Reino Unido enviou cartas com ameaça de detenção e deportação a cidadãos da UE

Eva Johanna Holmberg / Facebook

Eva Johanna Holmberg, finlandes, foi ameaçada de deportação no Reino Unido

O ministério do Interior do Reino Unido enviou cerca de uma centena de cartas a cidadãos da União Europeia residentes em território britânico, com a informação de que corriam o risco de serem detidos e deportados. O governo já se desculpou.

Segundo a BBC, o governo veio a público confessar que se tratou de “um erro”. O erro foi detetado quando uma académica finlandesa, que vive no Reino Unido legalmente, recebeu uma das cartas.

Eva Johanna Holmberg, casada com um cidadão britânico, disse “não poder acreditar no que via” quando leu que tinha um mês para abandonar o país. No entanto, fonte do ministério do Interior confirmou que os direitos de residência dos cidadãos da UE “se mantinham inalterados”.

A mesma fonte não identificada acrescentou que todos os estrangeiros que receberam uma carta destas serão contactados para “clarificar que devem ignorá-la“.

“Um número limitado de cartas foram enviadas por erro e estamos a analisar com a maior celeridade possível a razão por que isso aconteceu”, garantiu ainda a mesma fonte, descrita como um porta-voz do ministério.

O caso emergiu depois de aquela professora universitária ter partilhado a sua história nas redes sociais. Pouco depois, a sua descrição do caso espalhava-se por diferentes contas no Twitter.

“Na quinta-feira recebi uma carta do ministério do Interior dizendo-me que ‘tinha sido tomada a decisão de me retirarem do Reino Unido, ao abrigo do artigo 10º da lei sobre Imigração e Asilo de 1999’… e que eu sou considerada uma ‘pessoa sujeita a deportação, dado que falhou em ter provado que exerce direitos protegidos por tratado no Reino Unido'”.

A professora finlandesa, especialista em História, que trabalha numa universidade londrina esclareceu ainda: “A carta dava-me um mês para sair, a contar da data da notificação”.

Trata-se de “uma decisão absurda, tomada apesar de eu pagar aqui impostos, ser casada com um britânico e atualmente estar empregada também na Universidade de Helsínquia. Este disparate sem sentido envelheceu-me pelo menos cinco anos desde quinta-feira e torna-me ainda menos capaz de confiar seja no que for que Amber Rudd, Theresa May ou David Davis digam para acalmar os cidadãos da UE”, remata a docente.

Esta quarta-feira a finlandesa foi contactada pessoalmente pelo Ministério do Interior, que lhe pediu desculpa – seis dias depois de ter recebido a carta.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

OE2021. Bloco prepara voto contra. PSD só salva proposta se Costa pedir desculpa

O Bloco de Esquerda prepara-se para votar contra o Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, avança este sábado o semanário Expresso. Governo e Bloco de Esquerda tem negociado nos últimos dias a proposta de …

Inscrição perdida contém a chave para o enigma dos esqueletos de Almaçã

Uma inscrição de pedra desaparecida esconde a chave para o mistério dos esqueletos de Almaçã, enterrados debaixo de uma muralha medieval. Em Almaçã, Espanha, onze corpos foram enterrados debaixo de uma enorme muralha de uma vila …

Espanha prepara-se para decretar estado de alerta

O Governo espanhol prepara-se para decretar estado de alerta em todo o território, depois de ter colocado a região de Madrid neste nível de alerta. A notícia é avançada este sábado pelo jornal espanhol El País, …

Jerónimo de Sousa deve ser reconduzido na liderança do PCP

O atual secretário-geral do PCP deve ser reconduzido no cargo no congresso que está agendado para o final de novembro, avança este sábado o jornal Público. De acordo com o matutino, as atuais regras sanitárias …

Elixir oral (e outros produtos domésticos) poderá ajudar a neutralizar o SARS-CoV–2

Alguns produtos domésticos, como é o caso do elixir oral e produtos para a descongestionar as vias nasais, mostraram-se eficazes em neutralizar um tipo coronavírus num estudo científico levado a cabo com células humanas. A …

Presidente da Polónia com teste positivo de covid-19

O Presidente da Polónia, Andrzej Duda, testou positivo para o novo coronavírus, anunciou este sábado o porta-voz do chefe de Estado. "Como se esperava, o Presidente @AndrzejDuda foi ontem [sexta-feira] submetido a um teste para detetar …

"Com o futebol acabei com a Guerra do Iraque". Jorvan Vieira, o treinador português que é Deus no mundo árabe

Jorvan Vieira é um nome que pouco deve dizer à maioria dos adeptos de futebol. Filho de portugueses emigrados no Brasil, fez grande parte da sua carreira no Médio Oriente, onde é acarinhado por milhões. …

Capacidade de cuidados intensivos na Europa vai chegar ao limite, alerta OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou esta sexta-feira que muitas unidades de cuidados intensivos na Europa vão chegar ao limite da sua capacidade nas próximas semanas. "Há uma situação muito preocupante a acontecer na Europa. …

Geólogos "ressuscitam" placa tectónica desaparecida

A existência da placa tectónica Ressurreição nunca foi consensual: alguns geólogos argumentam que nunca foi real e outros alegam que a placa sofreu um processo de subducção no manto da Terra, em algum lugar da …

Não se esqueça: muda a hora este domingo

Os relógios vão atrasar 60 minutos na madrugada do próximo domingo em Portugal para dar início ao horário de inverno. Em Portugal Continental e na Região Autónoma da Madeira, os relógios deverão ser atrasados uma hora …