PSD junta-se ao Bloco e ao PCP para chumbar decreto do tempo de serviço dos professores

Estela Silva / Lusa

O PSD vai juntar-se à esquerda para chumbar o decreto-lei que visa a contagem parcial do tempo de serviço dos professores. PCP, Bloco e o PSD consideram insuficiente contar apenas dois dos nove anos de carreira exigidos e, por isso, querem rever a medida no Parlamento.

Caso Marcelo Rebelo de Sousa promulgue o decreto-lei da contagem parcial do tempo de serviço dos professores, o mais provável é que se venha a formar uma maioria negativa no Parlamento. Depois do PCP e do Bloco, avança o Público nesta segunda-feira.

Professores e Governo têm levado travado uma batalha sobre a contagem do tempo de serviço. O ministério, liderado por Tiago Brandão Rodrigues, nunca mostrou vontade de contabilizar mais do que dois anos nove meses e 18 dias de serviço. Por sua vez, os sindicatos reivindicam a totalidade do tempo, que ultrapassa os nove anos.

Tal como nota o diário, por lei, os partidos têm a possibilidade de pedir apreciação parlamentar de decretos-lei aprovados em Conselho de Ministros – iniciativa que o Bloco e o PCP já revelaram que vão tomar.

O PSD – determinante para a formação de uma maioria que trave o PS – também já decidiu: se o diploma for promulgado pelo Presidente da República, o partido não vai abdicar do princípio da contagem total dos anos de serviço, apurou o diário.

Tanto o líder do PSD, Rui Rio, quer o “ministro-sombra” para a Educação, David Justino, já criticaram duramente o decreto-lei do Governo. A direção de Rui Rio entende que o tempo de serviço tem que contar na sua totalidade, apesar de ainda não ter definido a forma como esse tempo se vai refletir na progressão da carreira e a que ritmo.

Em causa está o decreto-lei aprovado no dia 4 de outubro, que definiu que os professores vão recuperar dois anos, nove meses e 18 dias do tempo de serviço efetuado. Os professores, por sua vez, continuam a exigir a recuperação de nove anos, quatro meses e dois dias de serviço.

O documento ainda não chegou a Belém para promulgação pois o Governo alega que ainda faltam os pareceres das Assembleias Legislativas dos Açores e Madeira. De acordo com o Expresso, o Presidente da República está ainda com dúvidas sobre se deve ou não promulgá-lo: “o dilema presidencial está em 50%-50%”, adiantou o semanário.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Este cromo está cada vez pior. Nunca terão o meu voto. E até hoje votei sempre PSD. Agora esta criatura quer contar a totalidade do tempo de serviço?!!! Então que o faça para todos os funcionários públicos.
    Vai-te embora e deixa alguém com capacidade ir para o teu lugar. E quanto ao “banho de ética” bem que o podes meter onde o sol não brilha. Já todos os portugueses perceberam que ainda és pior do que o atual primeiro-ministro, e isso… não é fácil.

RESPONDER

Acesso à Internet deve ser considerado direito humano básico

Uma nova investigação, levada a cabo pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, concluiu que acesso à Internet deve ser um direito humano básico, pois significa a capacidade participar na vida pública. Merten Reglitz, professor de …

Fórmula 1 quer atingir emissões zero de CO2 até 2030

A Fórmula 1 pretende reduzir a zero as emissões de CO2 até 2030, com base num plano que pretende “pôr em marcha de imediato”, anunciou esta terça-feira a Federação Internacional do Automóvel (FIA). O plano divulgado …

A Tesla vai lançar a sua misteriosa pickup “cyberpunk” elétrica ainda este mês

A nova Tesla Cybetruck já tem data de lançamento após um longo tempo de espera. O fundador da empresa, Elon Musk, anunciou que a carrinha "pickup" será revelada no dia 21 de novembro. O anúncio foi …

Asteróide "potencialmente perigoso" aproxima-se da Terra esta quarta-feira

Um asteróide com 147 metros de diâmetro, caracterizado pela NASA como "potencialmente perigoso" vai aproximar-se da Terra esta quarta-feira. Em causa está o corpo rochoso UN12 2019, explica a agência espacial norte-americana, dando conta que o …

Encontrado submarino da II Guerra Mundial que esteve perdido durante 75 anos (devido a um erro de tradução)

Uma equipa de exploradores oceânicos privada encontrou na costa do Japão um submarino do exército norte-americano do tempo da II Guerra Mundial, que estava desaparecido há 75 anos por causa de um erro num dígito …

Uma casa esteve a afundar-se no Tamisa para alertar para a subida do nível dos oceanos

No passado domingo, quem passou junto ao rio Tamisa, em Londres, não deverá ter ficado indiferente à típica casa dos subúrbios ingleses que se afundava perto da Tower Bridge. Felizmente, de acordo com a agência Reuters, …

A defesa de Lage é a melhor do Benfica em quase 30 anos

A defesa de Bruno Lage leva apenas quatro golos sofridos em 11 jornadas, o que faz dela a melhor defesa do campeonato e a melhor do Benfica desde a temporada de 1990/1991, escreve o jornal …

OE2020. “Não vamos para negociar”, esclarece Jerónimo de Sousa

O PCP vai reunir esta quarta-feira com o Governo com vista ao Orçamento de Estado para 2020. Jerónimo de Sousa esclareceu esta terça-feira que os comunistas não vão para negociar, sendo "manifestamente exagerado dizer que …

Benjamin "morreu" enquanto cumpria pena de prisão perpétua. Agora está vivo e quer a liberdade

Um norte-americano, de 66 anos, que cumpre pena de prisão perpétua por ter espancado um homem até à morte em 1996, pretendia ser libertado, uma vez que o seu coração parou por breves instantes. Em 1996, …

“Máfia do Sangue”. Ministério Público deixa Octapharma fora da acusação

O Ministério Público (MP) deixou a farmacêutica Octapharma fora da acusação da operação "O Negativo" por considerar que o ex-administrador Lalanda e Castro montou um esquema de corrupção para a venda de plasma ao Serviço …