Recuperados novos artefactos do HMS Erebus, um dos navios que se perdeu no Ártico há 170 anos

Uma equipa de investigadores continua a tentar resolver o mistério do misterioso desaparecimento da expedição de Sir John Franklin em busca da Passagem Noroeste.

Agora, os arqueólogos subaquáticos revelam mais de 350 artefactos recém-recuperados do HMS Erebus, um dos dois navios perdidos nas águas do Ártico.

A missão compõe as maiores e mais complexas recuperações arqueológicas subaquáticas da história do Canadá. Ao longo de três semanas no outono de 2019, a Equipa de Arqueologia Subaquática do Parks Canada realizou 93 mergulhos ao HMS Erebus, registando quase 110 horas.

Mergulhadores usaram estratégias tradicionais e inovadoras para remover sedimentos dos artefactos enterrados, para que pudessem mapear, fotografar e recuperar objetos, incluindo dragonas do uniforme de um tenente, pratos de cerâmica, uma escova de cabelo com cabo de madeira de cetim, cerdas de javali ou porco-espinho e uma caixa de lápis com o conteúdo ainda dentro.

Vários objetos recuperados pertencem ao administrador do capitão, Edmund Hoar, também foram recuperados, incluindo lacre com uma impressão digital.

Atualmente, os objetos estão alojados nos Laboratórios de Conservação da Parks Canada em Ottawa, onde estão a ser submetidos a análises preliminares que incluem a identificação das suas características físicas, a realização de raios-X, a criação de ilustrações e a fotografia dos objetos.

O HMS Erebus e o HMS Terror deixaram o rio Tamisa em Londres em 1845, sob o comando do capitão John Franklin, que tentava a sua terceira viagem em busca de uma passagem noroeste que ligava os oceanos Atlântico e Pacífico. Dois meses após a partida, os navios foram vistos na Baffin Bay, a leste da passagem, antes de desaparecerem com todos os 129 tripulantes.

Nos últimos 170 anos, uma trilha de pistas e relatos orais têm permitido que os especialistas reconheçam o que pode ter acontecido com a expedição. As notas deixadas pela tripulação explicam que muitos deles sobreviveram durante dois anos, vivendo de suprimentos de comida enlatada. O capitão Franklin morreu em junho de 1847.

Em abril de 1848, a tripulação restante decidiu caminhar em direção ao continente canadiano, onde os relatos dos inuítes descrevem a visão de homens brancos horrivelmente magros. Nenhum deles sobreviveu.

A descoberta dos artefactos da tripulação contribui para uma compreensão mais aprofundada dos relatos orais históricos sobre a expedição de Franklin.

“O grande volume de descobertas deste ano no HMS Erebus é um desenvolvimento empolgante no nosso trabalho contínuo nos naufrágios do HMS Erebus e do HMS Terror”, disse William Beveridge, diretor executivo da Inuit Heritage Trust, em comunicado. “À medida que mais histórias da Expedição Franklin e a sua associação com os inuítes forem reveladas por estas últimas descobertas, o Trust continuará a incorporar oc onhecimento inuíte na preservação, apresentação e gestão destes artefactos com os nossos parceiros do Parks Canada“.

O HMS Erebus, foi encontrado em 2014. Já o HMS Terror foi encontrado em 2016, a uma profundidade de 24 metros da Ilha King William, na Passagem Noroeste, a leste da Baía de Cambridge, na província de Nunavut.

Em agosto, a Parks Canada divulgou imagens inéditas do HMS Terror, o navio irmão da Erebus.

As localizações dos dois navios foram designadas como Sítio Histórico Nacional, geridas em conjunto pelos líderes do Parks Canada e Inuítes. Não é aberto ao público e é necessária uma permissão para entrar nas áreas protegidas.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

20 anos depois, aldeias no Peru ainda sofrem com derrame de mercúrio

Em junho de 2000, um camião derramou mercúrio, da mina de ouro Yanacocha, a maior da América Latina, em três aldeias do Peru. 20 anos depois, os moradores ainda sofrem as consequências deste acidente. Quando Francisca …

Caso BPP. Ex-banqueiro João Rendeiro acusado de nova burla

O Ministério Público (MP) acusou o ex-presidente e fundador do BPP, João Rendeiro, de mais um crime de burla qualificada no caso BPP, segundo avança o Correio da Manhã. A acusação relaciona-se, de acordo com o …

EUA "confiscam" na Tailândia 200 mil máscaras que iam para a Alemanha

A polícia de Berlim, na Alemanha, encomendou 200 mil máscaras cirúrgicas a uma empresa americana. Porém, foram "confiscadas" em Banguecoque, na Tailândia, e desviadas para os Estados Unidos. O ministro do Interior de Berlim considerou o …

Valência chega a acordo com Diogo Leite. Saída do FC Porto estará quase consumada

O Valência tem 20 milhões de euros para oferecer ao FC Porto em troca do defesa-central Diogo Leite, com quem já terá chegado a acordo. De acordo com o jornal desportivo A Bola, Diogo Leite já …

Jornais espanhóis fazem boicote às "conferências-farsas" do Governo

Os jornais espanhóis, como o Libertad Digital, o El Mundo, o ABC e o Vozpópuli, estão a boicotar as conferências de imprensa do governo de Espanha, acusando-o de filtrar as perguntas dos meios de comunicação. Tudo começou …

Número diário de óbitos desce em Espanha. Mais um campo de refugiados grego em quarentena

Em Espanha, o número diário de óbitos por infeção de covid-19 tem mantido uma tendência de subida. Já na Alemanha, há menos casos, mas mais mortes. Espanha continua a manter a tendência de descida do número …

Trump diz que o pior está para vir (mas admite aliviar restrições para ir à missa na Páscoa)

Este sábado, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, admitiu que o pior ainda está para vir e que ainda “vai haver muitas mortes". Depois, disse que está a pensar aliviar as restrições para permitir …

Covid-19. Mais 754 casos de infeção e 29 mortes em Portugal

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Deral da Saúde (DGS) este domingo, há 11.278 infetados por covid-19 em Portugal e 295 óbitos. O número de infetados por covid-19 subiu, este domingo, para um total …

Inspetores do SEF suspeitos de assassinar ucraniano foram identificados em carta anónima

Os três inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) suspeitos de assassinar um ucraniano no aeroporto de Lisboa foram identificados numa carta anónima enviada à Polícia Judiciária (PJ). De acordo com o semanário Expresso, a …

Avião fretado pelo Estado aterra em Lisboa com 20 toneladas de equipamento médico

Um avião fretado pelo Estado português chegou este sábado a Lisboa com equipamento médico proveniente de Pequim, incluindo 144 ventiladores e máscaras de proteção respiratória, destinados ao Sistema Nacional de Saúde (SNS), informou a embaixada …