PS dividido entre aceitar ou não a inscrição de 200 cidadãos de etnia cigana

José Sena Goulão / Lusa

O secretário-geral do PS, António Costa, com Carlos César (esq) e Eduardo Ferro Rodrigues (dir)

Mais de 200 pessoas de etnia cigana inscreveram-se no PS, em finais de Outubro, com o intuito de se tornarem militantes do partido. A sede nacional não aceitou as inscrições e fala em “falhas” no processo, mas há no PS quem não entenda essa decisão.

O secretário nacional do PS para a Organização revela que foi pedida uma averiguação sobre a entrada de cerca de 200 fichas de adesão, para inscrição, numa secção temática de Defesa e Soberania Nacional deste partido.

Uma posição que surge depois de o jornal Público ter noticiado que cerca de duas centenas de pessoas de etnia cigana – ligadas à Associação Social, Recreativa e Cultural de Águeda (ASRCCA), no distrito de Aveiro – pretendem inscrever-se no PS.

Esta Associação terá recolhido a documentação necessária para a inscrição e terá entregue as fichas em mãos na sede do PS, no Largo do Rato, em Lisboa, numa recente secção temática criada neste partido, dedicada à “Defesa, Segurança e Soberania”.

Ora, a direcção nacional do PS apontou “falhas” ao processo de inscrição, “relacionadas com a secção do partido escolhida pelos candidatos a militantes”, conforme refere o Público.

O responsável pelo gabinete de organização e dados do PS, João Pires, cita os estatutos do PS para dizer ao jornal que estes “não permitem que os candidatos se filiem através das secções temáticas, porque não têm autonomia para o fazer“.

Mas, em declarações à agência Lusa, o dirigente socialista Hugo Pires apresenta outra versão, frisando que “sempre que acontecem estas situações de entrada de fichas em massa, os serviços do partido têm de averiguar moradas, identidades e outros aspectos de legalidade”.

“Esta é uma prática habitual e nada tem a ver com qualquer questão étnica relativa aos requerentes”, frisa ainda Hugo Pires, realçando que o que está em causa é o receio de que o processo possa ter “características anómalas”.

Entretanto, uma fonte do PS não identificada conta ao Público que há receios, no interior do partido, de que este grupo de cidadãos possa eleger delegados no próximo congresso que está marcado para 2018.

As mais de 200 fichas de inscrição foram remetidas para as secções distritais de Aveiro e de Coimbra, onde vivem os candidatos a militantes, conforme nota o Público. Só depois de estas analisarem os processos é que as fichas serão devolvidas à sede nacional para uma decisão final.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

24 COMENTÁRIOS

  1. Hummmm. Então o PS não quer aceitar inscrições de ciganos?! O partido das igualdades?! Que escândalo! Ou está com medo que os ciganos tomem o poder por dentro do partido? Em que ficamos?! Será necessário ir recrutar o candidato do PSD a Loures?

    • Leu a noticia até ao fim ou ficou-se pelo titulo sensacionalista?

      “As mais de 200 fichas de inscrição foram remetidas para as secções distritais de Aveiro e de Coimbra, onde vivem os candidatos a militantes, conforme nota o Público. Só depois de estas analisarem os processos é que as fichas serão devolvidas à sede nacional para uma decisão final.”

      É preciso ser correto nas analises que se fazem, porque essa histeria de dizer mal apenas por dizer, é sinal de pouca inteligência!

      • É um pouco como o seu comentário que revela a sua falta de capacidade de compreender a totalidade do problema em causa. Abstenha-se também de se ridicularizar desse modo. É um favor que faz a si próprio… e a todos nós.

  2. Os ciganos são uma raça que nunca quis participar na sociedade Portuguesa mas, NUNCA.
    Agora tem direito a subsídios para sobreviverem isto mais os subsídios para cada filho e mais isto e mais aquilo eu só sei que trabalhei 43 anos com descontos certos durante este tempo e quando antecipei a minha reforma fiquei a receber 668,00€ por mês verba esta que os ciganos têm direito ou a mais pois os Portugueses não sabem quais as verbas a que estas pessoas tem direito e isto sem nunca produzirem descontos para nada.
    Há os que não trabalham pois ninguém confia neles ( e foram eles ao longo dos tempos que ganharam essa má imagem ) e os que tem negócios de venda de roupa ou de outros artigos não passam facturas para não terem de prestar contas ao estado e agora querem pertencer ao PS – deve trazer água no bico pois não acredito que seja porque estão muito interessados em viver a cumprir com o estatuto que todos os outros cumprem ou seja ajudar o Pais através do cumprimento dos seus deveres de cidadãos.
    Os deveres dos cidadãos estão inseridos na lei para todos cumprirem e não é agora porque os ciganos já terem acesso a dinheiro fácil pois alguns até tem advogado para os aconselhar como é que deve sacar dinheiro ao estado dentro dos seus direitos.
    Continuo a sentir que o regabófe continua e em ritmo acelarado.

      • Racista? É a realidade e toda a gente sabe isso. Racista é quem anda a desculpa-los pelo que andam a fazer. Racismo não é só quem maltrata os outros, é também quem defende quem está claramente a fazer algo errado.

    • Escrever que eles residem naqueles distritos é só poeira para os olhos. Eles têm várias moradas. São nómadas e para sacar RSI em vários sítios, é como se sabe. E como quem paga não paga do próprio bolso, siga a rusga… Na minha terra roubam tudo. Quando alguma cigana quer ir ver algum familiar à prisão, chama um táxi para ir e vir e depois apresenta a fatura na SS. Esse tal RSI é só de nome porque eles nunca quiseram inserção. Na zona onde vivo vejo-os, gordos e anafados, a roçar o kù pelas paredes. Depois alguns ainda vêm chamar racistas aos outros. Mas devem querer vê-los longe do quintal deles, tenho a certeza. Ou então não os conhecem.

    • Não viessem para aqui a direitalha cospir postas de pescada mal amanhada, e eu estranhava!
      É tão ridículo ver como há logo o aproveitamento fácil do sensacionalismo!
      O normal em partidos de direita, ao bom estilo arruaceiro!

  3. O PS tem razão para desconfiar…deve haver um esquema manhoso para existir 2 centenas de ciganos a estarem interessados na política do do para a noite

  4. Estes portugueses já aprenderam que para haver mudanças reais é fundamental ter um grupo de pressão e influência dentro de um partido político. Pois só estes fazem realmente parte da democracia portuguesa.
    Quem não participar em partidos activamente não passa de uma mera marioneta.

  5. Os ciganos são cidadãos como os outros e têm pleno direito a filiarem-se no partido que entenderem. Os partidos e qualquer associação têm estatutos e regras internas gerais que devem ser cumpridas.
    Sempre causou alguma impressão a entrada em massa de militantes, sobretudo em época de eleições, e cabe aos órgãos competentes questionar porque é que isso acontece, e se cumprem as regras, sejam eles de que etnia sejam.
    Afinal, onde está a admiração, se é assim em qualquer associação?
    Ou não será vontade de dizer mal?

  6. Cá para mim eles não os querem lá porque já lá têm muitos. E aqui para nós que ninguém nos ouve, alguns são piores que ciganos!!!

  7. Pela minha parte até acho que eles os ciganos até bateram na porta certa, o PS, costuma-se dizer que em vez de se estragarem duas famílias só se estraga uma.

  8. Já Tive uma má experiencia com ciganos, senão vejamos.
    Quando tive ligado a Construção, caí na asneira de fazer um contrato de compra e venda com uma posição contratual, de um apartamento a um sr. vem vestido e com gravata, e um bom carro de alta gama.
    Feito este contrato, no mesmo dia, houve muitos ciganos a visitar o imóvel e aí no exterior, fizeram um acampamento com muitos ciganos á entrada, deixei de ter visitas de muitos interessados ao imóvel.
    Conclusão, vi-me metido numa alhada de tal forma que tive que negociar a tudo custo, um valor elevado.
    ciganos são todos iguais, não trabalhão e quando permanecem em algum lugar, exigem o direito adquerido.

RESPONDER

Chefe do Estado-Maior do Exército demite-se

O chefe do Estado Maior do Exército (CEME), o general Rovisco Duarte, demitiu-se nesta quarta-feira, dois dias após a tomada de posse do novo ministro da Defesa A notícia, inicialmente avançada pela TVI24, é agora confirmada …

"Biscoitos Ronaldo" geram polémica em café português no Reino Unido

Café em Worcester, Reino Unido, vendeu cerca de 60 bolachas. Dono alega que se tratava de uma brincadeira. Um português que vive no Reino Unido gerou polémica ao vender, no seu café, bolachas alusivas às acusações …

Macron segue os passos de Portugal e remodela o Governo francês

Depois de Portugal, foi a vez da França fazer uma remodelação governamental. Quatro ministros estão de saída, entram oito e seis mudam de pasta. A remodelação do Governo francês foi anunciada na terça-feira, duas semanas depois …

Governo quer vender fardas da PSP e GNR na Internet

A criação de uma plataforma online para a venda das fardas dos militares da GNR e dos agentes da PSP é uma das medidas que consta do Orçamento do Estado para 2019, com o objectivo …

Explosão em escola na Crimeia faz 10 mortos e centenas de feridos

Pelo menos 10 pessoas morreram e outras 50 ficaram feridas numa explosão no Instituto Politécnico da cidade de Kerch, no leste da Crimeia, de acordo com fontes médicas russas. "Como resultado de uma explosão no Instituto …

Relação confirma pena de prisão máxima para Pedro Dias

O Tribunal da Relação de Coimbra confirmou esta quarta-feira a decisão da primeira instância de condenar Pedro Dias a 25 anos de prisão por vários crimes cometidos em Aguiar da Beira, a 11 de outubro …

Benefícios fiscais só para novos contratos podem acelerar despejos

Depois de analisar as propostas do pacote de habitação, a UTAO avisa para as possíveis consequências das medidas de alívio fiscal no arrendamento, por apenas se aplicarem a novos contratos.   A Unidade Técnica de Apoio …

Subvenções vitalícias a políticos custam 7,17 milhões (e a lista continua em segredo)

O Orçamento de Estado para 2019 prevê um gasto de 7,17 milhões de euros com as subvenções vitalícias atribuídas a políticos. Um valor que desce apenas 90 mil euros, relativamente a 2018, numa altura em …

Afinal, a Google cedeu dados de bloggers ao Benfica

O Benfica chegou a acordo com a Google para a obtenção da identidade dos autores de blogues que divulgaram emails roubados ao clube. Os encarnados terão desistido da acção contra a gigante tecnológica. O Jornal de …

Centeno contraria Marcelo: “O único orçamento eleitoralista foi o de 2016”

Na sua primeira entrevista após a entrega do Orçamento de Estado para 2019, Mário Centeno rejeitou que a proposta seja eleitoralista, afirmando que o único orçamento eleitoralista nesta legislatura foi o de 2016. Ao contrário das …