Rahaf barricou-se num hotel na Tailândia com medo da família e para não ser deportada

Rahaf Mohammed está barricada num quarto de hotel, na Tailândia, e recusa-se a sair. A jovem saudita de 18 anos garante que fugiu da Arábia Saudita por ser vítima de abusos por parte dos próprios familiares. 

Rahaf Mohammed, uma saudita de 18 anos, diz ter fugido da família com medo de ser morta, e barricou-se no seu quarto de hotel num aeroporto de Banguecoque. Sem um visto para permanecer no país, as autoridades tailandesas querem deportar Rahaf para o Kuwait, onde a sua família se encontra.

Segundo o Expresso, a jovem recusou-se a embarcar num voo para a cidade do Kuwait esta segunda-feira, apesar de ter sido pressionada pelos funcionários da imigração que estão no exterior do quarto.

“A minha família e a embaixada saudita vão estar à minha espera no Kuwait. Eles vão matar-me. A minha vida está em perigo. A minha família ameaça matar-me pelas coisas mais triviais”, disse Rahaf à Reuters.

Rahaf teme pela sua própria segurança. À CNN, a jovem afirmou que o objetivo era voar para a Austrália, mas acabou por ficar na Tailândia. Quando chegou ao aeroporto encontrou um grupo de diplomatas sauditas à espera e decidiu trancar-se num quarto do hotel.

A jovem acabou por colocar móveis e um colchão a barricar a entrada do quarto para impedir a entrada da polícia.

Esta segunda-feira de manhã, as autoridades voltaram a bater à porta do quarto onde se encontra a jovem, mas a saudita voltou a mostrar-se intransigente e não abriu as portas do quarto. Através das redes sociais tem publicado diversos pedidos de ajuda dirigidos às Nações Unidas.

A Human Rights Watch (HRW) e outros grupos de defesa dos direitos humanos expressaram preocupação com o bem-estar da suadita.

O diretor adjunto da HRW para a Ásia, Phil Robertson, escreveu no Twitter que “o voo KU412 deixou Banguecoque sem Rahaf a bordo, o que representa uma importante vitória para ela e para a sua coragem. Ela pede que o ACNUR [Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados] seja autorizado a vê-la mas, até agora, a Tailândia não concordou”.

Melissa Fleming, da plataforma Refuges, garantiu que um grupo desta organização que ajuda refugiados está no aeroporto para tentar intermediar a situação e ajudar Rahaf. No Twitter são diversas as pessoas que mostram a solidariedade com a jovem saudita.

“As mulheres sauditas que fogem das suas famílias podem enfrentar violência severa de familiares, privação de liberdade e outros danos sérios se forem devolvidas contra a sua vontade”, afirmou Michael Page, da HRW, citado pelo Expresso.

Para permanecer no país, Rahf Mohammed necessita de ter um bilhete de ida e volta (para ficar por 15 dias), um visto turístico ou um pedido de asilo aceite pelas autoridades tailandesas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Vacina cubana com eficácia de 62% após segunda das três doses previstas

A vacina cubana contra a covid-19 atingiu uma eficácia de 62% após a injeção de duas das três doses previstas, um resultado que excede os 50% exigidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS), anunciou o …

Miguel Oliveira em segundo lugar no GP da Alemanha de MotoGP

O piloto português Miguel Oliveira (KTM) terminou hoje na segunda posição o Grande Prémio da Alemanha de MotoGP, oitava prova do Mundial de velocidade de motociclismo, vencida pelo espanhol Marc Márquez (Honda). Miguel Oliveira, que partiu …

Mais três mortos e 941 novos casos de covid nas últimas 24 horas

Portugal voltou a registar nas últimas 24 horas uma ligeira redução no número de infeções confirmadas pelo coronavírus SARS-CoV-2, com 941 casos, e três mortes associadas à covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde. O boletim epidemiológico …

"Cemitério verde". Estado de Oregon irá permitir (brevemente) a compostagem de corpos humanos

O estado de Oregon tornou-se o terceiro dos Estados Unidos a legalizar um novo processo de compostagem do corpo humano. A governadora do Oregon, Kate Brown, aprovou o projeto de lei que irá permitir o sepultamento …

Responsável pelo RGPD demitido por Medina trabalhava há 33 anos na Câmara de Lisboa

O encarregado de proteção de dados da Câmara Municipal de Lisboa, que o presidente Fernando Medina exonerou devido à polémica da partilha de dados de ativistas com a embaixada da Rússia, trabalhava na autarquia há …

Portugal quase a entrar na "zona vermelha de risco". Variante Delta prevalece em Lisboa e Vale do Tejo

A região de Lisboa está sobre pressão há algumas semanas, mas o resto do país também está prestes a entrar numa situação epidemiológica menos boa. A incidência nacional encontra-se próxima dos 120 casos por 100 …

Pandemia continua a "empurrar" reclusos para fora das grades. Já saíram 2850

As cadeias portuguesas continuam a soltar reclusos que ainda não cumpriram toda a pena, numa altura em que não existem praticamente casos de infecção por covid-19 no sistema prisional. O regime especial de perdão das penas, …

Condutor de carrinha atropela participantes em desfile LGBT (e faz um morto)

O condutor de uma carrinha atropelou pessoas que desfilavam numa marcha de "orgulho gay" em Wilton Manors, perto de Fort Lauderdale na Florida, causando pelo menos um morto e ferindo outra. As autoridades estão ainda a …

Descoberta "pequena Pompeia" no sótão de um antigo cinema em Verona

Arqueólogos descobriram uma "Pompeia em miniatura" no sótão de um antigo cinema no centro histórico da cidade italiana de Verona. Segundo a agência italiana Ansa, autoridades da Superintendência de Arqueologia, Belas Artes e Paisagismo de Verona, …

Colapso de escola na Bélgica matou afinal quatro portugueses

As autoridades belgas confirmaram este domingo a morte de cinco pessoas, entre as quais quatro portugueses, no desabamento de uma escola em obras na cidade de Antuérpia. No balanço de sábado, as autoridades belgas registaram mais …