PSD pede ao Governo que organize o ato eleitoral com segurança (e apela ao voto em Marcelo)

Mário Cruz / Lusa

O presidente do PSD, Rui Rio

O presidente do PSD apelou ao Governo que organize o ato eleitoral de domingo de forma a que as pessoas “sintam segurança” e pediu aos portugueses que vão votar, recordando, contudo, que defendeu o adiamento das Presidenciais.

“Referi que devíamos equacionar o adiamento das eleições eleitorais (…) Sendo isto que temos à nossa frente quero pedir aos portugueses que apesar de tudo isto vão votar no domingo. Ao Governo [peço] que organize as eleições em segurança para que não haja o espetáculo a que assistimos no domingo com o voto antecipado com as pessoas a monte umas em cima das outras”, disse Rui Rio.

O líder dos sociais-democratas, que falava aos jornalistas no Porto numa conferência na qual comentou a decisão anunciada de encerramento das escolas devido à pandemia da covid-19, considerou que para as Presidenciais de domingo existe “um risco duplo” que é “muita abstenção e as pessoas não confinadas a irem votar”.

“Já que entenderam que não se deveria equacionar o adiamento das eleições com razões de ordem jurídica que se conseguiam ultrapassar quando há consenso e bom senso – não quiseram – o Governo tem obrigação de organizar o ato de forma muito melhor do que fez no domingo”, continuou o líder social democrata.

Já no período reservado a perguntas, Rui Rio foi ainda mais claro nos pedidos ao Executivo de António Costa: “Espaços muito largos e mesas suficientes para as pessoas poderem guardar a distância e que não se formem filas na rua”, enumerou.

“O meu apelo ao Governo é que as coisas estejam organizadas de tal maneira que permita que as pessoas possam votar em segurança”, reforçou o presidente do PSD.

Já dirigindo-se, novamente, aos portugueses, Rio disse que “esta é uma eleição muito importante”, pedindo “um sacrifício”, o de “cumprir civicamente o que lhes compete e no domingo irem votar em segurança”. Rui Rio recordou ainda os argumentos que levaram ao não adiamento das eleições de domingo, criticando-os, e concluiu que “ninguém suspende democracia nenhuma se adiar umas eleições”.

PSD apela ao voto em Marcelo

A Comissão Permanente do PSD apelou também nesta quinta-feira, num comunicado publicado no seu site oficial, ao voto em Marcelo Rebelo de Sousa, considerando que o atual Chefe de Estado é o “o candidato que transporta com mais sensibilidade o ideário social-democrata: a dignidade da pessoa humana, a justiça social, o equilíbrio de poderes, a liberdade, a tolerância e a promessa democrática da ascensão social”.

Na mesma nota, a Comissão sublinha a eleição da eleição presidencial, relembrando que “votar não é um mero exercício de um direito”, “é a manifestação de uma vontade expressa em participar ativamente no futuro de Portugal“. E acrescenta: “O PSD considera que a eleição do Presidente da República, no próximo domingo, dia 24 de janeiro, se reveste da maior importância para o futuro da democracia e do nosso país”.

Por tudo isto, apela aos portugueses para que votem: “A abstenção é um monstro silencioso que fragiliza a legitimidade das instituições. Por isso, cada eleitor tem a responsabilidade de intervir individual e livremente na eleição do Chefe de Estado”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

É mesmo possível reconhecer um ditador pelas suas características faciais

Os líderes democraticamente eleitos tendem a ter rostos mais atraentes e simpáticos do que os líderes autoritários, conclui um polémico estudo. É comum as pessoas formarem juízos de valor baseados na aparência de um rosto. No …

Moedas já fala como presidente. "Temos que deixar a política da fricção e apostar na construção de soluções, de resultados"

Carlos Moedas, que se vê como um presidente inclusivo", recusa uma política de "fricção", nomeadamente na oposição ao poder nacional e promete concentrar-se nos "resultados e nas pessoas" para melhorar a vida dos lisboetas. Carlos Moedas, …

Responsabilidade é a característica mais importante para alcançar bons resultados escolares

Cerca de 300 estudantes do concelho de Sintra participaram no estudo internacional que teve como objetivo correlacionar o desempenho escolar com as competências sociais e emocionais dos mesmos. A responsabilidade é uma das características mais importantes …

CCB condenado por violar direitos laborais de técnicos de espetáculos

O Centro Cultural de Belém (CCB) foi condenado em tribunal por violação dos direitos laborais de 12 técnicos de espetáculos. Segundo o jornal Público, os juízes do Tribunal da Relação de Lisboa deram razão a 12 …

Berlinenses apoiam expropriação de grandes proprietários para conter preços da habitação

Resultados do referendo são um sinal da crescente divisão que se vive na sociedade berlinense em relação à especulação imobiliária. Agentes imobiliários interpretam o resultado como um "mau sinal" que pode levar à "paralisação imediata …

Portugal com 230 novos casos de covid-19 e uma morte. País cada vez mais próximo da zona verde da matriz de risco

Portugal registou, esta segunda-feira, 230 novos casos e uma morte na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). País está mais próximo da zona verde da …

Restauração defende manutenção do lay-off simplificado

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) defendeu hoje a continuidade do lay-off simplificado para apoio à manutenção dos postos de trabalho das atividades da restauração, similares e alojamento turístico. “Esta medida assume …

Cumbre Vieja deixou de expelir lava, mas os sismos voltaram

O vulcão Cumbre Vieja, em La Palma, nas Canárias, parou de emitir lava. Apesar de a atividade ter sido a mais baixa da última semana, as autoridades alertam que a situação pode mudar rapidamente. A atividade …

Portugal continental tem 83,89% da população com vacinação completa

Cerca de 8,27 milhões de pessoas em Portugal continental tinham a vacinação completa contra a covid-19 até às 19h00 deste domingo, revelou à agência Lusa fonte oficial da task force que coordena o processo de …

Mulheres ganham 9% das câmaras, menos do que em 2017

Das 308 câmaras do país, 28 foram ganhas por uma mulher, o que corresponde a aproximadamente 9% do total e menos do que as 32 autarcas eleitas em 2017, segundo o portal de dados estatísticos …