Quinto dia de campanha com iniciativas discretas e ainda sem confinamento

Tiago Petinga / Lusa

A candidata às eleições presidenciais Ana Gomes

No quinto dia de campanha, os candidatos presidenciais vão estar espalhados pelo país, de Lisboa a Ponte de Lima, com iniciativas discretas na véspera do novo confinamento.

Ao contrário do que estava previsto, o quinto dia de campanha ainda vai decorrer sem dever de recolhimento domiciliário, que só entra em vigor às 00h00 de sexta-feira.

Ana Gomes vai estar em Cinfães, onde vai visitar a Escola Profissional e os Bombeiros Voluntários durante a manhã. À tarde, a campanha passa para o espaço digital, com uma sessão online em que a candidata apoiada pelo PAN e pelo Livre vai apresentar os seus compromissos para o século XXI e que conta com a presença do socialista Manuel Alegre.

A candidata apoiada pelo Bloco de Esquerda, Marisa Matias, vai andar por Lisboa, depois de um dia em que passou pelos Açores e pela Madeira.

De manhã, visita uma associação de bairro, na Ajuda, que assegura apoio alimentar às pessoas afetadas pela crise e depois vai encontrar-se com moradores da Rua dos Lagares, na Mouraria, que em 2017 conseguiram evitar um despejo.

João Ferreira, apoiado pelo PCP, estará pelo Norte do país: de manhã, visita a Escola Superior Agrária de Ponte de Lima e à tarde segue para Litoral, para a freguesia de Monserrate, Viana de Castelo, onde se vai encontrar com trabalhadores dos antigos estaleiros navais.

Depois disso, encontra-se com trabalhadores da empresa Continental Mabor, em Vila Nova de Famalicão e ao final da tarde estará no Instituto Design de Guimarães para a iniciativa “Um horizonte de Esperança para a Cultura”.

Vitorino Silva começa o dia entre as margens do Douro, numa viagem de comboio desde Paredes até Tua e à tarde visita as freguesias de Nagozelo e Soutelo do Douro, em São João da Pesqueira.

André Ventura continua a percorrer o país de Sul a Norte e, depois de ter estado em Santarém e Portalegre na terça-feira, estará esta quinta-feira em Castelo Branco e na Guarda para dois comícios, o primeiro pelas 15h00 junto às Docas de Castelo Branco e à noite, às 21h30, no auditório Paço da Cultura da Guarda.

O candidato apoiado pela Iniciativa Liberal, Tiago Mayan Gonçalves, reservou a manhã do quinto dia de campanha para cortar o cabelo no Porto e falar sobre o encerramento de algumas atividades durante o novo confinamento e à tarde visita a Escola Superior de Ciências Empresariais em Valença.

O atual Presidente da República e candidato a um segundo mandato em Belém, Marcelo Rebelo de Sousa, não tem ações de campanha previstas até dia 18.

As eleições presidenciais, que se realizam em plena epidemia de Covid-19 em Portugal, estão marcadas para 24 de janeiro e esta é a 10.ª vez que os portugueses são chamados a escolher o Presidente da República em democracia, desde 1976.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

StayAway Covid só enviou 2.708 alertas de contágio. 60% já desinstalaram a app

Apenas 39% das quase três milhões de pessoas que instalaram a StayAway Covid é que a continuam a usar. A app só enviou 2.708 alertas de contágio. A StayAway Covid, a aplicação móvel criada para rastrear …

DGS define quais os cancros que não podem ficar por operar. Hospital de campanha fechado por falta de profissionais

Até ao final do mês os hospitais vão ter como foco a prestação de cuidados intensivos, podendo deixar de assegurar a atividade programada. A oncologia é uma área vital e os polos do Instituto Português …

"Vão fechar o Tozé". Mayan corta o cabelo (e alerta para dificuldades dos pequenos empresários)

O candidato presidencial Tiago Mayan Gonçalves foi esta quinta-feira cortar o cabelo a um barbeiro, no Porto, para alertar para as dificuldades decorrentes do encerramento desta atividade a partir de sexta-feira no âmbito do …

ERC cancela debates de Vitorino Silva com todos os candidatos no Porto Canal

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) cancelou os debates de Vitorino Silva com todos os candidatos presidenciais no Porto Canal, na sequência da queixa apresentada pelo PCP à Comissão Nacional de Eleições (CNE). Esta …

Bancos contestam lei da banca (mas Deco aplaude). Centeno admite ajustar medidas

O Banco de Portugal (BdP) quer alterar o Código da Atividade Bancária (CAB). Se por um lado, os bancos contestam algumas das normas, por outro, outras entidades, como a Deco, aplaudem as medidas. A consulta pública …

Mulher com covid-19 em coma e ventilada conseguiu o "milagre" de dar à luz

Em outubro de 2020, Elisângela Neves, de 31 anos, foi infetada com covid-19 quase morreu. A mulher estava grávida de 27 semanas, mas precisou de ser ventilada e ligada a uma máquina que respirou por …

Mais de 95% dos vacinados do São João apresentaram anticorpos em 15 dias

Entre 95 a 97% dos profissionais de saúde vacinados contra a covid-19 no Hospital de São João, no Porto, apresentaram, 15 dias após a primeira toma, anticorpos que conduzem à imunidade, revelou esta quinta-feira o …

É mais "um conjunto de meias medidas". Governo criticado por manter escolas e universidades abertas

As novas medidas tomadas pelo Conselho de Ministros para controlar a pandemia de covid-19 entraram esta sexta-feira em vigor. No entanto, as exceções decididas pelo Governo relativamente ao novo confinamento têm sido alvo de duras …

Berlusconi hospitalizado no Mónaco com problemas cardíacos

Silvio Berlusconi, antigo primeiro ministro italiano, está hospitalizado no Mónaco, depois de ter sofrido uma arritmia cardíaca. O ex-primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, está hospitalizado desde segunda-feira no Mónaco, após sofrer um problema cardíaco, explicou esta quinta-feira …

Depois do Reino Unido, Angola suspende voos para Portugal. Santos Silva quer saber o motivo

O Reino Unido decidiu, esta quinta-feira, suspender as ligações aéreas de Portugal para Inglaterra para tentar impedir a entrada da estirpe brasileira do SARS-CoV-2. Angola tomou a mesma decisão e o Ministério dos Negócios Estrangeiros …