Rendas antigas vão aumentar de 50% a 70%

Simon Collison / Flickr

-

O fim do período transitório que limitava o aumento do valor das rendas com contratos feitos até 1990 vai ditar um acréscimo significativo nas mensalidades de alguns inquilinos. A Associação Lisbonense de Proprietários prevê aumentos de 50% a 70% em 2017.

“As rendas estão artificialmente baixas. Estimamos que a correcção ronde entre os 50% e os dois terços do que os inquilinos actualmente pagam”, salienta o presidente da Associação Lisbonense de Proprietários , Menezes Leitão, em declarações divulgadas pelo Correio da Manhã.

“Temos tido rendas que não chegam para pagar o IMI exigido aos senhorios, daí que a previsão seja de uma subida significativa”, acrescenta o mesmo responsável.

Este facto vai afectar em particular os inquilinos idosos, mas aqueles que justificarem situações de carência económica terão o apoio do governo.

Este auxílio será concedido, a partir de 2017, através de um subsídio que vai suportar os valores da diferença entre o que o senhorio exigir de aumento e aquilo que o inquilino puder pagar.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística citados pelo Correio da Manhã, “há 255 mil inquilinos com contratos de arrendamento anteriores a 1990”.

ZAP

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Os aumentos bruscos podem ser bastante maiores do que diz o representante dos senhorios. No meu caso, passa de 130 para 470 euros!! por mês. E o meu senhorio (pobrezinho) é uma companhia de seguros, agora chinesa.
    E o tal subsídio é mais uma aldrabice: basta receber 1500 euros por mês para já não ter direito (mesmo que ele viesse…).
    Que tal exigir que os senhorios também tivessem de provar que não têm meios suficientes, para poderem exigir estes aumentos exorbitantes?

    • Descaramento,os senhorios tem que provar os seus meios?? A quem pertençe o imóvel afinal? Uma renda de €50-00 por mês ao longo de 30 anos, sem aumento, que é o meu caso, da para enriquecer. Realmente há gente que são ceginhas e com falta de respeito……

  2. De facto parece-me que vão existir grandes problemas. Uma coisa é certa, o senhorio não é a santa casa da misericórdia, pelo que quem não quiser pagar tem uma boa solução, procurar casa com renda mais económica ou então comprar casa.

  3. Acho que este país tem leis a mais. Qualquer regulação de preço é sempre injusta, pelo menos para uma das partes, senão para as duas. Sou apologista da liberdade de mercado. Se houver liberdade o mercado autorregula-se e encontra o seu valor justo. Com estas atitudes ditatoriais é que não conseguimos qualquer justiça, apenas se consegue promover uma guerra entre inquilinos e senhorios.

    • Bem, nem tanto ao mar nem tanto a terra. A história do mercado é mesmo uma história que poderei contar numa outra oportunidade. Tudo tem que ser regulado, pois está mais que provado que deixado ao livre arbítrio conduz a abuso e ao aproveitamento pela parte mais forte.
      Agora regulado não é estupifidificado como fizeram em 74 colocando os senhorios a financiarem os pobres e os outros

  4. Um ‘mexilhão’ senhorio a cobrar renda de 130€ deve conseguir substituir os dois interruptores de vai-e-vem do corredor! Como fazer para reparar a rede de pluviais, coluna de gás, de água, de residuais, intercomunicação, restauro e impermeabilização de fachadas, placas de cobertura? E esta gente também vota… e certamente em consciência…

Responder a Manel Cancelar resposta

Liga Portugal abre inquérito à SAD do Feirense

A Liga vai solicitar a abertura de um processo de inquérito ao Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), devido à ligação do detentor maioritário da SAD do Feirense a uma casa de …

Morreu John Hume, artífice da paz na Irlanda do Norte

O político da Irlanda do Norte, Prémio Nobel da Paz e artífice da reconciliação na província britânica marcada por décadas de conflito morreu, esta segunda-feira, aos 83 anos, anunciou a família. "John Hume morreu de madrugada na …

OMS admite que pode nunca vir a existir "uma panaceia" contra a covid-19

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou, esta segunda-feira, que talvez nunca venha a existir "uma panaceia" contra a pandemia de covid-19, apesar das investigações em curso que procuram conseguir uma vacina contra a doença. "Não …

"Lei fundamental é violada por todos os lados". Oposição venezuelana recusa-se a participar nas eleições

Os 27 partidos políticos venezuelanos que se opõem ao chavismo decidiram no domingo não concorrer às eleições legislativas agendadas para dezembro por considerá-las uma "fraude". Entre os partidos, estão aqueles com representação parlamentar, que assinaram um …

Médias dos exames nacionais subiram. Só MACS teve média negativa

As médias nos exames nacionais deste ano subiram em todas as disciplinas em relação ao ano passado, com exceção de duas provas, segundo dados oficiais divulgados esta segunda-feira. De acordo com os dados do Júri Nacional …

Mortes por covid-19 no Irão são quase o triplo dos números oficiais

O número de mortes causadas pela covid-19 no Irão pode ser quase três vezes superior aos números oficiais, o que significa que as autoridades iranianas estão a tentar esconder a gravidade da pandemia no país. Segundo …

Revelado contrato oferecido pelo Real Madrid a Lewandowski. Só faltava assinar

O diário polaco Onet Sport revelou esta domingo o contrato oferecido pelo Real Madrid a Robert Lewandowski no verão de 2014. De acordo com o jornal, Lewandowski esteve muito próximo de rumar a Madrid e …

Capturado El Marro, líder de um cartel dedicado ao tráfico de gasolina no México

Este domingo, as autoridades mexicanas capturaram José Antonio Yépez Ortiz, um dos criminosos mais procurados do país. Forças militares capturaram no domingo José Antonio Yépez, apelidado de "El Marro", líder de um poderoso cartel dedicado ao …

Editoras criticam prazo apertado para distribuir manuais escolares

Uma vez que os alunos não vão ter de devolver os manuais escolares este ano, as editoras são obrigadas a responder ao aumento da procura num "curtíssimo" período de tempo. Este ano, face à pandemia, os …

Portugal sem registo de mortes nas últimas 24 horas. Há 106 novos casos

Portugal regista, esta segunda-feira, mais 106 novos casos de infeção por covid-19 em relação a domingo e nenhuma morte, mostra o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS). Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde, …