Historiadores acreditam que a Rainha Isabel II é descendente de Maomé

(dr) Jason Bell / Clarence House

A Família Real Britânica no dia do baptizado do príncipe George. Descendentes de Maomé?

Será a Rainha Isabel II de Inglaterra descendente de Maomé? Aparentemente disparatada, a possibilidade de Isabel II e o fundador do Islão terem uma relação de parentesco é grande – pelo menos segundo defende um grupo de historiadores que estudou 43 gerações da árvore genealógica da rainha britânica.

A hipótese de haver uma proximidade genealógica entre estas duas figuras emblemáticas para a história da Humanidade não é uma novidade. O primeiro estudo a sugerir a ideia foi apresentado em 1985 pela Burke’s Peerage, autoridade britânica fundada em 1826 pelo genealogista John Burke e especializada nas relações sanguíneas da realeza britânica.

Os primeiros indícios da ascendência islâmica de Isabel II surgem na pista da presença de muçulmanos na Espanha medieval e de uma ligação a Fátima, filha do Profeta Maomé.

O estudo da Burke’s Peerage sugeria então que Isabel II seria descendente de uma princesa muçulmana do século XI, chamada Zaida, que teria fugido de casa, em Sevilha, antes de se converter ao cristianismo.

Zaida seria a quarta esposa do sultão de Sevilha, Al-Mu’tamid ibn Abbad, do qual teve um filho, Sancho, cuja filha mais tarde teria casado com o Conde de Cambridge. Mas a origem de Zaida é discutida por alguns historiadores, que sustentam que a princesa seria na realidade filha de um califa descendente do profeta muçulmano.

Segundo o Daily Mail, nos anos 1980, representantes da Burke’s Peerage chegaram a escrever uma carta para a então primeira-ministra Margareth Thatcher, na qual manifestavam o seu receio acerca do eventual impacto da revelação de tal notícia.

A ligação da família real com Maomé não pode ser tornada pública para proteger a família real de terroristas islâmicos. O povo britânico desconhece o facto de que o sangue de Maomé corre nas veias da rainha. Por outro lado, os principais líderes religiosos muçulmanos estão orgulhosos desta ligação”, diz a nota citada pelo jornal britânico.

Os genealogistas consideram que o sangue de Isabel II tem a sua trajectória registada a partir do século 14, altura do nascimento do Conde de Cambridge, título de nobreza criado em 1362.

A ideia de que Isabel II e Maomé são parentes afastados ganhou entretanto novo fôlego, depois de o jornal marroquino Al-Ousboue ter publicado um estudo que traçou 43 gerações de ascendentes de Isabel II,  tendo conseguido seguir a linhagem da rainha britânica até ao profeta Maomé.

(dr)

Árvore genealógica da Rainha Isabel II

Abdelhamid Al-Auouni, jornalista do Al-Ousboue, expressou a sua alegria pela notícia da ligação genealógica entre as duas personagens históricas. “Esta ligação permite construir  uma ponte entre as nossas duas religiões e os nossos dois reinos“, diz Al-Auouni.

Já num fórum de discussão ateu árabe diz-se, entre outros comentários, quase todos em tons humorísticos, que “a rainha Isabel vai agora ter que reclamar o direito a governar os muçulmanos”. Outros consideram a notícia uma manobra de propaganda “para agradar aos cada vez mais numerosos súbditos muçulmanos” de sua majestade.

O Palácio de Buckingham, por seu turno, não fez nenhum tipo de comentário à notícia.

Isabel II é há 65 anos a rainha do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, do Canadá, África do Sul, Austrália e Nova Zelândia, e de mais alguns reinos e territórios da Comonwealth. Estará preparada para lhes juntar mais um?

ZAP // Hypeness / Al-Ousboue

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Vendo bem a fotografia… Só falta colocar um turbante em cada um! São todos claramente árabes! É que não há qualquer dúvida!

  2. É mais provável que o nosso presidente Marcelo seja porque não me consta que os árabes se tenham radicado em terras de sua majestade a ponto de deixarem por lá descendência. Mas que é bom para a rainha e para o resto da família não há sombras de dúvidas que é!

RESPONDER

Aposta no Parlamento. 10% dos deputados são candidatos às autárquicas

De acordo com as contas do semanário Expresso, 23 deputados da Assembleia da República, ou seja, 10% dos 230 que compõem o hemiciclo, são candidatos às eleições autárquicas do outono. Na quinta-feira, foi aprovado na generalidade …

Relógio japonês parado pelo terramoto de 2011 volta a funcionar novamente (graças a outro sismo)

Um relógio japonês com 100 anos de idade que deixou de funcionar depois do devastador terramoto de 2011 voltou a trabalhar após um novo sismo este ano. De acordo com o jornal Maunichi Shumbun, o relógio, …

Ventura tem "receio" que partido seja ilegalizado

Este domingo, o Chega vai organizar uma manifestação contra a ilegalização do partido. André Ventura admitiu ter um "receio muito significativo". O Observador avança que a manifestação tem início no Príncipe Real, passa pelo Tribunal Constitucional …

Três mortos e 441 novos casos em Portugal

Este domingo, Portugal regista mais três mortes e 441 novos casos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o país …

Grande Crise do Ketchup. A pandemia atacou um mercado improvável (e já há um mercado negro para o molho)

Os problemas da cadeia de suprimentos estão a chegar a um canto distante do universo empresarial: os pacotes de ketchup. O ketchup é o molho de mesa mais consumido nos restaurantes dos Estados Unidos, com cerca …

Autoridades brasileiras ilibam João Loureiro

João Loureiro já não é suspeito no processo que envolve a apreensão de um avião com 500 quilos de cocaína, segundo as autoridades brasileiras. As autoridades brasileiras descartaram, este sábado, qualquer ligação do advogado português João …

No Canadá, há dois rios que se encontram (mas não se misturam)

Em Nunavut, no Canadá, há dois rios que se encontram, mas não perdem a sua aparência individual enquanto se movem sinuosamente pela tundra. O Back River flui para o norte em direção ao Oceano Ártico. Ao …

Russos acusados de explosão na República Checa são suspeitos de envenenar Skripal

Os dois suspeitos russos, envolvidos na explosão que matou duas pessoas em 2014 na República Checa, têm os mesmos passaportes que os dois homens acusados de envenenar, com o agente nervoso novichok, o espião Sergei …

Numa cidade na Nova Zelândia, a Páscoa resume-se a exterminar coelhos

Em Alexandra, na região de Otago, os coelhos são considerados pragas, uma espécie que ameaça a biodiversidade do país e a agricultura. Elle Hunt, correspondente do The Guardian em Auckland, na Nova Zelândia, escreveu um artigo …

Reavaliação de barragens da EDP ficou por fazer, depois de Governo ter recuado na decisão

No início do ano passado, o ministério do Ambiente considerou ser necessário reavaliar as barragens da EDP, mas a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e a Parpública disseram não ter competências para fazer a avaliação …