Cientistas construiram ponte desenhada por Da Vinci há 500 anos (e é uma maravilha da engenharia)

Gretchen Ertl / MIT

Uma ponte desenhada por Leonardo da Vinci, há 500 anos, foi reconstruida com recurso a uma impressora 3D. A ponte não só funcionaria na perfeição, como também seria uma maravilha da engenharia.

Engenheiros do Massachusetts Institute of Technology (MIT) usaram uma impressora 3D para reconstruir uma ponte desenhada por Leonardo da Vinci há 500 anos. Para além de funcionar, descobriram que seria um grande feito para algo idealizado há meio milénio.

Os planos foram desenhados em 1502, quando o Sultão Bajazeto II quis construir uma ponte para ligar as cidades de Istambul e Galata. Uma das propostas chegou de Leonardo da Vinci, que sugeriu um design de arco único e achatado, suportado por bases nas margens — algo nunca visto na época.

De acordo com o Gizmodo, o desenho da ponte era de tal forma radical, que o Sultão decidiu não escolher o desenho de Da Vinci. Agora, 500 anos depois, os engenheiros do MIT decidiram testar até que ponto é que o seu plano inovador era exequível.

As ilustrações feitas pelo artista italiano não especificavam qual seria o material a ser usado para a sua construção, mas os engenheiros assumiram que o único que se enquadrava nestes moldes era pedra.

A ideia de Da Vinci era que a gravidade desempenhasse um importante papel em manter todas as peças unidas. Com recurso a uma impressora 3D, os engenheiros criaram um modelo numa escala de 1:500, com 80 centímetros de comprimento e constituída por 126 blocos.

A réplica dos investigadores mostrou ser suficientemente forte para aguentar com o peso. Além disso, o design de Leonardo da Vinci também estava idealizado para manter a sua estabilidade, para que minimizasse os movimentos laterais na estrutura que poderiam levar à sua queda.

Caso tivesse sido construída pelo Sultão Bajazeto II, na Turquia, a ponte teria conseguido sobreviver a grande partes dos terramotos, que eram comuns na zona.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Os historiadores ou engenheiros que afirmam que em 1502 ninguém tinha visto arcos em pedra para suportar grandes cargas são muito fraquinhos na sua especialidade, ou pensam que antes dessa técnica tinha sido inventado a construção em aço??? Não há dúvida que Da Vinci era muito inteligente e observador, mas muitas das suas descobertas e desenhos não são mais do que meras teorias que nunca foram postas em prática nem funcionaram durante o tempo que viveu. Portanto foram meras ideias baseadas e adaptadas de muitas observações sobre o que já estava feito na altura. Será o mesmo que dizer quem foi o inventor do teletransporte foi o sr. que o imaginou para o Star Trem e não os vários cientistas que estudam o assunto no CERN.

  2. No entanto Da Vinci não deixava de ser um génio, a sua genialidade era ser capaz de adaptar as suas observações a desenhos e esquemas em papel, alem das inúmeras invenções que fez, muitas delas melhoramentos e aplicações de conceitos já conhecidos a novas situações.

Marcelo pede tolerância zero contra o racismo (e pede “sentido nacional” a Governo e oposição)

O Presidente da República recomendou esta quinta-feira aos democratas “tolerância zero” e “sensatez” para combater o racismo, ao comentar as ameaças de que foram alvo três deputadas e outros sete ativistas. “Os democratas devem ser muito …

43% das escolas no mundo sem condições de higiene para reabertura segura

Mais de 40% das escolas no mundo não têm acesso a condições básicas de higiene, como água para lavar as mãos e sabão, aumentando os riscos de reabertura no contexto da pandemia de covid-19, alertam …

Mais seis mortes, 325 novos casos e 237 recuperados

Portugal regista esta quinta-fira mais seis mortes por covid-19, 325 novos casos de infeção e mais 237 pessoas dadas como recuperadas em relação a quarta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo …

"Filme fantástico". Novo livro revela cartas entre Kim Jong-un e Donald Trump

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, qualificou o seu relacionamento com o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como um “filme fantástico”, segundo os editores de um livro a ser publicado, que revela a correspondência entre …

Grupo avisa Bruxelas que Portugal pode tornar-se ilha ferroviária na Europa

Um grupo de portugueses ligados ao setor ferroviário alertou a comissária europeia dos Transportes para a possibilidade de Portugal se tornar uma ilha ferroviária na Europa devido ao atraso em adotar "a bitola europeia" nas …

China encontra traços do coronavírus em asas de frango importadas do Brasil

Traços do novo coronavírus foram encontrados em asas de frango importadas do Brasil, na cidade de Shenzhen, no sul da China, noticiou, esta quinta-feira, um jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). Os traços foram detetados …

Denúncia de Rui Pinto leva a congelamento de conta bancária da Doyen

Oito milhões de euros que estavam numa conta bancária do fundo de investimento Doyen foram congelados pelas autoridades portuguesas. Uma denúncia do whistleblower português Rui Pinto levou o fundo a ser investigado por suspeitas de fraude …

Preocupado com a Bielorrúsia, Macron ligou a Putin (e aproveitaram para falar da vacina russa)

O Presidente francês, Emmanuel Macron, manifestou esta quarta-feira ao seu homólogo russo, Vladimir Putin, "uma preocupação muito grande" quanto à situação na Bielorrússia após a reeleição do chefe de Estado autoritário bielorrusso, Alexander Lukashenko. Segundo indicou …

Obras do Hospital Militar de Belém custaram mais do triplo do valor estimado

As obras no Hospital Militar de Belém, em Lisboa, custaram mais do valor inicialmente estimado, avançou o Diário de Notícias esta quarta-feira. De acordo com o jornal, estava inicialmente previsto que a reabilitação de três …

Autópsia a Valentina revela descolamento do crânio

A autópsia a Valentina, a menina de 9 anos encontrada morta na serra D’el Rei, em Peniche, distrito de Leiria, em meados de maio, revela descolamento do crânio, avança esta quinta-feira o Correio da Manhã. …