Regresso ao pré-escolar salvaguarda “direito de brincar”. Crianças não vão usar máscara

As regras divulgadas esta sexta-feira pelo Ministério da Educação para o regresso do ensino pré-escolar, agendado para 1 de junho, ditam que as crianças não vão ter de usar máscara e que está assegurado o direito de brincar.

As orientações do Ministério da Educação para o regresso ao pré-escolar, publicadas esta sexta-feira, fixam que as crianças não precisarão de usar máscara, frisando, contudo, que  não devem ficar mais tempo do que “estritamente necessário” nestes espaços.

Entre as regras para o regresso, está a como a desinfeção das mãos, dos espaços e a definição de uma área de isolamento para a eventualidade de se detetar um caso suspeito do novo coronavírus que causa a covid-19.

Os pais devem deixar os filhos à porta dos estabelecimentos de ensino e as pessoas externas ao serviço educativo devem entrar de forma excecional e evitar o contacto com as crianças, fixa ainda o Ministério da Educação.

Os estabelecimentos de ensino devem privilegiar as atividades ao ar livre e tentar desfasar os momentos das crianças nos espaços de recreio. Quanto as crianças, devem trocar o calçado quando chegam ao jardim de infância.

O distanciamento é outra das regras impostas. “Deve ser maximizado o distanciamento físico entre as crianças quando estão em mesas”, pode ler-se no documento, que fixa ainda o uso de máscara por parte do pessoal docente e não docentes. As crianças ficam dispensadas do uso de máscara.

Em linhas gerais, as regras para o pré-escolar são semelhantes às fixadas para as creches.

Estas medidas pretendem “apoiar do ponto de vista pedagógico, as instituições, os profissionais e as famílias” e “assegurar a proteção de todos”, mas sem descurar “a garantia do bem-estar e direito de brincar” das crianças.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Atletas que sorriem durante as corridas gastam menos oxigénio

Os atletas que sorriem gastam menos oxigénio, trabalham de forma mais económica e têm um nível de esforço menor, refere um estudo realizado pelas universidades de Ulster e Swansea, divulgado esta terça-feira. Os investigadores pediram a …

OMS analisa possíveis primeiros casos de infeção de animais para o homem

A Organização Mundial de Saúde (OMS) admite que pelo menos três infeções por Covid-19 nos Países Baixos possam ser os primeiros casos conhecidos de transmissão do novo coronavírus dos animais para o homem, tendo martas …

Na Suíça, é possível estar em teletrabalho e a empresa pagar parte da renda

O Tribunal Federal da Suíça condenou uma empresa de contabilidade a pagar parte da renda de casa a um funcionário que se encontrava em teletrabalho. Segundo revelou na segunda-feira o swissinfo e o Tages-Anzeiger, citados pelo …

Governo negoceia até mais 35 milhões em apoios para agricultura

A ministra da Agricultura disse hoje que está em curso a negociação de medidas adicionais para apoiar o setor agrícola, face ao impacto da covid-19, através do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR), que podem mobilizar …

Moro não assinou exoneração de ex-diretor da Polícia, admite Presidência do Brasil

A Secretaria-Geral da Presidência brasileira admitiu na segunda-feira que o agora ex-ministro da Justiça Sergio Moro não assinou o decreto de exoneração de Maurício Valeixo da direção-geral da Polícia Federal, confirmando a versão original do …

Norte foi região que mais contribuiu para aumentar produtividade do trabalho no país

O Norte foi a região que mais contribuiu para aumentar a produtividade laboral entre 2000 e 2017, crescendo 20% quando a Área Metropolitana de Lisboa subiu 3,3%, revelou na segunda-feira a Comissão de Coordenação e …

Vai nascer uma praia fluvial nas margens do Alqueva em 2021

Uma nova praia fluvial começou a ser construída nas margens do Alqueva, devendo começar a funcionar no verão do próximo ano. Uma nova praia fluvial começou a ser construída nas margens do Alqueva, junto à aldeia …

Câmara de Bragança vai ajudar com até 100 euros a pagar renda

As famílias mais vulneráveis do concelho de Bragança vão poder contar com um apoio financeiro até 100 euros mensais para pagar a renda. A Câmara de Bragança vai ajudar as famílias do concelho em situação vulnerável …

Parlamento chumba lay-off para sócios-gerentes, mas acaba com teto de faturação ao apoio

A Comissão de Economia chumbou, esta terça-feira, o alargamento do lay-off simplificado aos sócios-gerentes. Por outro lado, aprovou o fim do teto de faturação para aceder ao apoio a estes portugueses. A proposta do PSD, BE …

Comissão Europeia admite que Portugal fica "em desvantagem" nas ajudas estatais

Margrethe Vestager, vice-presidente executiva da Comissão Europeia, admite que países como Portugal, com menor capacidade orçamental do que Estados-membros como Alemanha ou França, fiquem “em desvantagem” nas ajudas estatais em altura de crise gerada pela …