O “PS não é anormal” e o PSD não tem lepra (mas a geringonça é para continuar)

António Cotrim / Lusa

O secretário-geral do PS, António Costa

O secretário-geral socialista, António Costa, defendeu que “quanto mais forte for o PS, melhor funcionará esta solução política” da geringonça, antecipando que as próximas legislativas “devem ser sobre um voto de confiança e de força” na continuidade.

Em entrevista ao semanário Expresso, publicada na edição impressa deste sábado, o primeiro-ministro e líder socialista diz que “o PS não é um partido anormal” e “deseja ter o maior número de votos possível”, depois de questionado sobre o desejo de uma maioria absoluta nas eleições legislativas do próximo ano.

“Esta solução política só é possível com um PS forte. E quanto mais forte for o PS, melhor funcionará esta solução política”, garantiu ainda.

Na opinião de Costa, “um PS mais enfraquecido certamente suscitará mais dúvidas sobre a estabilidade política e a continuidade desta política”. “Um PS que não tenha condições de formar esta solução política torna a situação inviável”, acrescentou.

Confrontado com o que fará se ganhar as próximas eleições sem maioria, o primeiro-ministro notou que, “objetivamente, a generalidade das pessoas acha que faz sentido continuar”. “Estas eleições devem ser sobretudo um voto de confiança e de força na continuidade desta solução política”, disse ainda.

Alertas a BE e PCP e recusa de Bloco Central

Questionado sobre a eventualidade de se terem esgotado os pressupostos dos acordos com os parceiros da geringonça (PCP, BE e PEV), o secretário-geral socialista sublinhou que não acredita que “o BE e o PCP tenham meramente uma agenda de reivindicação salarial ou de resposta à notícia”.

Mas o meu programa de Governo não é o programa do PCP nem do BE“, alertou também quando confrontado com as áreas em que não cedeu aos partidos que apoiam o Governo no Parlamento.

Sobre o posicionamento do PS, António Costa afirmou que “é um partido de centro-esquerda, como são os partidos sociais-democratas”. Todavia, o primeiro-ministro reiterou que discorda da solução governativa de bloco central, referindo que não é saudável para uma democracia, e acrescentando que o presidente do PSD, Rui Rio, pensa o mesmo.

E não é por eu achar que o PSD seja um partido que tenha lepra, é porque a vida democrática deve assentar na possibilidade de os cidadãos terem alternativas de Governo”, disse.

Ministro da Saúde não está de saída

Numa entrevista de dez páginas concedida na passada segunda-feira e em que são abordados vários temas da governação, como a situação do Serviço Nacional de Saúde e as críticas ao seu funcionamento, o primeiro-ministro dissipa uma eventual saída do ministro da Saúde.

“Se alguém pensa que o professor Adalberto Campos Fernandes deixe de ser ministro da Saúde para que esses problemas se resolvam por artes mágicas pode tirar o cavalinho da chuva, que ele não deixará de ser ministro”, afiançou.

Sobre o caso que levou à demissão do vereador Ricardo Robles, da Câmara de Lisboa, Costa admitiu ter ficado surpreendido. “Nunca imaginei que quem prega com tanta virulência a moral política cometesse pecadilhos”, disse.

António Costa disse também ao Expresso que espera que o acordo de concertação social não seja desvirtuado no Parlamento. O primeiro-ministro notou o desejo de que “o Parlamento não desperdice esta oportunidade de aprovar uma legislação muito importante para cumprir dois aspetos fundamentais do programa do Governo: acabar com o banco de horas individual, reforçando a negociação coletiva, e combater a precariedade, sobretudo a que atinge os mais jovens”.

Sobre o Orçamento de Estado para 2019, Costa salientou que será de continuidade, mantendo-se o descongelamento das carreiras, o aumento das pensões, a política salarial e a melhoria dos incentivos ao interior, bem como “a trajetória da redução do défice e da dívida”, prometeu.

O chefe do Executivo anunciou que para o ano haverá “o maior Orçamento de sempre” na área da Cultura e que haverá “um programa muito forte de atração da população mais jovem” que está emigrada, para fomentar os seu regresso a Portugal.

Costa também garantiu que o Governo está a negociar o aumento das pensões para as carreiras mais longas. Quanto às atualizações de salários na Função Pública, “até as negociações estarem encerradas não vai haver mais especulação”, disse.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Enquanto tivermos 60% de iliteracia no país, enquanto 60% da população for dependente do Estado, enquanto 60% da população for de esquerda e viver bem num país subdesenvolvido e na cauda europeia, SIM, a geringonça é para continuar por muitos anos.
    Cada povo, cada país, tem o governo e o sistema que merece!

      • Lá estás tu a comentar os comentários dos outros e apenas a defender determinados partidos políticos.

        Se disseres quanto te pagam o pessoal faz uma rifazita para não ter de te aturar mais. Não são as tuas ideias que chateiam, até podem ser as correctas, é apenas as respostas aos outros, é apenas a ideia clara que estás a fazer política profissional num lugar em que gostaríamos que assim não fosse.

        Não comentas uma única notícia mas apenas os comentários dos outros, todos os dias e todas as notícias que podem beliscar mesmo que de muito de leve o governo.

        • Lá estás tu a escrever disparates!!
          “…apenas a defender determinados partidos políticos.”
          …é apenas a ideia clara que estás a fazer política profissional…”
          Com o que eu escrevi, chegaste a esta conclusão?!
          Brilhante… nota-se és um génio!…

  2. Não tem lepra? O Costa vê-se mesmo que não percebe nada de doenças, aquele partido fascista de extrema-direita, tem mais do que isso, pelo que, qual doente infecto-contagioso, é deixá-lo estar e andar sozinho, ou então, a ex-ministra dos Eucaliptos e dos milhares de despejos dos inquilinos e dos pequenos negócios, a retornada Cristas, que se junte a ele, mesmo leproso, que é coisa que ela gosta de fazer, só para poder ter algum tipo de notoriedade…

  3. Estás bem de vida deves ser o Robles ou da proteção civil ou Diretor do Aeroporto de Beja ou do TGV ou presidente dos Amigos de Maduro é tanto tacho produtivo .Quando a lepra te manter.Olha os chineses e os Indianos e Americanos vão te por a trabalhar.O tempo da lepra está acabar.

  4. E o o homem vai cantando vitória! Mesmo com o maior fogo da Europa em Monchique ele afirmou ter sido uma vitória como as coisas se passaram, é claro que não tinha lá bens próprios em risco e possivelmente a natureza para ele é coisa desconhecida.

RESPONDER

"Sonho que se tornou pesadelo". Fernando Santos admite mudanças no onze

O selecionador Fernando Santos disse hoje que Portugal vai carimbar a passagem aos ‘oitavos’ de final do Euro2020 e admite fazer mudanças na equipa para o encontro da derradeira jornada do Grupo F, com a …

Cientistas descobriram dois novos tipos de células cerebrais em ratos

Cientistas descobriram dois novos tipos de células gliais, um tipo de células do sistema nervoso central que dá suporte ao cérebro, em ratos. De acordo com o site EurekAlert!, investigadores da Universidade de Basileia, na Suíça, …

As bactérias intestinais podem influenciar a gravidade de um AVC

Uma equipa de investigadores da Cleveland Clinic, nos Estados Unidos, descobriu uma nova associação cérebro-intestino que está a surpreender a comunidade científica. Os resultados do estudo mostram como um metabólito produzido por bactérias intestinais pode amplificar …

O icónico Tamagotchi está de volta, mas desta vez em forma de smartwatch

No ano em que se celebram os 25 anos do Tamagotchi, surge uma nova versão do icónico brinquedo. O Smart é um Tamagotchi na forma de um relógio inteligente, para se usar no pulso. O …

Rã com olhos vermelhos descoberta no Equador. Chama-se Led Zeppelin

Os seus olhos vermelhos cativaram os investigadores, que decidiram batizar de Led Zeppelin uma nova espécie de rã terrestre descoberta no Equador. A Pristimantis ledzeppelin foi descoberta pelos equatorianos David Brito e Carolina Reyes, cientistas do …

Itália 1 - 0 País de Gales | “Azzurri” vencem mas galeses apuram-se

Imparável! Com o apuramento para os “oitavos” já no bolso, a Itália entrou em campo com nada mais, nada menos do que oito mexidas em relação à equipa que tinha iniciado o último jogo, frente …

Casa de banho do século XII encontrada em bar de tapas em Sevilha

Recentemente, um grupo de trabalhadores encontrou uma casa de banho do século XII dentro de um bar de tapas espanhol. A descoberta está a ajudar a perceber como era a vida em Sevilha na época. No …

Suíça 3 - 1 Turquia | Seferovic e Shaqiri “abrem o livro”

A Suíça venceu de forma categórica a Turquia por 3-1, afastou os turcos da prova e terminou o Grupo A no terceiro lugar, com quatro pontos, esperando agora pelo final da fase de grupos para …

Presidente eleito do Irão promete governo "revolucionário e anticorrupção"

O Presidente eleito do Irão, o clérigo ultraconservador Ebrahim Raissi, prometeu hoje formar um governo "trabalhador, revolucionário e anticorrupção", aludindo ao estrito cumprimento dos princípios do sistema teocrático do país. Num comunicado, Raissi apresentou-se como “um …

Na Coreia do Norte, um pacote de café pode chegar aos 80 euros

Residentes norte-coreanos dizem que uma pequena embalagem de chá preto ou um pacote de café podem chegar aos 60 e 80 euros, respetivamente. Esta semana, o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, reconheceu que o …