/

PSD, CDS e BE preparam chumbo para taxa de Proteção Civil

3

PSD / Flickr

A nova taxa de Proteção Civil, que o Governo de António Costa pretende criar, pode não sair do papel. Ao que tudo indica, a medida vai esbarrar numa maioria negativa no Parlamento, contando com o voto contra do PSD, CDS e BE.

De acordo com o Público, que avança com a notícia nesta terça-feira, esta nova taxa pode vir a ser chumbada na Assembleia da República, tal como pode também acontecer com o decreto-lei sobre o tempo de serviço dos professores.

PSD, CDS e Bloco têm já o voto contra certo, estando o PCP, por sua vez, ainda a analisar a mediada, podendo também avançar com alterações, apurou o matutino.

No domingo, Rui Rio anunciou que a sua bancada vai votar contra a criação da taxa de Proteção Civil no XIV Congresso Nacional de Trabalhadores Social-Democratas: “É um imperativo nacional parar com um novo imposto”.

“Temos a maior carga fiscal de sempre em Portugal, mas apesar disso o Governo não está contente e propõe através do orçamento a criação de mais um imposto, um imposto a que chama taxa de proteção civil mas que na prática é um imposto. Não pode ser. Há um momento de dizer basta”, atirou o líder do PSD.

Em igual sentido, o Bloco de Esquerda já entregou uma proposta de revogação do artigo do Orçamento do Estado. “A Proteção Civil é um direito das populações e um dever do Estado; não faz sentido cobrar um imposto pela materialização desse direito. O Bloco foi contra em Lisboa e em Portimão”, disse Pedro Filipe Soares, deputado bloquista, em declarações ao diário.

Também os centristas são contra e o PCP diz que “tal como está” não concorda com com a medida, não tendo, ainda decido que estratégia vai adotar.

  ZAP //

3 Comments

  1. Mais uma taxa!!!
    O artista do Costa vai ficar conhecido como o rei das taxas!
    Saiu de Lisboa a criar taxas para tudo e mais alguma coisa e agora na geringonça afina pelo mesmo diapasão.
    Podia pelo menos ter mais alguma imaginação para sacar dinheiro aos contribuintes…

  2. Era mais uma que vinha na conta da eletricidade? Será que no governo não sabem que o povo é contra os impostos? Durante as campanhas eleitorais até parece que sabem…

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.