PSD/CDS apresentaram programa: plafonamento e limite constitucional à dívida

Mário Cruz / Lusa

Pedro Passos Coelho, Paulo Portas, coligação Portugal à Frente (PSD/CDS-PP) apresenta programa eleitoral

Pedro Passos Coelho, Paulo Portas, coligação Portugal à Frente (PSD/CDS-PP) apresenta programa eleitoral

PSD e CDS-PP defendem, no seu programa eleitoral, um “plafonamento horizontal e voluntário” da Segurança Social para as “gerações mais jovens”, e insistem na “introdução de um limite à dívida pública na Constituição”.

Estas são duas de um conjunto de medidas selecionadas e destacadas pela coligação Portugal à Frente num documento de síntese que foi distribuído à comunicação social antes da divulgação do seu programa eleitoral completo.

A “criação de um Conselho Superior de Poder Judicial“, que agregue os atuais conselhos superiores de magistratura e dos tribunais administrativos e fiscais é outra proposta de PSD e CDS-PP, que se comprometem a “reduzir o desemprego para a média europeia” e a “criar condições para um crescimento médio de 2 a 3% nos próximos quatro anos”.

A “revisão das regras de acumulação de rendimentos de trabalho com a pensão” e a “reforma parcial e reforma gradual”, enquadradas no envelhecimento ativo, são outras propostas.

Quanto ao “plafonamento horizontal e voluntário” da Segurança Social, a formulação inscrita no resumo que foi distribuído à comunicação social é a seguinte: “Introdução, para as gerações mais novas, de um limite superior para efeitos de contribuição que, em contrapartida, também determinará um valor máximo para a futura pensão”.

PSD e CDS-PP consideram que isso deve ser “feito em ciclo de crescimento económico”, e não avançam valores para o referido limite, não definem o universo de pessoas abrangidas nem quantificam o impacto desta medida.

No que respeita ao sistema político, é recuperada a proposta de “abertura ao chamado voto preferencial”, que permite aos cidadãos, para além de votarem numa força política, especificarem quais os candidatos que pretendem eleger.

Mário Cruz / Lusa

Pedro Passos Coelho, Paulo Portas, um abraço após a apresentação do programa eleitoral da coligação Portugal à Frente PSD/CDS-PP

Pedro Passos Coelho, Paulo Portas, um abraço após a apresentação do programa eleitoral da coligação Portugal à Frente PSD/CDS-PP

PSD e CDS-PP preconizam ainda “projetos piloto de voto eletrónico e voto em mobilidade”.

No âmbito da reforma do Estado, está prevista a “centralização” de recursos humanos, pagamentos, logística, compras e património nas secretarias gerais de cada ministério.

Para melhorar a prestação de serviços públicos, é prometida “uma Loja do Cidadão por concelho”.

Por outro lado, PSD e CDS-PP comprometem-se a criar um “regime de ‘fast track’ para empresas de elevado crescimento”, com burocracia reduzida.

No setor da saúde, remetem para 2017 o objetivo de atribuir “um médico de família a todos os portugueses“, e falam na “devolução dos hospitais às misericórdias”, em “reforçar a livre escolha no âmbito do Serviço Nacional de Saúde” e no “aprofundamento do papel do enfermeiro de família”.

Quanto à educação, defendem a manutenção do atual sistema de avaliação no final de cada ciclo de ensino e um reforço de autonomia das escolas, admitem escolas do sistema público geridas de forma independente e assumem a meta de, até 2020, ter “50% dos jovens com frequência universitária e 40% de diplomados”.

PSD e CDS-PP propõem-se incentivar a contratação de desempregados de longa duração e de jovens através de “isenção das contribuições” para a Segurança Social, com “discriminação positiva para os territórios de baixa densidade”.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A coligação, ainda que apertada pela troika que outros convidaram a governar-nos, 3 anos depois pô-los a andar e conseguiu o feito de salvar o estado social dos socialistas… Sem ironia.

RESPONDER

Paços 3-2 Porto | “Castor” épico tomba “dragão” com pés de pau

Surpresa na Capital do Móvel. O campeão nacional FC Porto foi a Paços de Ferreira averbar a segunda derrota nesta Liga NOS, saindo com um resultado desfavorável de 3-2. Num terreno tradicionalmente difícil – os “dragões” …

Teoria da Relatividade de Einstein observada em estrelas distantes

O que é que Albert Einstein, o GPS e um par de estrelas a 29.000 anos-luz da Terra têm em comum? A resposta é um efeito da Teoria Geral da Relatividade de Einstein chamado "desvio gravitacional …

Encontrada possível localização do gigante Snow Cruiser. Está perdido na Antártida há 60 anos

O Snow Cruiser era um veículo de exploração enorme enviado ao Pólo Sul em 1939 que ficou preso após desembarcar na Antártida e foi abandonado alguns anos depois. Redescoberto sob vários metros de neve e gelo …

Mbappé tem uma "mancha" na Liga dos Campeões

Números invulgares do avançado do PSG, que em 2020 ainda não marcou qualquer golo no torneio europeu. Pires e Rami falaram sobre o seu futuro. Kylian Mbappé. Visto por muita gente como o melhor avançado do …

Administração de Nixon recebeu um Nobel por um cessar-fogo que não existiu

O prémio Nobel da Paz foi atribuído em 1973 ao secretário de Estado da Administração de Richard Nixon, e seu assessor de segurança nacional, Henry Kissinger, e ao político vietnamita Le Duc Tho. As duas personalidades foram …

Cidade usa satélite para medir poluição luminosa (e os candeeiros de rua não são o maior problema)

As cidades do mundo desperdiçam uma grande quantidade de eletricidade - e dinheiro - ao deixar ligadas luzes brilhantes durante a noite toda. Porém, os candeeiros de rua não são os maiores culpados. Uma experiência de …

Prevenir uma futura pandemia pode estar dependente de apenas três medidas (e podem ser aplicadas já)

Até 70% das doenças infecciosas que surgiram nos humanos nos últimos 30 anos tiveram origem em animais e foram causadas por patogénicos originados em animais domésticos ou selvagens. Agora, um relatório lança aos princípios básicos …

"Não se torne um fantasma real". Coreia do Sul teme aumento de casos devido ao Halloween

A Coreia do Sul teme que as festividades do Halloween levem a um aumento de casos de covid-19 no país. Assim, para evitar que tal aconteça, investiram numa campanha de informação pública para apelar aos …

Trump Jr. diz que as mortes por covid-19 se reduziram a "quase nada". Têm morrido 1.000 pessoas por dia

Donald Trump Jr., o filho mais velho do Presidente norte-americano, afirmou esta quinta-feira que a taxa de mortalidade por covid-19 caiu para "quase nada nos Estados Unidos", num dia em que o país registou quase …

Agentes russos terão oferecido a ajuda de 10 mil soldados aos separatistas catalães

Alegados agentes russos terão oferecido à Catalunha a ajuda de 10 mil soldados durante a sua tentativa de independência da Espanha, em 2017, relataram na quarta-feira meios de comunicação espanhóis e europeus. As denúncias baseiam-se em …