Com a redução do preço dos passes há mais dinheiro para “leite, tabaco e droga”

O especialista em Transportes e Vias de Comunicação Luís Cabral da Silva está a surpreender o país com as declarações que fez na SIC Notícias, onde salientou que com a redução do preço dos passes dos transportes públicos as pessoas “vão ter mais dinheiro para comprar leite, tabaco e droga”.

Numa intervenção na SIC Notícias sobre a medida do Governo de reduzir os preços dos passes dos transportes públicos, o engenheiro Luís Cabral da Silva, que é especialista em Transportes e Vias de Comunicação, começou por notar que a iniciativa é “boa”, mas que “devia ser devidamente preparada”.

Destacando a importância de haver “mais oferta” de transportes para responder ao previsível aumento da procura, Luís Cabral da Silva realçou que “a parte eleitoralista” da medida é que as pessoas “vão ter mais dinheiro para comprar leite, tabaco e droga“.

As declarações do engenheiro que tem participado em várias conferências sobre a temáticas dos transportes estão a criar burburinho nas redes sociais.

Luís Cabral da Silva é membro da Sociedade de Geografia de Lisboa (SGL) e foi o coordenador do estudo “Contributo para um Programa Integrado de Transportes Nacional”.

O especialista em transportes é também um dos signatários do manifesto “Portugal, uma ilha ferroviária na Europa”, assinado também por figuras como o ex-ministro Mira Amaral e os empresários Henrique Neto e Patrick Monteiro de Barros, e que apela ao Governo para começar já a negociar o próximo quadro comunitário 2021-2027 com a União Europeia, para a construção de linhas férreas de bitola europeia, sob pena de o país ficar dependente dos espanhóis e de as empresas nacionais perderem competitividade.

Portugueses de “primeira, segunda e terceira”

A redução dos preços dos passes, no âmbito do Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos (PART) lançado pelo Governo, também já mereceu acusações de eleitoralismo por parte do PSD.

O presidente dos sociais-democratas, Rui Rio, diz agora que a medida criou portugueses de “primeira, segunda e terceira”, colocando os primeiros em Lisboa, os segundos no Porto e, por último, o resto do país.

“Do ponto de vista territorial, a medida tem de ser ajustada para que os portugueses sejam todos iguais”, destacou Rio, sublinhando que os passageiros da Área Metropolitana de Lisboa recebem “um subsídio de 26,7 euros por cada habitante para baixar o passe social”, enquanto que os do Porto são subsidiados apenas “em 8,4 euros por habitante”. Já no resto do país, a verba fica-se por “menos de dois euros por habitante”, sublinhou.

Através do PART, que entrou em vigor no início deste mês de Abril, o Governo financia as Áreas Metropolitanas de Lisboa e do Porto e as 21 Comunidades Intermunicipais com 104 milhões de euros para apoiar a redução dos passes, através do Orçamento de Estado e das verbas do Fundo Ambiental.

SV, ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Não está perfeito, é verdade que não, mas para os laranjas tudo o que não seja feito por eles é uma porcaria!Já chateia sequer olhar para esses fungos ambulantes!

  2. Este País está cheio de FDP.
    Alguns deles, passam esse nível, e atingem o “mestrado” !!
    São os chamados FDP, reles!!!!
    Eis um exemplo!

  3. Normalmente o povo revolta-se quando lhe dizem as verdades…
    Mas o fosso entre os portugueses de primeira (Lisboa), segunda (Porto), terceira (restantes centros urbanos) e quarta categoria (localidades rurais que nem transportes dignos têm) aumenta.

    • o pior é que estes contribuintes do interior, nao andam de transportes publico (porque nao têm) mas vao pagar a redução dos passes dos restantes utentes

  4. Leite não bebo, drogas nada, não fumo… resta o álcool! Sim bebo o que consigo independentemente do que preciso gastar em combustível, impostos , reparações ou seja, tudo o que o meu automóvel necessita! Não uso transportes públicos, felizmente não necessito. Por “consigo” entenda-se o que poderá caber… Este país está cheio de cromos, fdx!

  5. Espero bem que as drogas a que este energumeno se referiu sejam aos medicamentos, porque há mesmo muito boa gente a gastar o ordenado quase ou mesmo todo na farmácia, infelizmente!

RESPONDER

PS deverá vencer em Almada, mas sem maioria absoluta

Resultados da sondagem apontam para um novo executivo minoritário, tal como aconteceu há quatro anos. PS está em vantagem. De acordo com uma sondagem realizada pelo Cesop - Universidade Católica Portuguesa para o Público, a atual …

Chega pede arquivamento de processo do Ministério Público sobre alterações estatutárias

O partido Chega pediu o arquivamento do processo do Ministério Público relativo às alterações estatutárias introduzidas no congresso de Évora, em setembro de 2020, por considerar que o processo tem “ausência de fundamento legal”. “Requer-se o …

Professores e alunos com doenças de risco ficam em casa - mesmo estando vacinados

Com o início do ano letivo, nem todos os alunos e professores estão de regresso às escolas. Aqueles que estão sinalizados como doentes de risco vão manter o acesso aos regimes excecionais, aprovados por causa …

Já é possível extrair lítio dos resíduos da produção de combustíveis fóssil

Investigadores norte-americanos descobriram uma forma de extrair lítio de forma sustentável, através das águas residuais da produção de combustíveis fósseis. Graças à sua utilização em dispositivos eletrónicos, o lítio é um elemento cada vez mais procurado, …

Ministro do Ambiente visita Moçambique com dois milhões e projetos de cooperação na carteira

O ministro do Ambiente e da Ação Climática português inicia quarta-feira uma visita a Moçambique, onde irá contactar com projetos apoiados por Portugal e anunciar investimentos ao nível da cooperação na ordem dos dois milhões …

Governo espanhol avança com "plano de choque" para reduzir tarifas de eletricidade

Ministros do Governo de Sanchéz (PSOE) afirmam que o conjunto de medidas apresentadas conseguirão reduzir a fatura da eletricidade para os consumidores em 12% e reiteram a promessa feita de que o ano de 2021 …

Textor suspende compra de acções da Benfica SAD após dúvidas do clube (e Vieira diz que não recebeu a carta)

O empresário norte-americano John Textor anunciou que suspendeu o acordo com José António dos Santos, o "Rei dos Frangos", para a compra de 25% das acções da SAD do Benfica, até à realização das eleições …

Governo trava duplo combate à esquerda (e, em ano de eleições, há muitos "nós" para desatar)

Em ano de eleições autárquicas, com o PS a visar a manutenção da maioria das Câmaras do país, o Governo socialista enfrenta um duplo combate com os parceiros de esquerda, com a revisão da lei …

Porto quer nova companhia para substituir a TAP — e já enviou proposta para Bruxelas

A Associação Comercial do Porto (ACP) enviou uma proposta para Bruxelas a defender a "criação de uma nova companhia aérea para voos intercontinentais a partir de Lisboa e o apoio à captação de rotas para …

Mais de 84% dos jovens dos 12 aos 17 anos com pelo menos uma dose da vacina

Mais de 84% dos jovens entre os 12 aos 17 anos já receberam pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19, segundo dados da task force que coordena o processo de vacinação. Na segunda-feira, "cerca …