Ex-parceiros da geringonça desagradados. Prolongamento do lay-off “não é o caminho”

António Cotrim / Lusa

As conversas sobre o próximo Orçamento do Estado já arrancaram, mas a esquerda não olha com bons olhos para o prolongamento do regime excecional de lay-off. O tema promete causar atrito.

Ao contrário do que era a intenção inicial do Governo, o regime de lay-off simplificado vai prolongar-se para lá do mês de julho, e esta terceira versão do documento não tem prazo para acabar. Este cenário não agrada o Bloco de Esquerda nem o PCP, ex-parceiros da geringonça.

Não nos parece que o lay-off seja o caminho“, afirmou o deputado José Soeiro ao Expresso, adiantando que existem três críticas principais a fazer a este modelo.

De acordo com o bloquista, a primeira crítica é a ausência de contrapartidas que garantam, por exemplo, que as empresas apoiadas pelo Estado ficam proibidas de despedir trabalhadores precários. “Este regime não protege suficientemente o emprego”, referiu, dando o exemplo dos trabalhadores a recibos verdes ou em outsourcing, que são facilmente dispensados por empresas que estão a receber ajudas do Estado.

Além disso, tanto o Bloco como o PCP querem que os salários sejam garantidos por inteiros, uma vez que neste momento os trabalhadores nesta situação recebem dois terços do ordenado.

Por último, o Bloco critica a falta de fiscalização que a simplificação do modelo trouxe e a facilidade que as empresas têm em abusar das regras.

Os comunistas são assumidamente contra o regime de lay-off simplificado, considerando que “as grandes empresas são as grandes beneficiárias deste apoio”, “empresas com lucros avultados nos últimos anos”, enquanto que as micro empresas enfrentam “inúmeros alçapões” legais para receber o apoio.

“Esta é uma medida que não impede o desemprego, porque o despedimento está vedado apenas em caso de despedimento coletivo, extinção do posto de trabalho ou inadaptação, e apenas até dois meses depois da aplicação da medida”, argumenta o partido de Jerónimo de Sousa.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Na Coreia do Norte, um pacote de café pode chegar aos 80 euros

Residentes norte-coreanos dizem que uma pequena embalagem de chá preto ou um pacote de café podem chegar aos 60 e 80 euros, respetivamente. Esta semana, o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, reconheceu que o …

Mais de 2200 armas entregues à PSP em menos de quatro meses

Mais de 2200 armas de fogo, a maioria das quais espingardas, foram entregues de forma voluntária à PSP, entre 24 de Fevereiro e 15 de Junho, anunciou este domingo aquela força policial. Em comunicado, a PSP …

O Arco do Triunfo vai ser embrulhado em tecido azul e corda vermelha durante 16 dias

O projeto foi pensado por Christo Vladimirov Javacheff e Jeanne-Claude no início dos anos 60, mas nunca se realizou. Agora, o monumento será embrulhado em azul e vermelho entre 18 de setembro e 3 de …

Netanyahu irá deixar residência oficial do primeiro-ministro a 10 de julho

O ex-primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu irá deixar a residência oficial em Jerusalém a 10 de julho, depois de um acordo alcançado com o sucessor, Naftali Benet, que lhe dera um prazo de duas semanas …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: Venha o tubarão

Portugal desilude e complica o apuramento. Segue-se a França. Itália, Bélgica e Países Baixos nos oitavos-de-final. O Campeonato da Europa visto da Linha de Fundo. Na corda bamba Portugal – Alemanha (2-4) “A vida é como uma corda 
De …

Praga de milhões de ratos está a aterrorizar a Austrália

O fim da seca de três anos e dos consequentes incêndios florestais permitiu à Austrália respirar de alívio. Em contrapartida, criaram-se as condições perfeitas para a pior praga de ratos da última década. "As pessoas estão …

Banca com nova vaga de saída de trabalhadores e admite despedimentos

Os grandes bancos vão reduzir milhares de trabalhadores este ano, um processo que vem acontecendo desde a última crise mas que em 2021 deverá atingir um novo pico, tendo mesmo BCP e Santander Totta admitido …

Cuba está a criar o seu próprio smartphone (e conta com a ajuda da Huawei)

O Governo cubano está a trabalhar na produção de um novo smartphone, que terá um sistema operativo original e conta com a ajuda da empresa chinesa Huawei. De acordo com a revista Vice, o projeto é …

Funcionários russos que recusem vacina arriscam licença sem vencimento

Os funcionários russos que recusem vacinar-se contra o novo coronavírus, em regiões onde a vacina seja obrigatória, arriscam-se a uma licença sem vencimento, anunciou o ministro do Trabalho da Rússia, Anton Kotiakov. "Se as autoridades de …

Vacina cubana com eficácia de 62% após segunda das três doses previstas

A vacina cubana contra a covid-19 atingiu uma eficácia de 62% após a injeção de duas das três doses previstas, um resultado que excede os 50% exigidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS), anunciou o …