Receita do chef Kiko eleita a melhor para fazer e comer em Marte

Um prato com bacalhau e chouriço da autoria do cozinheiro português Kiko Martins foi eleito, por um painel de especialistas culinários, como a melhor refeição para comer numa futura missão tripulada ao planeta Marte.

“1,2,3, Marte” foi o nome escolhido para a receita que, além de bacalhau e chouriço, leva batata, cebola e alho, algas, salsa, azeitonas e ovo, ingredientes vencedores para o júri de quatro cozinheiros classificados com estrelas Michelin que se reuniu em Saragoça, Espanha, no âmbito do primeiro concurso de Gastronomia Espacial Internacional.

A iniciativa foi promovida pelo Centro de Astrobiologia de Madrid, uma instituição afiliada da NASA, a agência espacial norte-americana, o que é um sinal do caminho que a receita de Kiko Martins poderá fazer até Marte.

O chef português revela à agência Lusa que para esta receita teve em consideração que uma refeição em Marte terá que levar ingredientes “que farão uma viagem muito longa de oito meses”. Assim, incluiu no prato “ingredientes liofilizados e desidratados“, a que é extraída a água, tornando-os mais leves e permitindo que se conservem durante mais tempo.

O cozinheiro levou ainda em conta que numa colónia humana em Marte, “cada minuto de dispêndio de tempo de um astronauta custa muitíssimo, não há água em abundância e qualquer quantidade de energia é muito cara”, pelo que pensou numa receita que seja rápida e não exija grande esforço para preparar.

Kiko Martins referiu, ainda, que desidratados, os alimentos não têm água e que, por isso, estão menos vulneráveis a fungos e bactérias.

Os “marcianos vão gostar porque tem os ingredientes fundamentais da alimentação portuguesa, o bacalhau, o chouriço, feitos com um bom refogado com alho, cebola e azeite. Vamos colonizar Marte com o nosso bolinho de bacalhau“, referiu à Visão. O chef pondera agora experimentar o prato marciano num restaurante terreno.

Por trás do projecto encabeçado por Kiko Martins, esteve a comunidade de cientistas virados para a exploração espacial do site www.bit2geek.com. O administrador da página, Nuno Chabert, refere à agência Lusa que a comunidade científica mundial “está a fazer avanços reais” no estudo das condições para a viagem e para a manutenção da vida humana em Marte.

Uma das propostas para abrir caminho a viagens entre a Terra e Marte é uma plataforma espacial no espaço entre a Terra e a Lua na qual possam ser construídas naves que não precisam de combustível para escapar à gravidade terrestre, uma das partes mais exigentes das viagens interplanetárias, referiu.

Quanto à receita do chef Kiko, Nuno Chabert destaca que o seu planeamento envolveu uma equipa da comunidade ‘bit2geek’ composta por especialistas de áreas como a genética, a biologia molecular e a física.

O responsável do canal científico destaca o aspecto visual do prato, em que o arranjo dos ingredientes reproduz a imagem do globo de Marte, com azeitonas por vulcões, uma tentativa de tornar o prato apelativo, longe dos saborosos, mas pouco apresentáveis gelados que os astronautas da Estação Espacial Internacional comem de dentro de sacos.

  ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

Otamendi e Vertonghen disputam a bola com Lewandowski

Benfica 0-4 Bayern | Primeiro a ilusão, depois o rolo bávaro

A ilusão durou 70 minutos. Ao longo de toda a partida, o Bayern foi melhor, criou inúmeros lances de golo, viu dois anulados, acertou no ferro, Vlachodimos fez defesas importantes, mas o Benfica deu luta, …

China quer punir pais de crianças mal-educadas

O regime chinês está a analisar um projeto de lei que prevê que os pais possam ser punidos se os seus filhos exibirem um mau comportamento ou cometerem crimes. De acordo com a agência Reuters, o …

Rui Moreira com Francisco Rodrigues dos Santos e Carlos Moedas

Rui Moreira promete manter a "identidade do Porto" e concluir os projetos que a pandemia atrasou

O presidente da Câmara Municipal do Porto tomou posse, esta quarta-feira, e comprometeu-se a "tudo fazer" para manter a identidade do Porto e a concluir os projetos que a pandemia atrasou. "Quero concluir os projetos que …

Já há um medicamento para tratar a covid-19 em casa (e vários países assinaram acordos de compra)

Países asiáticos já estão na luta pelo novo comprimido antiviral, cujo uso ainda nem sequer foi autorizado, contra a covid-19. Países da região asiática estão já a fazer encomendas da mais recente arma contra a covid-19: …

A Facebook vai implementar uma nova estratégia e o nome vai ser das primeiras coisas a mudar

As últimas semanas têm sido tumultuosas para a empresa de Mark Zuckerberg, que se viu confrontada com os testemunhos de antigos trabalhadores no Senado norte-americano. As notícias da última semana que resultaram do testemunho, no Senado …

Cadetes da Escola Naval investigados por alegados comportamentos abusivos

A Marinha está a investigar uma denúncia sobre alegados comportamentos abusivos entre cadetes da Escola Naval. "A Marinha informa que hoje, 19 de outubro, teve conhecimento de uma denúncia sobre alegados comportamentos abusivos praticados entre cadetes …

Índia. "Montanha de lixo" que garante sobrevivência de pobres será substituída por estação de tratamento

As "montanhas de lixo" das cidades da Índia em breve serão substituídas por estações de tratamento de detritos. A maior de todas — equivalente a um prédio de 18 andares — garante a sobrevivência de …

Candidatura de Nuno Melo acusa direção de não facultar cadernos eleitorais e de sanear senadores

A candidatura de Nuno Melo à liderança do CDS-PP acusou, esta quarta-feira, os opositores de não facultarem os cadernos eleitorais nem possibilitarem a fiscalização da eleição de delegados ao congresso, apontando também a substituição de …

Bolsonaro acusado de nove crimes pela comissão de inquérito sobre gestão da pandemia

O relatório apresentado, esta quarta-feira, na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado brasileiro pede o indiciamento do Presidente por nove crimes durante a pandemia de covid-19. No texto, com mais de 1200 páginas, pede-se que …

Duas vendedoras num mercado japonês

Da noite para o dia, Japão tornou-se uma história "covidiana" de sucesso

Em meados de agosto, o Japão atingiu o pico de 6.000 casos diários de covid-19. Quase do dia para a noite, o país asiático observou, espantosa e inesperadamente, uma queda acentuada no número de infeções. …