Reino Unido enviou cartas com ameaça de detenção e deportação a cidadãos da UE

Eva Johanna Holmberg / Facebook

Eva Johanna Holmberg, finlandes, foi ameaçada de deportação no Reino Unido

O ministério do Interior do Reino Unido enviou cerca de uma centena de cartas a cidadãos da União Europeia residentes em território britânico, com a informação de que corriam o risco de serem detidos e deportados. O governo já se desculpou.

Brexit

Segundo a BBC, o governo veio a público confessar que se tratou de “um erro”. O erro foi detetado quando uma académica finlandesa, que vive no Reino Unido legalmente, recebeu uma das cartas.

Eva Johanna Holmberg, casada com um cidadão britânico, disse “não poder acreditar no que via” quando leu que tinha um mês para abandonar o país. No entanto, fonte do ministério do Interior confirmou que os direitos de residência dos cidadãos da UE “se mantinham inalterados”.

A mesma fonte não identificada acrescentou que todos os estrangeiros que receberam uma carta destas serão contactados para “clarificar que devem ignorá-la“.

“Um número limitado de cartas foram enviadas por erro e estamos a analisar com a maior celeridade possível a razão por que isso aconteceu”, garantiu ainda a mesma fonte, descrita como um porta-voz do ministério.

O caso emergiu depois de aquela professora universitária ter partilhado a sua história nas redes sociais. Pouco depois, a sua descrição do caso espalhava-se por diferentes contas no Twitter.

“Na quinta-feira recebi uma carta do ministério do Interior dizendo-me que ‘tinha sido tomada a decisão de me retirarem do Reino Unido, ao abrigo do artigo 10º da lei sobre Imigração e Asilo de 1999’… e que eu sou considerada uma ‘pessoa sujeita a deportação, dado que falhou em ter provado que exerce direitos protegidos por tratado no Reino Unido'”.

A professora finlandesa, especialista em História, que trabalha numa universidade londrina esclareceu ainda: “A carta dava-me um mês para sair, a contar da data da notificação”.

Trata-se de “uma decisão absurda, tomada apesar de eu pagar aqui impostos, ser casada com um britânico e atualmente estar empregada também na Universidade de Helsínquia. Este disparate sem sentido envelheceu-me pelo menos cinco anos desde quinta-feira e torna-me ainda menos capaz de confiar seja no que for que Amber Rudd, Theresa May ou David Davis digam para acalmar os cidadãos da UE”, remata a docente.

Esta quarta-feira a finlandesa foi contactada pessoalmente pelo Ministério do Interior, que lhe pediu desculpa – seis dias depois de ter recebido a carta.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Conquistadores espanhóis usaram técnicas indígenas para construir as suas armas

Um novo estudo concluiu que os invasores espanhóis foram obrigados a aprender com os indígenas da Mesoamérica sobre a produção de cobre. Descobertas arqueológicas em El Manchón, no México, apoiam a ideia de que invasores espanhóis, desesperados …

Açambarcamento de medicamentos por Portugal? "É um total absurdo", diz Infarmed

O Infarmed - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde reagiu à acusação feita por uma organização belga, que dizia que Portugal está a fazer um armazenamento excessivo de medicamentos essenciais para o tratamento …

Descoberto âmbar com 40 milhões de anos com duas moscas a acasalar

Há 40 milhões de anos, no supercontinente Gonduana, duas moscas que se encontravam a acasalar viram-se, inesperadamente, numa situação complicada. De alguma forma, este par de moscas de pernas longas (Dolichopodidae) ficou preso na seiva pegajosa …

40 marinheiros do porta-aviões Charles de Gaulle com sintomas de covid-19

Quarenta marinheiros do porta-aviões francês Charles de Gaulle apresentaram recentemente "sintomas compatíveis" com os da infeção pelo novo coronavírus e estão sob "observação médica reforçada", anunciou o Ministério da Defesa. "A partir de hoje, uma equipa …

Medidas para as prisões, apoios às empresas, suspensão de tarifas. Parlamento discute mais de 100 iniciativas

Medidas excecionais para prisões e banca, mais apoios às empresas ou à cultura ou a suspensão de propinas e das tarifas de gás e luz são alguns dos temas que vão passar esta quarta-feira pelo …

Trump tem "interesse financeiro" em farmacêutica que produz hidroxicloroquina (a sua "cura" para a Covid-19)

Donald Trump falou da hidroxicloroquina como uma potencial "cura milagrosa" para a Covid-19, apesar das recomendações contrárias de especialistas e da falta de estudos científicos válidos que confirmem os benefícios da substância. O The New …

Restos de bombas atómicas revelam longa vida dos tubarões-baleia

Cientistas estão a determinar a esperança de vida do maior peixe dos oceanos com a ajuda de testes de bombas atómicas realizados durante a Guerra Fria, entre os anos 50 e 60. Em perigo de extinção, …

Telescópio russo apanha o despertar de um buraco negro

O telescópio russo ART-XC do observatório espacial Spektr-RG detetou uma fonte brilhante de raios-X no centro da Via Láctea, que acabou por revelar ser o "despertar" do buraco negro 4U 1755-338. A descoberta ocorreu no passado …

O cometa interestelar 2I/Borisov partiu-se em dois

O cometa interestelar 2I/Borisov, o primeiro do seu tipo a ser descoberto em agosto do ano passado, começou a dividir-se em duas partes na semana passada. As imagens contínuas do telescópio espacial Hubble do objeto interestelar …

Estudo estima 471 mortes em Portugal até agosto (e que o pico foi atingido a 3 de abril)

De acordo com as estimativas do estudo, cerca de 151.680 pessoas vão morrer na Europa durante a "primeira vaga" da doença. Um estudo divulgado esta terça-feira nos Estados Unidos estima que a covid-19 venha a provocar …