Agora é proibido comer nas ruas do centro histórico de Florença

A medida, que entrou em vigor a 4 de setembro, proíbe as pessoas de comerem em quatro ruas do centro histórico de Florença, em Itália, para reduzir o congestionamento e o lixo.

Segundo o Independent, as pessoas que sejam apanhadas a comer nas ruas do centro histórico de Florença, em Itália, podem agora enfrentar coimas de 150 a 500 euros.

A nova medida, que entrou em vigor a 4 de setembro, é parte de um esforço da autarquia para reduzir o congestionamento das ruas estreitas da cidade italiana. Geralmente, os turistas tendem a aglomerar-se em torno das lojas nestas áreas, dificultando o acesso.

São quatro as ruas afetadas pela nova lei – Via de’ Neri, Piazzale degli Uffizi, Piazza del Grano and Via della Ninna – que estará ativa ao longo dos próximos quatro meses e que se aplica entre as 12h00 e as 15h00 e das 18h00 às 22h00.

Além de reduzir o congestionamento provocado pelos turistas, as autoridades locais também pretendam que esta legislação permita reduzir o lixo nas ruas.

De acordo com o The Local, citado pelo jornal britânico, os estabelecimentos instalados naquelas ruas tiveram de colocar um sinal bilingue nas montras que pede aos visitantes para “respeitarem os moradores, comerciantes e trabalhadores”.

(dr)

O sinal bilingue colocado nos estabelecimentos das ruas do centro histórico de Florença

O presidente da Câmara, Dario Nardella, considera que a medida “não é punitiva, mas sim dissuasora”. “Se os turistas se comportarem em Florença como se estivessem em casa, serão sempre bem-vindos, especialmente se quiserem provar as nossas especialidades gastronómicas”, afirmou.

Esta não é a primeira vez que a autarquia causa controvérsia. No verão do ano passado, Nardella ordenou que as escadarias das igrejas fossem molhadas para evitar que os turistas se sentassem lá a comer.

Florença é uma das cidades europeias que recebe mais turistas, a par de sítios como Veneza e Barcelona, e por isso está a tentar alcançar um equilíbrio entre as necessidades dos turistas e dos respetivos residentes.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

China proíbe estrangeiros de visitarem o Tibete em março

A China está a proibir o acesso de estrangeiros ao Tibete, durante o mês de março, quando se celebra um par de aniversários sensíveis que questionam a legitimidade da soberania chinesa naquela região dos Himalaias. Segundo …

Editor de jornal do Alabama apela a Ku Klux Klan para enforcar democratas

“É tempo de o KKK voltar a atacar à noite”. É desta forma que começa um editorial escrito pelo diretor do The Democrat-Reporter, jornal do Alabama, e que está a provocar polémica nos Estados Unidos. No …

Bastonária dos Enfermeiros solidária com líder sindical em greve de fome

A bastonária dos enfermeiros foi manifestar solidariedade para com o presidente do Sindicato Democrático dos Enfermeiros, que entrou em greve de fome, e alertou para o risco de radicalização da luta dos enfermeiros. Ana Rita Cavaco …

PS, Bloco, PCP e PAN chumbam moção de censura do CDS-PP

A moção de censura do CDS-PP ao Governo foi hoje "chumbada" pelas bancadas do PS, BE, PCP, Verdes e PAN, contando com votos favoráveis dos democratas-cristãos e do PSD. Também o deputado não inscrito Paulo Trigo …

Câmara de Lisboa tem 18 casas para acolher vítimas de violência doméstica

A vereadora da Habitação na Câmara de Lisboa, Paula Marques, revelou que existem 18 habitações municipais para vítimas de violência de género, sendo ainda critério de discriminação positiva na atribuição de habitação municipal. "Há 18 casas …

Soldados russos proibidos de usar smartphones e redes sociais

Os soldados russos a cumprirem missões fora do país deixarão de poder levar consigo smartphones, tablets ou portáteis, proibição a que se junta a interdição de partilharem na Internet fotografias ou informação sobre a sua …

Justiça ordena compensação a habitantes de Fukushima

A justiça japonesa ordenou o pagamento de uma indemnização equivalente a 3,4 milhões de euros a residentes forçados a abandonar as suas casas no nordeste do Japão após o acidente nuclear de Fukushima, em 2011. O …

Londres vai tirar cidadania a britânica que integrou Estado Islâmico

Um advogado da família de Shamima Begum, a britânica que deixou Londres há quatro anos para se juntar ao grupo jihadista autoproclamado Estado Islâmico, revelou que o governo do Reino Unido pretende revogar o passaporte. O …

Pedidos para pagar dívidas fiscais a prestações passam a ser feitos apenas online

O Governo quer que os pedidos de pagamento de dívidas a prestações passem a ser submetidos apenas por via eletrónica, segundo prevê uma proposta de alteração a vários diplomas fiscais que vai ainda ser discutida …

Vaticano recebeu cerca de 900 denúncias de abusos em 2018

O Vaticano recebeu, durante o ano de 2018, cerca de 900 denúncias por abusos sexuais praticados pelo clero, um valor que ronda o dobro das recebidas anualmente na última década. As denúncias foram reportadas à Congregação …