PSD, CDS e BE preparam chumbo para taxa de Proteção Civil

PSD / Flickr

A nova taxa de Proteção Civil, que o Governo de António Costa pretende criar, pode não sair do papel. Ao que tudo indica, a medida vai esbarrar numa maioria negativa no Parlamento, contando com o voto contra do PSD, CDS e BE.

De acordo com o Público, que avança com a notícia nesta terça-feira, esta nova taxa pode vir a ser chumbada na Assembleia da República, tal como pode também acontecer com o decreto-lei sobre o tempo de serviço dos professores.

PSD, CDS e Bloco têm já o voto contra certo, estando o PCP, por sua vez, ainda a analisar a mediada, podendo também avançar com alterações, apurou o matutino.

No domingo, Rui Rio anunciou que a sua bancada vai votar contra a criação da taxa de Proteção Civil no XIV Congresso Nacional de Trabalhadores Social-Democratas: “É um imperativo nacional parar com um novo imposto”.

“Temos a maior carga fiscal de sempre em Portugal, mas apesar disso o Governo não está contente e propõe através do orçamento a criação de mais um imposto, um imposto a que chama taxa de proteção civil mas que na prática é um imposto. Não pode ser. Há um momento de dizer basta”, atirou o líder do PSD.

Em igual sentido, o Bloco de Esquerda já entregou uma proposta de revogação do artigo do Orçamento do Estado. “A Proteção Civil é um direito das populações e um dever do Estado; não faz sentido cobrar um imposto pela materialização desse direito. O Bloco foi contra em Lisboa e em Portimão”, disse Pedro Filipe Soares, deputado bloquista, em declarações ao diário.

Também os centristas são contra e o PCP diz que “tal como está” não concorda com com a medida, não tendo, ainda decido que estratégia vai adotar.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma taxa!!!
    O artista do Costa vai ficar conhecido como o rei das taxas!
    Saiu de Lisboa a criar taxas para tudo e mais alguma coisa e agora na geringonça afina pelo mesmo diapasão.
    Podia pelo menos ter mais alguma imaginação para sacar dinheiro aos contribuintes…

  2. Era mais uma que vinha na conta da eletricidade? Será que no governo não sabem que o povo é contra os impostos? Durante as campanhas eleitorais até parece que sabem…

RESPONDER

Iniciativa Liberal pede audição urgente de Costa e Silva

O deputado único João Cotrim Figueiredo solicitou, na quarta-feira, com caráter de urgência, uma audição de António Costa Silva, defendendo que cabe aos partidos “questionar previamente” o conselheiro sobre o plano de recuperação económica. A Iniciativa …

"O vírus não existe". Em Itália, os "coletes laranja" exigem a queda do Governo (e que o país saia da UE)

Inspirados nos Coletes Amarelos franceses, nasceram os "coletes laranjas" em Itália, um movimento de contestação contra o Governo que acredita que "o vírus não existe". Apesar de ainda não ser um movimento muito grande, há já …

Época balnear arranca no sábado, mas começa mais tarde no Norte

A época balnear arranca no próximo sábado, 6 de junho, mas não em todo o país. No Norte de Portugal só começa a 27 de junho. Segundo o despacho publicado esta quinta-feira em Diário da República, …

Um terço das empresas de restauração não reabriu

Cerca de um terço das empresas de restauração não retomou a atividade e quase metade tem registado uma faturação média inferior a 10%, revelou a associação representativa do setor. A Associação de Hotelaria, Restauração e Similares …

Ministério Público alemão assume que Maddie McCann está morta

O procuradores do Ministério Público alemão acreditam que Madeleine McCann foi assassinada. O investigador Christian Hoppe, do Bundeskriminalamt, revelou que a criança pode ter sido alvejada quando o suspeito assaltava o apartamento da família. O procuradores do …

Nadadores-salvadores devem privilegiar salvamento "sem entrar na água"

A Federação Portuguesa de Nadadores-Salvadores divulgou hoje alguns dos procedimentos que os vigilantes devem adotar na época balnear face à pandemia, como privilegiar o salvamento “sem entrar na água” ou abordar o náufrago pelas costas. “Ainda …

Confederação do Turismo propõe Lay-off simplificado, banco de horas e horário concentrado

A Confederação do Turismo de Portugal (CTP) propôs ao Governo 99 medidas para mitigar as consequências "gigantescas" que a pandemia está a ter no sector, apontando um cenário de "eclipse total e asfixia". Segundo noticiou esta …

Coreia do Norte ameaça romper acordo militar com Seul

A Coreia do Norte ameaçou hoje romper o acordo militar com a Coreia do Sul e fechar o gabinete de ligação transfronteiriça, se Seul não impedir que ativistas continuem a enviar panfletos através da fronteira. A …

Moratórias no crédito prolongadas até 31 de março de 2021

O Governo decidiu estender a moratória nos empréstimos dos bancos às famílias e empresas afetadas pela crise. As prestações e juros só voltarão a ser pagos depois de 31 de março de 2021, apurou o …

Santana Lopes deixou funções executivas no Aliança. Mas não "deserta"

O fundador do partido Aliança deixou, recentemente, as suas funções executivas por "motivos profissionais", mas promete "não desertar", "muito menos em alturas difíceis". No passado dia 15 de maio, Pedro Santana Lopes pediu a suspensão das …