Depois do cartão vermelho, PSD e CDS estão assustados com as legislativas

Hugo Delgado / Lusa

Não parece haver condições para mudança de líder em nenhum dos dois partidos. Ainda assim, os críticos pedem reflexão interna.

PSD e CDS mostram sinais de ansiedade sobre as próximas eleições, depois do cartão vermelho que ambos os partidos da oposição receberam no domingo, dia de eleições europeias. A quatro meses das legislativas, há pouca margem para uma mudança de estratégia e de líder há quem receie que o PSD se torne irrelevante e que o fantasma do “partido do táxi” regresse ao CDS.

De acordo com o Público, há quem tenha ouvido um sinal de mudança por parte de Rui Rio na noite eleitoral: quando o líder dos sociais-democratas colocou a escolha dos portugueses nas legislativas entre “um projeto de esquerda e um ao centro com ligações à direita”, deixando para trás o centro-esquerda onde se tem posicionado desde que assumiu a liderança.

Apesar de haver (ou não) alteração de estratégia, parece ser geral o facto de não haver condições para haver uma mudança de líder agora.

Luís Montenegro, Miguel Morgado e Pedro Duarte – críticos de Rio e potenciais candidatos à liderança do PSD – escolheram ficar em silêncio no dia após a derrota, mas há quem se questione sobre que dimensão terá o partido que o sucessor de Rui Rio vai herdar depois de outubro, caso os resultados das europeias se vierem a refletir nas legislativas.

Luís Marques Mendes afirmou que os dois partidos “partem para as próximas eleições legislativas em estado de coma“, uma expressão que levou Luís Menezes, ex-vice-presidente da bancada do PSD, a pedir uma séria reflexão.

“O que mais me assustou foi ver que o líder não assumiu que o PSD está em coma. Ou o PSD muda de vida ou uma reconfiguração à direita será inevitável e o dr. Rui Rio, além de uma primeira tatuagem do pior resultado, terá uma segunda por ter tornado o partido irrelevante a partir de outubro”, afirmou, confessando não estar “otimista”.

A verdade é que, na direção de Rui Rio, apenas um vice-presidente, Salvador Malheiro, assumiu com todas as letras a “grande derrota” do PSD no domingo, mas parece que este entendimento não é consensual. À TSF, a ex-líder social-democrata, Manuela Ferreira Leite, concluiu: “Não acho nada catastrófico“.

Já no CDS, foram várias as vozes que pediram uma reflexão interna sobre os resultados que empurraram o partido para a quinta força política nacional.

De acordo com o jornal, houve até quem fizesse contas e chegasse à conclusão de que se o resultado deste domingo se repetisse nas legislativas, o CDS ficaria com um grupo parlamentar de oito deputados, menos de metade do atual. Este número faz lembrar o momento do “partido do táxi”, quando a bancada centrista ficou reduzida ao mínimo nas lideranças de Adriano Moreira e Lucas Pires.

Para evitar que tal aconteça, os críticos de Assunção Cristas pedem que a direção recoloque o CDS nos seus valores fundacionais da matriz democrata-cristã, que consideram ser a única forma de o partido crescer eleitoralmente.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ventilador produzido em Portugal recebe autorização de utilização do Infarmed

O ventilador Atena, produzido em Portugal, recebeu, na terça-feira, a autorização do Infarmed para o seu uso em contexto hospitalar na luta contra a covid-19. Esta quarta-feira, numa publicação na sua página de Facebook, o CEiiA …

American Airlines avisa 25 mil trabalhadores que podem perder emprego

Os dirigentes da American Airlines escreveram a cerca de 25 mil trabalhadores da transportadora aérea para lhes comunicar que o seu emprego pode desaparecer em outubro. Os dirigentes das Companhias de aviação dos Estados Unidos admitiram …

Trump substitui diretor de campanha a menos de quatro meses das eleições

O Presidente dos Estados Unidos substituiu, esta quarta-feira, o seu diretor de campanha, perante os maus resultados nas sondagens, a menos de quatro meses das eleições. "Tenho o prazer de anunciar que Bill Stepien foi promovido …

Bristol acordou com uma nova estátua. Manifestante antirracismo substitui comerciante de escravos

Bristol acordou com uma nova estátua. Um artista britânico ergueu uma estátua de uma manifestante do movimento ‘Black Lives Matter’ no topo do pedestal na cidade inglesa antes ocupado pela estátua de um comerciante de …

Enfermeira norte-americana matou sete doentes num hospital de veteranos com injeções de insulina

Uma enfermeira num hospital de veteranos norte-americanos matou deliberadamente pelo menos sete doentes com injeções de insulina. A mulher, que admitiu o crime, deverá ser condenada a sete penas de prisão perpétua, mais 20 anos …

PSP pôs fim à festa do título na Avenida dos Aliados. Um polícia ficou ferido

Na parte final dos festejos portistas, já durante a madrugada, nos Aliados, o Corpo de Intervenção da PSP do Porto foi obrigada a intervir contra um grupo de adeptos. Ninguém foi detido, mas um agente …

PJ detém cinco pessoas por esquema fraudulento com tratamentos para a covid-19

Cinco profissionais ligados ao ramo da saúde foram detidos, esta quinta-feira, pela Polícia Judiciária (PJ) numa operação que envolveu buscas a clínicas médicas, residências e empresas e que investiga crimes de corrupção, burla qualificada, falsificação …

Suárez aborda eventual saída de Messi. "Saberá do que precisa"

O futebolista Luis Suárez comentou a possível saída do seu companheiro de equipa Lionel Messi do Barcelona. "Saberá do que precisa", disse o internacional uruguaio, frisando que não consegue ver o astro argentino noutra equipa. …

Mário Centeno nomeado governador do Banco de Portugal

O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o nome do ex-ministro das Finanças para o cargo de governador do Banco de Portugal (BdP). A decisão foi revelada, esta quinta-feira, depois do Conselho de Ministros, pela ministra …

Finanças admitem queda de 9% no PIB. Governo prepara-se para rever projeção inicial de 6,9%

O Ministério das Finanças admite a possibilidade de que a queda do PIB se aproxime dos 9%, revelou esta quinta-feira o Jornal de Negócios, adiantando que o Governo se prepara para rever a projeção inicial …