O queijo mais perigoso do mundo é italiano (e é feito de larvas)

É na ilha italiana da Sardenha, no limite do Mar Tirreno, que os pastores produzem casu marzu, um queijo infestado de larvas. Em 2009, o Recorde Mundial do Guinness proclamou-o como sendo o queijo mais perigoso do mundo.

As moscas-do-queijo – Piophila casei – colocam os seus ovos em fissuras que se formam no queijo, geralmente no fiore sardo, um queijo firme da ilha italiana da Sardenha, feito com leite de ovelha.

Desta forma, as larvas eclodem e abrem caminho através do queijo, digerindo proteínas no processo e transformando o produto num queijo cremoso e macio.

Em seguida, o produtor deverá abrir a tampa – quase intocada pelos vermes – para tirar uma colher do queijo cremoso e, nesse ponto, as larvas começam a contorcer-se. Alguns moradores mexem o queijo numa centrífuga para misturar os vermes com o queijo, outros preferem comê-lo ao natural.

O queijo tem um sabor intenso que lembra as pastagens mediterrânicas e picante com um gosto residual que dura horas.

Há quem diga que é um afrodisíaco, no entanto, muitos defendem que o queijo pode ser perigoso para a saúde humana, já que as larvas podem sobreviver à mastigação e criar miíase e microperfurações no intestino, mas até agora, segundo a CNN, nenhum caso desse tipo foi detetado.

Embora o queijo tenha sido banido da venda comercial, os habitantes da Sardenha continuam a comê-lo há vários séculos.

“A infestação de larvas é o encanto e o deleite deste queijo”, garante Paolo Solinas, um gastrónomo da Sardenha de 29 anos, à CNN.

O queijo casu marzu é registado como um produto tradicional da Sardenha, e por isso é protegido localmente.

Normalmente, casu marzu é produzido no final de junho, quando o leite de ovelha local começa a mudar, na mesma altura em que os animais entram no seu período reprodutivo e a erva seca com o calor.

Contudo, o queijo foi considerado ilegal pelo governo italiano a partir de 1962 devido às leis que proíbem o consumo de alimentos infetados por parasitas.

Todos os produtores que vendem o queijo podem enfrentar multas altas de até € 50.000, “mas os habitantes da Sardenha riem quando questionados sobre a proibição do seu amado queijo”, refere a CNN.

Roberto Flore, diretor do Skylab FoodLab da Sardenha, tem vindo a estudar o conceito de consumo de insetos. Ao longo de vários anos, o especialista liderou uma equipa de pesquisa que tentou descobrir formas de inserir estes animais na dieta.

Depois das suas pesquisas, Flore está certo de que a iguaria da Sardenha é segura para ser consumida, por isso espera que em breve o casu marzu deixe de ser ilegal e passe a ser  um símbolo da ilha.

Tantos os investigadores como a população aguardam ansiosamente que a União Europeia tome uma decisão a favor do queijo.

De recordar que em janeiro deste ano a União Europeia deu autorização à utilização de larvas na alimentação.

Ana Isabel Moura Ana Isabel Moura, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Ninguém quer "a batata quente" do caso Sócrates. Ivo Rosa e Carlos Alexandre com nota máxima

Os juízes Ivo Rosa e Carlos Alexandre foram avaliados com a nota máxima de "Muito Bom" pelo Conselho Superior da Magistratura em inspecções realizadas entre 2013 e 2018, ou seja, abarcando o período da investigação …

Clubes alemães atentos a Tiago Dantas depois da sua estreia como titular

A titularidade do jovem português na equipa do Bayern, no último sábado, despertou a atenção dos clubes alemães para o médio cedido pelo Benfica. Tiago Dantas, de 20 anos, fez a sua estreia como titular do …

Chega aposta em Hugo Ernano, o militar que atingiu mortalmente rapaz de 13 anos

O cabeça-de-lista do Chega para a Câmara Municipal de Odivelas vai ser o líder do núcleo local, Nuno Beirão, e o militar da Guarda Nacional Republicana (GNR) Hugo Ernano candidata-se à Assembleia Municipal. Hugo Hernano, candidato …

Taarabt reencontrou a sua boa forma, mas o Benfica quer vendê-lo

O Benfica está disposto a ouvir propostas que cheguem por Adel Taarabt, o marroquino que tem dado cartas no meio-campo das 'águias'. A caminho dos 32 anos de idade, Taarabt não vai para novo, mas tem …

Vacina russa contra a covid-19 pode vir a ser produzida em Sintra

O Presidente da câmara de Cascais fez de intermediário para que viesse para Portugal uma licença de produção da Sputnik V. António Costa não se opõe, mas lembra que a vacina ainda não foi aprovada …

FC Porto admite batalha legal com o Sporting devido ao caso Palhinha

Os azuis e brancos contestam a utilização de João Palhinha após o jogador ter sido suspenso ao somar cinco amarelos na Liga. O FC Porto admite uma batalha legal. O FC Porto está preparado para levar …

Supremo recusa levantar arresto de bens a Rui Rangel e Fátima Galante

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou, esta quinta-feira, recursos dos ex-juízes, arguidos no processo "Operação Lex", que contestavam o arresto dos seus bens. No acórdão proferido, a que a agência Lusa teve acesso, o Supremo …

Portugueses a partir dos 60 anos vão ter segunda dose AstraZeneca

Após os casos de coágulos, a DGS só vai mudar o esquema vacinal aos mais jovens, sendo que a população com mais de 60 anos que tomou a vacina da Astrazeneca irá receber a segunda …

Messi já tem uma decisão tomada em relação ao seu futuro

Andoni Zubizarreta, dirigente do Barcelona, garante que Lionel Messi já tomou uma decisão em relação ao seu futuro no clube, embora não saiba qual é. Depois da novela que foi a situação de Lionel Messi no …

Menos dinheiro para estradas e mais para as empresas. Governo apresenta a versão final do PRR

O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) vai ser divulgado na sua versão final esta sexta-feira. Durante a manhã, será apresentado ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. A apresentação do Plano de Recuperação e …