Reino Unido enviou cartas com ameaça de detenção e deportação a cidadãos da UE

Eva Johanna Holmberg / Facebook

Eva Johanna Holmberg, finlandes, foi ameaçada de deportação no Reino Unido

O ministério do Interior do Reino Unido enviou cerca de uma centena de cartas a cidadãos da União Europeia residentes em território britânico, com a informação de que corriam o risco de serem detidos e deportados. O governo já se desculpou.

Brexit

Segundo a BBC, o governo veio a público confessar que se tratou de “um erro”. O erro foi detetado quando uma académica finlandesa, que vive no Reino Unido legalmente, recebeu uma das cartas.

Eva Johanna Holmberg, casada com um cidadão britânico, disse “não poder acreditar no que via” quando leu que tinha um mês para abandonar o país. No entanto, fonte do ministério do Interior confirmou que os direitos de residência dos cidadãos da UE “se mantinham inalterados”.

A mesma fonte não identificada acrescentou que todos os estrangeiros que receberam uma carta destas serão contactados para “clarificar que devem ignorá-la“.

“Um número limitado de cartas foram enviadas por erro e estamos a analisar com a maior celeridade possível a razão por que isso aconteceu”, garantiu ainda a mesma fonte, descrita como um porta-voz do ministério.

O caso emergiu depois de aquela professora universitária ter partilhado a sua história nas redes sociais. Pouco depois, a sua descrição do caso espalhava-se por diferentes contas no Twitter.

“Na quinta-feira recebi uma carta do ministério do Interior dizendo-me que ‘tinha sido tomada a decisão de me retirarem do Reino Unido, ao abrigo do artigo 10º da lei sobre Imigração e Asilo de 1999’… e que eu sou considerada uma ‘pessoa sujeita a deportação, dado que falhou em ter provado que exerce direitos protegidos por tratado no Reino Unido'”.

A professora finlandesa, especialista em História, que trabalha numa universidade londrina esclareceu ainda: “A carta dava-me um mês para sair, a contar da data da notificação”.

Trata-se de “uma decisão absurda, tomada apesar de eu pagar aqui impostos, ser casada com um britânico e atualmente estar empregada também na Universidade de Helsínquia. Este disparate sem sentido envelheceu-me pelo menos cinco anos desde quinta-feira e torna-me ainda menos capaz de confiar seja no que for que Amber Rudd, Theresa May ou David Davis digam para acalmar os cidadãos da UE”, remata a docente.

Esta quarta-feira a finlandesa foi contactada pessoalmente pelo Ministério do Interior, que lhe pediu desculpa – seis dias depois de ter recebido a carta.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Google cria modelo de cérebro mais detalhado (e com maior resolução) de sempre

A recriação 3D do cérebro de uma mosca da fruta - que mostra 20 milhões de sinapses e 25 mil neurónios - é a que tem a maior resolução até ao momento. Uma equipa de …

Morreu Kobe Bryant, uma das maiores estrelas de sempre da NBA

Kobe Bryant, um dos maiores basquetebolistas de sempre, morreu na manhã deste domingo em Calabasas, Califórnia, num desastre de helicóptero. De acordo com a TMZ, Bryant viajava com, pelo menos, três outras pessoas num helicóptero privado, …

Há seis queixas de violência policial por semana

Em Portugal, são apresentadas em média seis queixas semanais por violência policial, escreve o semanário Expresso na sua edição deste fim-de-semana, citando os dados mais recentes da Procuradoria-Geral da República. De acordo com os números, relativos …

CRISPR tornou galinhas resistentes a um vírus comum

A técnica de edição genética CRISPR tem sido usada para tornar as galinhas resistentes a um vírus comum, uma abordagem que poderia aumentar a produção de ovos e de carne em todo o mundo. Mesmo quando …

A Cybertruck de Musk poderá ser "incrivelmente barata" de produzir

A Cybertruck de Elon Musk, CEO da Tesla e da Space X, pode ser "incrivelmente barata" de produzir graças à sua inovadora tecnologia de carroçaria, afirmou um especialista em entrevista à Autoline Network. O engenheiro Sandy …

Novo estudo associa o burnout a uma consequência fatal

Uma nova investigação associa o burnout a um aumento de até 20% no risco de desenvolver fibrilhação auricular, a arritmia crónica mais frequente. O burnout é uma perturbação psicológica causada pelo stress excessivo devido a uma …

Pinto da Costa diz ter total confiança em Sérgio Conceição

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, garantiu que tem "total confiança nos jogadores e no treinador", Sérgio Conceição, que no sábado colocou o lugar à disposição, de acordo com a newsletter oficial dos …

Isabel dos Santos utilizou três identidades para entrar e sair de Portugal

A empresária angola Isabel dos Santos utilizou três documentos de identificação distintos durante as últimas viagens que fez entre Portugal e o Reino Unido. "Izabel Dosovna Kukanova", "Isabel José dos Santos" e "Santos Isabel" foram as …

Voar nunca foi tão seguro, garante a Estatística

Voar em companhias áreas comerciais nunca foi tão seguro, garante um estudo levado a cabo por um professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) que monitoriza o número de mortes de passageiros de todo o …

Coronavírus já provocou 56 mortes. China começa a desenvolver vacina

China começou a desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, que já provocou a morte a 56 pessoas e infetou 1.975 pessoas no país, informa este domingo o jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). De …