosto muito de ler matérias sobre arqueologia, mesmo em casos mais recentes, como esse.
    A ciência desvenda mistérios e nos ajuda a conhecer a História!

RESPONDER

Não há democracia na Coreia do Norte? "É uma opinião", diz Jerónimo

Jerónimo de Sousa evitou classificar o regime de Kim Jong-un em termos "de ser ou não ser" uma democracia. A Coreia do Norte é ou não uma democracia? "É uma opinião", respondeu Jerónimo de Sousa. Numa …

Afinal, o esparguete à bolonhesa não existe

Quando se trata de refeições italianas clássicas, a maioria das pessoas pensa em pratos simples como uma pizza Margherita, lasanha e esparguete à bolonhesa. Contudo, segundo Virginio Merola, presidente de Bolonha, em Itália, o esparguete à bolonhesa …

Javalis tomaram o lugar dos coelhos. "Muitos animais estão doentes"

Para já, não há perigo de saúde pública, mas os javalis carregam doenças que podem passar a outros animais. Se antes se matavam mil coelhos, abatem-se agora 10 javalis. Jacinto Amaro, presidente da Fencaça - Federação …

Maduro prepara reestruturação do Governo venezuelano

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu aos ministros do seu Governo que ponham os seus cargos à disposição, a fim de impulsionar uma "reestruturação profunda" do Executivo. O anúncio foi feito este domingo através do …

"Cojones" de Ronaldo valem-lhe processo disciplinar da UEFA

A UEFA abriu um processo disciplinar a Cristiano Ronaldo pelo seu festejo na vitória por 3-0 frente ao Atlético Madrid. O gesto ousado do português após marcar o terceiro golo na partida foi uma resposta …

Olimpíadas de Tóquio terão robôs a ajudar pessoas em cadeira de rodas

As Olimpíadas de Tóquio, que decorrem em 2020, podem vir a ficar conhecidas como os "Jogos dos Robôs", devido aos robôs que serão usados ​​no novo Estádio Nacional para ajudar os apoiantes em cadeiras de …

Banco de Portugal quer obrigar bancos a reduzir custos de transferências imediatas

O Banco de Portugal quer que a banca implemente práticas que reduzam o preço das transferências imediatas, de forma a aumentar a sua adoção. Estas são transações monetárias de uma conta para outra, efetuadas num …

Holanda investiga morte de milhares de doentes mentais na II Guerra Mundial

A Holanda vai investigar as circunstâncias em que milhares de pessoas com incapacidades e doenças mentais morreram nos hospitais psiquiátricos do país na II Guerra Mundial, um número que é desconhecido, divulgou a imprensa local. "Não …

Roubo, sequestro e violação. PJ descortinou 210 crimes inventados nos últimos cinco anos

Nos últimos cinco anos, a Polícia Judiciária descortinou que 210 investigações lançadas após denúncias de alegados lesados eram, na verdade, invenções. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia, os delitos mais …

Número de mortos pela passagem do ciclone Idai por África aumentou para 200

O número de vítimas mortais devido à passagem do ciclone Idai por Moçambique, Zimbabué e Malaui subiu para 200, de acordo com dados divulgados este domingo pela Organização das Nações Unidas (ONU). No Zimbabué, o número …