Governo aprova recuperação do tempo de serviço congelado, mas longe do que os professores exigiam

André Kosters / Lusa

O Ministro da Educação Tiago Brandão Rodrigues

O Governo aprovou esta quinta-feira o decreto-lei que define que os professores vão recuperar dois anos, nove meses e 18 dias do tempo de serviço efetuado, no último dia de uma semana de greves dos docentes contra esta medida.

Em declarações aos jornalistas, o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, defendeu que este diploma que define o modelo de recuperação do tempo de serviço dos docentes surge na “sequência do processo negocial” entre o executivo e os sindicatos dos professores, um processo que classificou de “longo”.

Os professores exigem a recuperação de nove anos, quatro meses e dois dias de serviço, motivo que levou a que os sindicatos agendassem uma semana de greves, que termina hoje, e uma manifestação nacional marcada para sexta-feira em Lisboa.

Segundo Tiago Brandão Rodrigues, o decreto-lei é o resultado de um processo negocial em que “o Governo foi flexível” e “os sindicatos foram inflexíveis”.

Durante a conferência de imprensa, no final do Conselho de Ministros, o ministro explicou ainda que a recuperação dos cerca de dois anos e nove meses de trabalho, que terá efeitos a partir de 1 de janeiro, foi a solução encontrada pelo Governo para que a recuperação da carreira dos professores, que esteve congelada, tivesse “paralelismo nas carreira da Função Pública”.

Fenprof considera uma “declaração de guerra”

Em reação à aprovação do decreto-lei em Conselho de Ministros, o secretário-geral da Fenprof, Mário Nogueira, acusou o Governo de avançar com “uma declaração de guerra contra os professores”, ao não reconhecer a totalidade do tempo de serviço contabilizado na progressão de carreira dos docentes.

A decisão confirma “a prepotência e a inflexibilidade” do Governo, vincou, considerando que o decreto-lei hoje aprovado “é ilegal”. Mário Nogueira referiu que é preciso que “o Governo pense se tem condições para continuar a governar o país”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Isto so demonstra aquilo que ando a dizer ha muito! Com os milhares e milhares de euros aacumolados ao longo de tantas greves , o governo amialhou essa magnifica contribuicao dos professors , consequentemente com o esse dinheiro ja vai pagar dois anos meses e dezoito dias .
    Esta boa nao esta ? Assim se ve que raio de professors sao estes que nao sabem fazer as contas !!!

RESPONDER

Um terço dos diplomados no curso de Aeroespacial vai trabalhar para o estrangeiro

A nota mínima de entrada no curso de Engenharia Aeroespacial do Técnico bateu um novo recorde. As oportunidades e os salários levam os diplomados para o estrangeiro. O único curso de Engenharia Aeroespacial no ensino superior …

Morreu o cantor Roberto Leal

Morreu o cantor Roberto Leal, confirmou o antigo secretário de Estado das Comunidades e da Administração Local. Tinha 67 anos e lutava contra um cancro. A notícia foi avançada pelo antigo secretário de Estado das Comunidades …

Estudo mostra que o canguru gigante tinha uma parecença com os pandas

O já extinto canguru gigante tinha uma característica muito semelhante com o panda-gigante dos dias modernos: grandes mandíbulas que lhe permitiam comer alimentos que outros animais não conseguiam. Há mais de 40 mil anos, o sudoeste …

Assunção Cristas contra o "ditador" verde e André Silva contra a "despesista" demagoga

O debate deste sábado, transmitido pela RTP3, sentou frente-a-frente os líderes do CDS e do PAN. Assunção Cristas contou quantas vezes o programa do adversário usa a palavra "proibir" e André Silva acusou os centristas …

Poluição no rio Lis arrasta-se há mais de 20 anos

A poluição na bacia hidrográfica do rio Lis arrasta-se há mais de duas décadas, com o contributo das descargas ilegais das suiniculturas, mas a construção da estação de tratamento de efluentes suinícolas tem sido adiada …

No Quénia, há meninas a faltar às aulas por não terem acesso a tampões

No Quénia, há adolescentes que não têm dinheiro para comprar pensos higiénicos ou tampões. Por isso, faltam às aulas. O Expresso conta a história de uma menina queniana, de 14 anos, que não aguentou ser humilhada …

As sestas podem ser boas amigas do coração

Fazer uma sesta uma ou duas vezes por semana pode reduzir o risco de ataque cardíaco ou AVC. No entanto, se fizer mais sestas do que o recomendado, os benefícios desaparecem. Uma equipa de cientistas decidiu …

Qual o tamanho mínimo para que um planeta possa ser habitável? Cientistas responderam

Uma equipa de cientistas de Harvard revelou o tamanho crítico abaixo do qual um planeta nunca pode ser habitável, mesmo que esteja numa área com uma distância à sua estrela que permita a existência de …

Criatura com "cabeça de canivete suíço" deu origem aos escorpiões e às aranhas

Encontrada no Canadá, esta nova espécie de fóssil provou ser o quelicerado mais antigo, situando a origem dos escorpiões e das aranhas há 500 milhões de anos. Com o tamanho de um dedo polegar, olhos em …

Benfica 2-0 Gil Vicente | "Águia" q.b. bate minhotos aguerridos

O Benfica cumpriu frente ao Gil Vicente, no Estádio da Luz, e venceu por 2-0, com um golo a fechar a primeira parte e outro a abrir a segunda. A formação “encarnada” sentiu muitas dificuldades para …