“Recursos minerais não são de nenhum município”, diz ministro do Ambiente e da Ação Climática

Mário Cruz / Lusa

O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes

O ministro do Ambiente considera que os “recursos minerais não são de nenhum município”, embora a nova lei das minas lhes dê poder de chumbar a maioria das propostas para exploração mineira, exceto as de interesse nacional, como o lítio.

“Os recursos minerais não são de nenhum município, os recursos minerais são de todos nós, são do país todo. Mas [a nova lei das minas] estabelece, sim, o parecer vinculativo por parte das autarquias, no fundo, naquilo que são a maioria dos casos. Que são quais? Aqueles em que um promotor se propõe de motu proprio explorar algum recurso mineral”, afirmou o ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, em entrevista à Lusa.

A nova lei das minas publicada no início de maio esteve um mês em consulta pública, e foi promulgada no passado dia 30 de abril pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que não deixou de assinalar, no texto da promulgação, os “pareceres reticentes, designadamente de órgãos de governo próprio das regiões autónomas, da Associação Nacional dos Municípios Portugueses e de outras entidades associativas”.

O diploma define que, no caso dos pedidos de atribuição de direitos de prospeção e pesquisa, “a pronúncia dos municípios quando, total ou parcialmente, desfavorável é vinculativa”.

Questionado sobre a possibilidade de acontecer com os projetos do lítio o que aconteceu com o aeroporto do Montijo, em que o parecer negativo de alguns municípios levou a Autoridade Nacional da Aviação Civil a indeferir o pedido para a construção de um aeroporto naquela localização, Matos Fernandes afastou essa hipótese, uma vez que a nova lei “distingue bem” a “promoção a partir do Governo”, em que o parecer das autarquias não é vinculativo.

“Sempre que o Estado entender que há recursos minerais ou metais que merecem o interesse do país, aí obviamente que haverá comissões de acompanhamento, obviamente que haverá sempre pareceres municipais que nos podem ajudar a dizer ‘não vão por aqui, vão mais por ali’ no plano de lavra, mas não têm as autarquias esse poder de veto”, sublinhou o governante com a pasta da energia.

O ministro do Ambiente lembrou que, antes da nova lei, os municípios não podiam chumbar qualquer pedido de prospeção mineira, porque, “sendo recursos do país, era sempre o Estado central que dizia sim ou dizia não”, ao passo que agora “podem chumbar em 90% dos casos”, ou seja, aqueles em que é um promotor que, por sua iniciativa, demonstra interesse em determinada exploração.

“Há, de facto, projetos que não são de interesse municipal, são de interesse nacional. Têm que existir sempre em qualquer sítio e esse qualquer sítio será sempre um município ou mais do que um. Envolveremos muito as autarquias, as populações locais […] Mas não têm o poder de poder chumbar aquilo que é um projeto nacional, como não têm o poder de poder chumbar um traçado de uma autoestrada, senão ainda hoje não havia autoestrada entre Lisboa e Porto”, salientou o ministro.

Matos Fernandes reiterou não entender “porque é que há pessoas que estão tão apostadas em que não se extraia lítio”, embora reconheça que faltam bons exemplos de atividade mineira na Europa.

“O lítio é essencial para a transição digital e essencial para a descarbonização, é essencial. […] Aqueles que acham que tudo pode vir de longe, certamente não se aperceberam de uma coisa que todos se aperceberam menos eles, que se chama covid e que mostra à saciedade que, quanto mais curtas forem as cadeias de produção e consumo, menor é a pegada ambiental, por outro lado, e mais seguros estamos todos nós”, defendeu.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. pena que à porta de casa dele nao haja recurso naturais pois eu queria ver o que ele dizia se quisessem explora-los

RESPONDER

Twitter oferece 3.000 euros a quem ajudar a resolver o enviesamento racial do seu algoritmo

A rede social Twitter anunciou um novo concurso destinado a investigadores e hackers para identificar e resolver o enviesamento racial do algoritmo usado para cortar as imagens que são carregadas pelos utilizadores. Segundo anunciou no Twitter, …

EUA. Universidade na Florida perdoa milhões em propinas

A Florida A&M University, nos Estados Unidos (EUA), perdoou aos estudantes as dívidas relativas ao ano académico de 2020 a 2021, no valor total de 16 milhões de dólares (cerca de 13,5 milhões de euros). "Esta …

Startup cria saco para lavar roupa que evita envio de microplásticos para oceanos

A startup Skizo, incubada na UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, criou um saco para lavagem de roupa que recolhe os microplásticos libertados pelas fibras e evita o envio dos …

Pegasus. Advogado que luta para libertar a princesa Latifa do Dubai também foi espiado

O ativista de direitos humanos David Haigh — envolvido na libertação da princesa Latifa — é a primeira vítima britânica de espionagem confirmada através do software israelita Pegasus. O advogado britânico e ativista de direitos humanos …

Autor de ataque com faca em Londres queria "matar a rainha"

O autor do ataque extremista com uma faca, em 2020, em Londres, que acabou por morto pela polícia, era conhecido quando esteve na prisão pelo seu radicalismo e por querer "matar a rainha", segundo um …

Crise alimentar leva Coreia do Norte a distribuir reservas militares de arroz

A Coreia do Norte está a destribuir reservas militares de arroz para enfrentar a atual crise alimentar, ao mesmo tempo que uma onda de calor e a seca atingem o país, revelou na terça-feira a …

Jogos Olímpicos: a terra tremeu durante o Brasil-México

Primeira meia-final do torneio masculino de futebol não teve direito a golos durante 120 minutos, mas teve direito a um sismo. Final será entre Brasil e Espanha. O Brasil estará novamente na final dos Jogos Olímpicos, …

A turbina de marés mais potente do mundo já está a funcionar

A mais poderosa turbina de marés do mundo está em funcionamento desde a passada quarta-feira no arquipélago escocês de Orkney. A turbina O2, que pesa 680 toneladas métricas, começou a funcionar na passada quarta-feira, 28 de …

Vacinação Casa Aberta já está disponível para maiores de 30 anos

A modalidade de vacinação Casa Aberta está desde esta terça-feira disponível para as pessoas com idade igual ou superior a 30 anos. De acordo com um comunicado enviado esta terça-feira pela task force, “a modalidade Casa …

Governo motivado para executar PRR "de forma célere"

O ministro das Finanças, João Leão, afirmou esta terça-feira que o Governo está muito motivado “para executar de forma célere” o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), depois de Bruxelas ter desembolsado 2,2 mil milhões …