Resultados nos Açores levam PS a pensar em eleições antecipadas

André Kosters / Lusa

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo 39,13% dos votos, o que não garante a maioria absoluta. Os resultados levam o partido a pensar já em eleições antecipadas.

“[O governo regional] está feito num molho de brócolos”, disse uma fonte socialista ao Observador. Apesar de o PS ter vencido as eleições, o resultado é inesperado, sendo que se esperava a maioria absoluta. Se os socialistas tivessem conseguido eleger mais um deputado, apenas precisavam de chamar o CDS para governar.

Mas a realidade é diferente e o PS tem de fazer outras contas para o conseguir. Dentro do partido há quem diga que “não vai ser possível” governar com o Parlamento fragmentado como está.

O PS/Açores olha para o CDS e para o PPM para formar governo, não deixando de parte o PAN. No entanto, nesta região autónoma, as dinâmicas regionais podem tornar mais difícil uma aliança com os ecologistas.

“Se o CDS fizer acordo com o PS, tem poder, e é o mais forte dos dois parceiros de coligação; se fizer com o PSD é só mais um no meio de tantos e fica a par do Chega”, disse uma fonte do PS ao Observador.

O PPM ganhou força nestas eleições, triplicando o número de votos e tendo conseguido formar um grupo parlamentar sem necessitar sequer de recorrer ao círculo da compensação. Já o PAN, tem algumas divergências a nível ideológico tanto com o PS como com o CDS.

Muitos dos votos que fugiram aos socialistas foram para o Chega e alguns para o Bloco de Esquerda, escreve o Observador.

Agora, Vasco Cordeiro vai ser chamado a tentar formar governo, tendo três semanas para essas negociações. Caso não consiga uma maioria estável, o PSD é chamado a serviço. No entanto, pode haver um conflito entre o que é a “prática” comum e o que diz o regimento da Assembleia Regional sobre a aprovação do programa de governo.

Nos últimos anos, o programa de governo vai a votos na Assembleia Regional, embora o regimento não obrigue a isso.

“Pode haver um conflito entre a praxe e o regimento, mas se assim for, ganha o regimento”, comenta-se no PS. Se assim for, será preciso um partido da oposição desafiar o governo de Vasco Cordeiro apresentando uma moção de censura que, a ser aprovada, resulta automaticamente na queda do governo.

Caso o PS não consiga ver o programa de governo viabilizado na Assembleia, eleições antecipadas podem ser a única hipótese, levando os açorianos novamente às urnas. Isto porque para o PSD governar pode ter de juntar toda a direita (CDS, Chega, PPM e Iniciativa Liberal).

“O regimento da Assembleia Regional não foi feito para governar assim. Foi feito quando havia apenas três partidos na Assembleia, e é preciso maioria de dois terços para o alterar”, argumentam os socialistas.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Só há um país a cumprir as metas do Acordo de Paris

A poucos dias da cimeira do clima de Glasgow, onde é esperado que os países anunciem cortes nas emissões de gases com efeito de estufa, apenas um, a Gâmbia, cumpre o acordo de Paris sobre …

Filipa Roseta pede suspensão do mandato de deputada por 180 dias

Filipa Roseta, deputada do PSD, pediu a suspensão do mandato na Assembleia da República por 180 dias. Depois de ter tomado posse como vereadora na Câmara Municipal de Lisboa, a deputada pediu a suspensão temporária …

Há destino para Solskjaer

Quando for despedido do Manchester United, Ole Gunnar Solskjær será seleccionador da Noruega (após uma pausa). A continuidade de Ole Gunnar Solskjær no Manchester United não está garantida. Há algum tempo que a capacidade do norueguês …

Há três anos que chove nos corredores da urgência do hospital de Setúbal

Há três anos que chove nos corredores da urgência do hospital de Setúbal. Sindicalistas alertam para a situação precária vivida pelos profissionais de saúde sadinos. O "estado de calamidade" em vários hospitais pelo país inteiro não …

O dono do Boavista, Gerárd Lopez.

Dono do Boavista investiu 15 milhões e desabafa: "podiam chegar aqui 11 Messis..."

Gerárd Lopez, dono do Boavista, diz que investiu 15 milhões de euros no clube e explica os maus resultados da equipa na época passada, em que por pouco não desceu de divisão. O Boavista estará a …

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Os dados estão lançados e o calendário traçado. Eis os próximos passos da crise política até às (possíveis) eleições antecipadas

De acordo com as declarações recentes do Presidente da República e da própria lei eleitoral para a Assembleia da República, e caso se confirme a dissolução do Parlamento, o país deve ir a votos logo …

Dyego Souza, lembra-se? Um hat-trick após mais de 2 anos em branco

Internacional português foi fundamental na vitória do Almería. Não marcava qualquer golo desde Setembro de 2019, incluindo a sua passagem pelo Benfica. Dyego Sousa, 32 anos, avançado brasileiro que chegou a Portugal ainda adolescente, voltou aos …

Na Roménia, quem não foi vacinado é sujeito a recolher obrigatório durante a noite

A Roménia proibiu as pessoas que não foram ainda vacinadas contra a covid-19 de saírem de casa entre as 22h e as cinco da manhã. Durante este horário, os habitantes que não apresentarem um certificado de …

Tribunal de Contas alerta para risco de incumprimento do PRR

O Tribunal de Contas (TdC) alerta, esta terça-feira, para o risco de incumprimento do Programa de Recuperação e de Resiliência (PRR). "No período compreendido entre 2014 e 2020, o PT2020 registou sempre baixas taxas de execução, …

Sporting e FC Porto trocaram jogadores por 11 milhões de euros

Sporting CP e FC Porto trocaram jogadores entre si, pagando 11 milhões de euros cada. Marco Cruz rumou a Alvalade, enquanto Rodrigo Fernandes transferiu-se para o Dragão. Em comunicado enviado à CMVM, o Sporting CP divulgou …