Historiadores acreditam que a Rainha Isabel II é descendente de Maomé

(dr) Jason Bell / Clarence House

A Família Real Britânica no dia do baptizado do príncipe George. Descendentes de Maomé?

Será a Rainha Isabel II de Inglaterra descendente de Maomé? Aparentemente disparatada, a possibilidade de Isabel II e o fundador do Islão terem uma relação de parentesco é grande – pelo menos segundo defende um grupo de historiadores que estudou 43 gerações da árvore genealógica da rainha britânica.

A hipótese de haver uma proximidade genealógica entre estas duas figuras emblemáticas para a história da Humanidade não é uma novidade. O primeiro estudo a sugerir a ideia foi apresentado em 1985 pela Burke’s Peerage, autoridade britânica fundada em 1826 pelo genealogista John Burke e especializada nas relações sanguíneas da realeza britânica.

Os primeiros indícios da ascendência islâmica de Isabel II surgem na pista da presença de muçulmanos na Espanha medieval e de uma ligação a Fátima, filha do Profeta Maomé.

O estudo da Burke’s Peerage sugeria então que Isabel II seria descendente de uma princesa muçulmana do século XI, chamada Zaida, que teria fugido de casa, em Sevilha, antes de se converter ao cristianismo.

Zaida seria a quarta esposa do sultão de Sevilha, Al-Mu’tamid ibn Abbad, do qual teve um filho, Sancho, cuja filha mais tarde teria casado com o Conde de Cambridge. Mas a origem de Zaida é discutida por alguns historiadores, que sustentam que a princesa seria na realidade filha de um califa descendente do profeta muçulmano.

Segundo o Daily Mail, nos anos 1980, representantes da Burke’s Peerage chegaram a escrever uma carta para a então primeira-ministra Margareth Thatcher, na qual manifestavam o seu receio acerca do eventual impacto da revelação de tal notícia.

A ligação da família real com Maomé não pode ser tornada pública para proteger a família real de terroristas islâmicos. O povo britânico desconhece o facto de que o sangue de Maomé corre nas veias da rainha. Por outro lado, os principais líderes religiosos muçulmanos estão orgulhosos desta ligação”, diz a nota citada pelo jornal britânico.

Os genealogistas consideram que o sangue de Isabel II tem a sua trajectória registada a partir do século 14, altura do nascimento do Conde de Cambridge, título de nobreza criado em 1362.

A ideia de que Isabel II e Maomé são parentes afastados ganhou entretanto novo fôlego, depois de o jornal marroquino Al-Ousboue ter publicado um estudo que traçou 43 gerações de ascendentes de Isabel II,  tendo conseguido seguir a linhagem da rainha britânica até ao profeta Maomé.

(dr)

Árvore genealógica da Rainha Isabel II

Abdelhamid Al-Auouni, jornalista do Al-Ousboue, expressou a sua alegria pela notícia da ligação genealógica entre as duas personagens históricas. “Esta ligação permite construir  uma ponte entre as nossas duas religiões e os nossos dois reinos“, diz Al-Auouni.

Já num fórum de discussão ateu árabe diz-se, entre outros comentários, quase todos em tons humorísticos, que “a rainha Isabel vai agora ter que reclamar o direito a governar os muçulmanos”. Outros consideram a notícia uma manobra de propaganda “para agradar aos cada vez mais numerosos súbditos muçulmanos” de sua majestade.

O Palácio de Buckingham, por seu turno, não fez nenhum tipo de comentário à notícia.

Isabel II é há 65 anos a rainha do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, do Canadá, África do Sul, Austrália e Nova Zelândia, e de mais alguns reinos e territórios da Comonwealth. Estará preparada para lhes juntar mais um?

ZAP // Hypeness / Al-Ousboue

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Vendo bem a fotografia… Só falta colocar um turbante em cada um! São todos claramente árabes! É que não há qualquer dúvida!

RESPONDER

Suárez aborda eventual saída de Messi. "Saberá do que precisa"

O futebolista Luis Suárez comentou a possível saída do seu companheiro de equipa Lionel Messi do Barcelona. "Saberá do que precisa", disse o internacional uruguaio, frisando que não consegue ver o astro argentino noutra equipa. …

Mário Centeno nomeado governador do Banco de Portugal

O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o nome do ex-ministro das Finanças para o cargo de governador do Banco de Portugal (BdP). A decisão foi revelada, esta quinta-feira, depois do Conselho de Ministros, pela ministra …

Finanças admitem queda de 9% no PIB. Governo prepara-se para rever projeção inicial de 6,9%

O Ministério das Finanças admite a possibilidade de que a queda do PIB se aproxime dos 9%, revelou esta quinta-feira o Jornal de Negócios, adiantando que o Governo se prepara para rever a projeção inicial …

Vacina de Oxford testada em humanos com "resultados promissores"

Os testes clínicos em humanos da potencial vacina contra a covid-19 que a Universidade de Oxford criou tiveram "resultados prometedores" e desencadearam a resposta imunitária que se pretendia. Os testes em humanos, que desde abril envolveram …

Goa decreta novo confinamento, com Índia a rondar um milhão de casos

Depois de ter aberto portas ao turismo, Goa decreta um novo confinamento de três dias. Registaram-se 198 novos casos nas últimas 24 horas, o número mais alto desde o início da pandemia. O estado de Goa, …

Tribunal da Concorrência confirma coima de 75 mil euros a Ricardo Salgado

O Tribunal da Concorrência confirmou, esta quinta-feira, a coima de 75 mil euros aplicada pelo Banco de Portugal a Ricardo Salgado, no caso do financiamento do Grupo Alves Ribeiro (GAR) para compra de ações da …

Mais três mortes e 339 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 339 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da DGS. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos …

Crise entrou em nova fase mas mundo "não está fora de perigo", diz FMI

A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, disse esta quinta-feira que a crise provocada pela pandemia entrou numa nova fase, que exige flexibilidade para assegurar "uma recuperação sustentável e equitativa", alertando que o mundo …

China bane importação de ovelhas portuguesas

As alfândegas chinesas baniram as importações de ovelhas e produtos relacionados de Portugal, alegando um aviso da Organização Mundial de Saúde Animal sobre um surto de paraplexia enzoótica dos ovinos na Guarda. A notícia foi avançada …

Tânia já pode abraçar os filhos. Livrou-se do coronavírus ao 16º teste após 4 meses isolada

A algarvia Tânia Poço foi, finalmente, dada como "curada" de covid-19 após quatro meses de confinamento. Aquele que terá sido o caso mais prolongado da infecção em Portugal, chegou ao fim com o 16º teste …