Depois do cartão vermelho, PSD e CDS estão assustados com as legislativas

Hugo Delgado / Lusa

Não parece haver condições para mudança de líder em nenhum dos dois partidos. Ainda assim, os críticos pedem reflexão interna.

PSD e CDS mostram sinais de ansiedade sobre as próximas eleições, depois do cartão vermelho que ambos os partidos da oposição receberam no domingo, dia de eleições europeias. A quatro meses das legislativas, há pouca margem para uma mudança de estratégia e de líder há quem receie que o PSD se torne irrelevante e que o fantasma do “partido do táxi” regresse ao CDS.

De acordo com o Público, há quem tenha ouvido um sinal de mudança por parte de Rui Rio na noite eleitoral: quando o líder dos sociais-democratas colocou a escolha dos portugueses nas legislativas entre “um projeto de esquerda e um ao centro com ligações à direita”, deixando para trás o centro-esquerda onde se tem posicionado desde que assumiu a liderança.

Apesar de haver (ou não) alteração de estratégia, parece ser geral o facto de não haver condições para haver uma mudança de líder agora.

Luís Montenegro, Miguel Morgado e Pedro Duarte – críticos de Rio e potenciais candidatos à liderança do PSD – escolheram ficar em silêncio no dia após a derrota, mas há quem se questione sobre que dimensão terá o partido que o sucessor de Rui Rio vai herdar depois de outubro, caso os resultados das europeias se vierem a refletir nas legislativas.

Luís Marques Mendes afirmou que os dois partidos “partem para as próximas eleições legislativas em estado de coma“, uma expressão que levou Luís Menezes, ex-vice-presidente da bancada do PSD, a pedir uma séria reflexão.

“O que mais me assustou foi ver que o líder não assumiu que o PSD está em coma. Ou o PSD muda de vida ou uma reconfiguração à direita será inevitável e o dr. Rui Rio, além de uma primeira tatuagem do pior resultado, terá uma segunda por ter tornado o partido irrelevante a partir de outubro”, afirmou, confessando não estar “otimista”.

A verdade é que, na direção de Rui Rio, apenas um vice-presidente, Salvador Malheiro, assumiu com todas as letras a “grande derrota” do PSD no domingo, mas parece que este entendimento não é consensual. À TSF, a ex-líder social-democrata, Manuela Ferreira Leite, concluiu: “Não acho nada catastrófico“.

Já no CDS, foram várias as vozes que pediram uma reflexão interna sobre os resultados que empurraram o partido para a quinta força política nacional.

De acordo com o jornal, houve até quem fizesse contas e chegasse à conclusão de que se o resultado deste domingo se repetisse nas legislativas, o CDS ficaria com um grupo parlamentar de oito deputados, menos de metade do atual. Este número faz lembrar o momento do “partido do táxi”, quando a bancada centrista ficou reduzida ao mínimo nas lideranças de Adriano Moreira e Lucas Pires.

Para evitar que tal aconteça, os críticos de Assunção Cristas pedem que a direção recoloque o CDS nos seus valores fundacionais da matriz democrata-cristã, que consideram ser a única forma de o partido crescer eleitoralmente.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Estudo mostra que o canguru gigante tinha uma parecença com os pandas

O já extinto canguru gigante tinha uma característica muito semelhante com o panda-gigante dos dias modernos: grandes mandíbulas que lhe permitiam comer alimentos que outros animais não conseguiam. Há mais de 40 mil anos, o sudoeste …

Assunção Cristas contra o "ditador" verde e André Silva contra a "despesista" demagoga

O debate deste sábado, transmitido pela RTP3, sentou frente-a-frente os líderes do CDS e do PAN. Assunção Cristas contou quantas vezes o programa do adversário usa a palavra "proibir" e André Silva acusou os centristas …

Poluição no rio Lis arrasta-se há mais de 20 anos

A poluição na bacia hidrográfica do rio Lis arrasta-se há mais de duas décadas, com o contributo das descargas ilegais das suiniculturas, mas a construção da estação de tratamento de efluentes suinícolas tem sido adiada …

No Quénia, há meninas a faltar às aulas por não terem acesso a tampões

No Quénia, há adolescentes que não têm dinheiro para comprar pensos higiénicos ou tampões. Por isso, faltam às aulas. O Expresso conta a história de uma menina queniana, de 14 anos, que não aguentou ser humilhada …

As sestas podem ser boas amigas do coração

Fazer uma sesta uma ou duas vezes por semana pode reduzir o risco de ataque cardíaco ou AVC. No entanto, se fizer mais sestas do que o recomendado, os benefícios desaparecem. Uma equipa de cientistas decidiu …

Qual o tamanho mínimo para que um planeta possa ser habitável? Cientistas responderam

Uma equipa de cientistas de Harvard revelou o tamanho crítico abaixo do qual um planeta nunca pode ser habitável, mesmo que esteja numa área com uma distância à sua estrela que permita a existência de …

Criatura com "cabeça de canivete suíço" deu origem aos escorpiões e às aranhas

Encontrada no Canadá, esta nova espécie de fóssil provou ser o quelicerado mais antigo, situando a origem dos escorpiões e das aranhas há 500 milhões de anos. Com o tamanho de um dedo polegar, olhos em …

Benfica 2-0 Gil Vicente | "Águia" q.b. bate minhotos aguerridos

O Benfica cumpriu frente ao Gil Vicente, no Estádio da Luz, e venceu por 2-0, com um golo a fechar a primeira parte e outro a abrir a segunda. A formação “encarnada” sentiu muitas dificuldades para …

Há cidades que, em 2050, vão ser quentes demais para se visitar

Em 2050, há cidades que vão ser vítimas do flagelo das alterações climáticas. As altas temperaturas vão impedir que os turistas explorem cada recanto destas metrópoles. Os efeitos das alterações climáticas são cada vez mais visíveis.. …

As legislativas não se ganham nas sondagens, alerta Costa

Após ter sido divulgada mais uma sondagem este sábado, António Costa afirmou que as eleições não se ganham nas sondagens e apelou para a mobilização de modo a garantir a vitória. O secretário-geral do PS, António …