Queixa de violação contra Cristiano Ronaldo mantém-se

A queixa de violação apresentada por Kathryn Mayorga contra o futebolista português Cristiano Ronaldo nos Estados Unidos mantém-se, disse uma das advogadas da queixosa à AFP.

As acusações não foram retiradas. Apenas retirámos a nossa queixa ao nível do Estado (do Nevada), porque apresentámos uma idêntica perante um tribunal federal”, disse Larissa Drohobyczer, que representa a queixosa, a norte-americana Kathryn Mayorga.

A Bloomberg noticiou esta quarta-feira que a queixa contra o futebolista da Juventus teria sido retirada, em pedido apresentado no mês passado no tribunal estadual do Nevada em Las Vegas, mas não referia se a mulher que acusa Ronaldo de violação chegou ou não a acordo com o futebolista português.

Em setembro do ano passado, Kathryn Mayorga, de 34 anos, apresentou uma queixa contra Cristiano Ronaldo por um crime que teria sido cometido em 2009.

O caso foi reaberto depois de a mulher ter apresentado novas informações sobre a alegada violação, colaborando com as autoridades na investigação. No estado norte-americano do Nevada, os crimes sexuais não prescrevem desde que tenham sido devidamente reportados às autoridades.

A defesa de Cristiano Ronaldo sempre disse que o que se passou entre o futebolista e Mayorga foi por mútuo acordo.

Segundo o Observador, os advogados de Kathryn Mayorga estão a tentar descobrir a morada de Ronaldo desde novembro do ano passado para que o internacional português possa ser notificado, uma vez que a notificação formal é obrigatória para o processo avançar.

Para o efeito, foram contactados por e-mail todos os advogados conhecidos do jogador, o seu agente, Jorge Mendes, a Gestifute, a Polaris Sports e a Juventus. Mayorga pede uma indemnização por danos morais e a revogação do acordo extrajudicial que a impedia de falar sobre o caso.

A solução encontrada pelos advogados da norte-americana, dadas as dificuldades em descobrir a morada do jogador, passa por enviar alguém a Itália que entregue pessoalmente o dossier com a acusação a Cristiano Ronaldo ou aos seguranças que vigiam a sua casa.

Mayorga e os seus advogados têm 180 dias para notificar Ronaldo. Caso não consigam, o tribunal pode decretar a publicação de um edital num jornal americano e italiano — uma ideia sugerida pela equipa de defesa de Kathryn Mayorga.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Proteção Civil quer que bombeiros voltem a ser obrigados a usar cinto de segurança

A estrada mata mais bombeiros do que os incêndios. Por isso, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil criou um grupo específico para analisar o problema. Rui Ângelo, chefe da Divisão de Segurança, Saúde e …

Estratégia prevê rede de bancos de leite materno e revisão das licenças para amamentar

A ENALCP apresentada esta quarta-feira prevê a criação de uma rede nacional de bancos de leite materno e a revisão dos diretos de parentalidade. Ambientes favoráveis deverão ser também revistos. A Estratégia Nacional para a Alimentação …

DGS aconselha grávidas e bebés vegetarianos a tomarem suplementos

A Direção-geral da Saúde recomenda suplementos de vitaminas e minerais para bebés e grávidas com alimentação vegetariana e lembra que a dieta não omnívora no primeiro ano de vida deve estar sempre sob supervisão médica. "A …

Entre os boletins de voto dos emigrantes, também há cheques e contas da luz

Para exercer o seu direito de voto, os eleitores portugueses residentes no estrangeiro deveriam enviar de volta para Portugal a documentação que receberam em casa – um envelope verde com o boletim de voto, dentro …

Ryanair despede 432 trabalhadores em Espanha

A companhia aérea irlandesa Ryanair confirmou esta quarta-feira a sua intenção de despedir em Espanha 432 trabalhadores das suas bases de Girona e Canárias, 327 tripulantes de cabine e 105 pilotos, informou o sindicato USO. Num …

Eleições em Moçambique. Dados preliminares dão vitória a Nyusi

Segundo as projeções de resultados da Sala da Paz, de acordo com valores “preliminares” baseados na leitura dos editais pelos seus observadores, o atual Presidente moçambicano e candidato da Frelimo, Filipe Nyusi, terá sido reeleito …

"Quem acusou Sócrates tem de provar. Se não provar tem de ser punido"

O ex-Presidente brasileiro, Lula da Silva, defende punição de procuradores da Operação Marquês, caso a acusação contra José Sócrates seja arquivada. Esta terça-feira, em entrevista à RTP, Lula da Silva defendeu a punição dos procuradores que …

Na Saúde, Warren torna-se alvo de ataques. Mas o foco é "derrotar Trump"

O maior debate televisivo para umas eleições primárias na história dos EUA juntou 12 candidatos num só palco. Foi o primeiro debate para o qual o ex-vice-Presidente Joe Biden não partiu com vantagem, tendo a …

Trump sugere que os mexicanos são uma ameaça terrorista maior do que o Daesh

O Presidente Donald Trump sugeriu que os mexicanos são uma ameaça muito maior do que o Daesh. Respondendo uma vez mais às críticas sobre ter retirado as tropas dos Estados Unidos (EUA) junto à fronteira …

Grécia. Incêndio em campo de refugiados deixa 600 pessoas sem alojamento

Um incêndio no campo de identificação e registo de migrantes de Vathy, na ilha grega de Samos, deixou 600 refugiados sem alojamento, alertou na terça-feira a organização não-governamental (ONG) Médicos Sem Fronteiras (MSF). "Em Vathy, seis …