Parte do programa do PDR é (literalmente) igual ao do PSD

António Cotrim / Lusa

O presidente do PDR, Marinho e Pinto

O programa eleitoral do PDR para as legislativas de 6 de outubro é “exactamente igual” ao programa do PSD. São parágrafos inteiros e medidas exactamente iguais, diz o Público.

Os programas eleitorais do Partido Democrático Republicano, de Marinho e Pinto, e do PSD, têm partes exactamente iguais, revela a edição deste sábado do jornal Público. O programa dos social democratas foi apresentado antes, salienta o diário português.

A primeira frase exactamente igual, “Melhorar as condições previstas no RFAI – Regime Fiscal Apoio ao Investimento“, é apresentada no 4.º capítulo do programa do PDR, relativo à justiça fiscal, e na página 31 do programa do PSD, no capítulo intitulado “Mais e Melhores Oportunidades”.

Segundo o Público, a coincidência de articulado entre os dois programas é mais extensa na parte relativa à “Agricultura e Pescas” do programa do partido de Marinho e Pinto, que repete trechos inteiros do texto sobre “Agricultura, Inovação e Sustentabilidade” do programa do PSD.

O diário cita como exemplo o trecho “Portugal é dos países da UE com a população agrícola mais envelhecida, com uma idade média de 65 anos, 55% com idade superior a esta média e apenas 4% com menos de 40 anos. Impõe-se, assim, uma política robusta de apoio aos jovens agricultores em geral e nos que iniciam a sua actividade em particular. A robustez desta nova política deverá ser acompanhada de uma maior exigência, a fim de reduzirem as taxas de insucesso“, que aparece repetido no programa dos dois partidos.

Há ainda coincidência total entre um conjunto de sete medidas apresentadas pelo PSD e sete medidas propostas pelo PDR, que têm exactamente com o mesmo conteúdo e até a mesma ordenação cronológica.

Contactado pelo jornal português, o lídeor dos renovadores, Marinho e Pinto, disse desconhecer o programa do PSD, alegou haver “convergências entre partidos” e rejeitou a paternidade do programa eleitoral. “Quem escreveu o programa foi o Bruno Fialho”.

O dirigente renovador, contactado também pelo Público, recusa ter sido o autor do programa eleitoral do partido, alegando ter sido apenas o “compilador das ideias de várias pessoas”.

Confrontado com a semelhança entre as frases constantes nos dois programas, Bruno Fialho diz que “são dados objectivos que podem ter sido tirados de algum lado. São dados objectivos, não são considerações. Sendo o PDR um partido do centro, é natural que tenha ideias à esquerda ou à direita”.

Entre as quais, “criar um regime diferenciado de apoio a projectos de primeira instalação na agricultura de cidadãos entre os 25 e os 45 anos que optem por residir de forma permanente nas zonas de muito baixa densidade e preencham os demais requisitos a respeito da viabilidade dos investimentos e das qualificações técnicas“.

ZAP //

 

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Brasil. Tribunal vai investigar Bolsonaro por alegações de fraude eleitoral

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil decidiu na segunda-feira abrir uma investigação contra o Presidente Jair Bolsonaro. Em causa estão as suas declarações sobre fraude nas eleições do próximo ano. Segundo avançou a agência France …

Jantar do Chega com 170 pessoas. MP acusa Ventura de crime de desobediência

O líder do Chega, André Ventura, foi acusado pelo Ministério Público de ser coautor material do crime de desobediência, pelo jantar-comício organizado em Braga em plena pandemia. O Ministério Público acusou esta terça-feira o ex-candidato presidencial …

TAP. Bruxelas reconhece importância de salvar companhia mas sem distorcer concorrência

A Comissão Europeia reconhece a importância de o Estado português salvar a TAP, mas receia que o auxílio de 3.200 milhões à reestruturação viole as regras de concorrência e duvida que o mesmo garanta de …

Há 101 concelhos sem farmácias com testes comparticipados

Apesar de 461 farmácias já poderem fazer vender testes à covid-19 comparticipados, ainda há 101 concelhos sem qualquer apoio do Estado. Apesar de o Governo ter decidido comparticipar, há cerca de um mês, a 100% a …

Ataque ao Capitólio. Mais dois polícias cometeram suicídio, elevando o total para quatro

Depois da morte de dois agentes poucos dias depois do ataque, a Polícia Metropolitana confirmou que em Julho mais dois polícias que defenderam o Capitólio cometeram suicídio. Mais dois agentes de polícia que responderam à insurreição …

"Estamos do seu lado", garante Boris Johnson à opositora bielorrussa

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse esta terça-feira à líder da oposição bielorrussa no exílio, Svetlana Tikhanovskaya, que está “do seu lado” e do da Bielorrússia. Johnson manifestou “o seu forte apoio” a Tikhanovskaya “e ao …

Grupos negativos com "reservas muito em baixo". Federação apela para dádiva de sangue antes das férias

Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue (FEPODABES) apelou esta terça-feira à dádiva de sangue antes de férias e sublinhou a necessidade de sangue dos grupos O-, A- e B -, que têm as reservas …

Multas nas praias. Falta de máscaras e ajuntamentos são as ações mais observadas pela polícia

A época balnear voltou a iniciar-se de uma forma diferente dos outro anos, com regras para os banhistas e donos de concessões. Quem não cumprir está sujeito a multas - o que tem sido uma …

EUA. Pelo menos dois feridos em tiroteio junto ao Pentágono. Edifício está encerrado

Um tiroteio esta terça-feira numa paragem de autocarros e metro junto ao Pentágono, em Arlington, Virgínia, nos Estados Unidos (EUA), causou pelo menos dois feridos. Segundo avançou o Correio da Manhã, imagens do local mostram os …

Ibiza planeia ter "detetives" estrangeiros infiltrados em festas ilegais

Medida tem como objetivo controlar as festas ilegais, promovidas com frequência nas redes sociais e que atraem locais, turistas e trabalhadores sazonais. Perante o número de casos crescente — a incidência está acima dos 1.800 casos …