PSD junta-se ao Bloco e ao PCP para chumbar decreto do tempo de serviço dos professores

Estela Silva / Lusa

O PSD vai juntar-se à esquerda para chumbar o decreto-lei que visa a contagem parcial do tempo de serviço dos professores. PCP, Bloco e o PSD consideram insuficiente contar apenas dois dos nove anos de carreira exigidos e, por isso, querem rever a medida no Parlamento.

Caso Marcelo Rebelo de Sousa promulgue o decreto-lei da contagem parcial do tempo de serviço dos professores, o mais provável é que se venha a formar uma maioria negativa no Parlamento. Depois do PCP e do Bloco, avança o Público nesta segunda-feira.

Professores e Governo têm levado travado uma batalha sobre a contagem do tempo de serviço. O ministério, liderado por Tiago Brandão Rodrigues, nunca mostrou vontade de contabilizar mais do que dois anos nove meses e 18 dias de serviço. Por sua vez, os sindicatos reivindicam a totalidade do tempo, que ultrapassa os nove anos.

Tal como nota o diário, por lei, os partidos têm a possibilidade de pedir apreciação parlamentar de decretos-lei aprovados em Conselho de Ministros – iniciativa que o Bloco e o PCP já revelaram que vão tomar.

O PSD – determinante para a formação de uma maioria que trave o PS – também já decidiu: se o diploma for promulgado pelo Presidente da República, o partido não vai abdicar do princípio da contagem total dos anos de serviço, apurou o diário.

Tanto o líder do PSD, Rui Rio, quer o “ministro-sombra” para a Educação, David Justino, já criticaram duramente o decreto-lei do Governo. A direção de Rui Rio entende que o tempo de serviço tem que contar na sua totalidade, apesar de ainda não ter definido a forma como esse tempo se vai refletir na progressão da carreira e a que ritmo.

Em causa está o decreto-lei aprovado no dia 4 de outubro, que definiu que os professores vão recuperar dois anos, nove meses e 18 dias do tempo de serviço efetuado. Os professores, por sua vez, continuam a exigir a recuperação de nove anos, quatro meses e dois dias de serviço.

O documento ainda não chegou a Belém para promulgação pois o Governo alega que ainda faltam os pareceres das Assembleias Legislativas dos Açores e Madeira. De acordo com o Expresso, o Presidente da República está ainda com dúvidas sobre se deve ou não promulgá-lo: “o dilema presidencial está em 50%-50%”, adiantou o semanário.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Este cromo está cada vez pior. Nunca terão o meu voto. E até hoje votei sempre PSD. Agora esta criatura quer contar a totalidade do tempo de serviço?!!! Então que o faça para todos os funcionários públicos.
    Vai-te embora e deixa alguém com capacidade ir para o teu lugar. E quanto ao “banho de ética” bem que o podes meter onde o sol não brilha. Já todos os portugueses perceberam que ainda és pior do que o atual primeiro-ministro, e isso… não é fácil.

RESPONDER

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …

Neymar prolonga contrato com o Paris Saint-Germain até 2025

O avançado internacional brasileiro Neymar renovou contrato com o Paris Saint-Germain até 30 de junho de 2025, informou hoje o tricampeão francês e vice-campeão europeu de futebol. “O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar que …

Países usaram modelo do queijo suíço para conter a covid-19. Na Índia, alguns "buracos" eram demasiado grandes

A grande maioria dos países adotou a estratégia do queijo suíço para responder à pandemia. Na Índia, os "buracos" eram demasiado grandes em três das camadas mais importantes. Para responder à crise sanitária desencadeada pela covid-19, …

Primeira-ministra da Escócia declara que "haverá maioria pró-independência" no parlamento

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, declarou hoje vitória nas eleições regionais, afirmando que "haverá uma maioria pró-independência" no parlamento escocês. Com as projeções a indicarem que o Partido Nacional Escocês (SNP), que lidera, foi o …

SOS Rio Paiva pede que se limite o número de visitantes à ponte e Passadiços do Paiva

A associação SOS Rio Paiva manifestou-se preocupada com o aumento da pressão turística e com a poluição, na sequência da inauguração da ponte suspensa em Arouca, e pediu que se limite o número de visitantes. A …

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo, caso este ainda esteja associado a contas em sites ou redes sociais. Embora milhões de números de telemóvel sejam desconectados todos os anos, um novo …

Ataque à bomba contra escola feminina em Cabul faz 30 mortos e 79 feridos

A explosão de uma bomba junto a uma escola secundária para raparigas na zona ocidental de Cabul fez hoje pelo menos 30 mortos e 79 feridos, segundo um novo balanço feito pelas autoridades afegãs. “O número …

Tamám Shud. Exumação de corpo pode resolver um estranho mistério com 70 anos

As autoridades da Austrália aprovaram uma exumação do corpo de Tamám Shud - ou "Homem de Somerton" - e, em breve, o mistério de 70 anos pode estar resolvido. Em 30 de novembro de 1948, vários …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Vacinação no bom caminho com 25% da população da UE vacina

A Comissão Europeia anunciou este sábado que 200 milhões de doses de vacinas anticovid-19 chegaram já à União Europeia (UE) e 160 milhões de europeus já receberem a primeira dose, levando a que a vacinação …