/

Azedume entre magnatas. Elon Musk e Bill Gates trocam farpas

Bret Hartman, TED / Flickr

Elon Musk, CEO da Tesla, SpaceX e Neuralink

Bill Gates e Elon Musk têm trocado farpas pela Internet, manifestando mais do que divergências, pequenos azedumes. O último dos quais prende-se com os veículos eléctricos.

No mês passado, Bill Gates assumiu, numa publicação no seu blogue, que tem dúvidas quanto ao potencial dos camiões eléctricos como veículos de longo curso, considerando que têm baterias “grandes e pesadas”.

“Ele não sabe nada disso”, foi a resposta de Elon Musk, CEO da Tesla, pelo Twitter quando confrontado com a opinião de Bill Gates.

É uma peculiar guerra de magnatas e esta não é a primeira vez que trocam farpas.

Musk já tinha dito que as conversas com Gates são “decepcionantes” depois de o fundador da Microsoft ter revelado que comprou um carro eléctrico Porsche Taycan ao invés de um Tesla.

No mês passado, num artigo no seu blogue, Gates elogiou o trabalho feito por empresas como GM, Ford, Rivian e Bollinger no desenvolvimento de carrinhas pick-up totalmente eléctricas, mas não se referiu em nenhum momento à Tesla.

A Tesla lançou, em 2019, a sua pick-up eléctrica, a Cybertruck, bem como uma versão mais cara da mesma, a Tri Motor All-Wheel-Drive. A pick-up começará a ser produzida em 2021, enquanto a Tri Motor em 2022.

Na referida publicação, Gates lançou dúvidas quanto ao potencial dos camiões eléctricos como veículos de longo curso.

Mesmo com grandes avanços na tecnologia de baterias, os veículos eléctricos nunca serão, provavelmente, uma solução prática para coisas como veículos de 18 rodas, navios de carga e jactos de passageiros”, escreveu o fundador da Microsoft.

“A electricidade funciona quando é preciso cobrir distâncias curtas, mas precisamos de uma solução diferente para veículos pesados de longo curso“, apontou ainda, defendendo que essa solução está em “combustíveis alternativos baratos”, nomeadamente os bio-combustíveis.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.