Procurador-geral admite que suicídio de Epstein foi resultado de vários erros

O procurador-geral dos EUA disse, esta sexta-feira, que a morte de Jeffrey Epstein, que se suicidou atrás das grades, foi o resultado de “uma tempestade perfeita de asneiras”.

Em entrevista à Associated Press, William Barr confessou que teve dúvidas iniciais sobre as reais condições da morte do empresário financeiro, que foi acusado de contratar mulheres e meninas menores para prestar serviços sexuais num círculo social de elite e que apareceu morto na sua cela, a 10 de agosto deste ano.

O procurador-geral explicou que as dúvidas se prenderam com as inúmeras irregularidades que detetou na prisão de Manhattan, um dos estabelecimentos prisionais mais seguros dos Estados Unidos, onde Epstein esteve detido entre 6 de julho e 10 de agosto, depois de ter sido condenado por dois crimes de abuso sexual.

William Barr disse agora que se sente esclarecido, depois de uma investigação do FBI e do inspetor-geral do Departamento de Justiça, que revelou a existência de um conjunto de erros cometidos pelos serviços prisionais, que permitiram a Epstein suicidar-se na cela.

“Eu entendo as pessoas que, de imediato, pensaram no pior cenário, porque se tratou de uma tempestade perfeita de asneiras“, disse Barr, durante um voo entre Washington e o Estado de Montana.

O comentário de Barr acontece dias depois de dois agentes penitenciários, responsáveis pela guarda do empresário quando morreu, terem sido acusados de falsificar os registos da prisão.

Tova Noel e Michael Thomas são acusados de terem adormecido e de estarem distraídos a navegar na Internet, quando estavam de serviço de guarda à cela de Epstein.

O empresário suicidou-se enquanto aguardava julgamento por dois crimes de abuso sexual de meninas de 14 anos e de mulheres, de Nova Iorque e da Florida, no início dos anos 2000.

As investigações entretanto conduzidas concluíram que o suicídio do empresário poderia ter sido evitado, se não fosse o descuido dos guardas prisionais.

Epstein já tinha sido colocado em vigilância apertada, depois de ter sido encontrado no chão da cela, em 23 de julho, com hematomas no pescoço, sinal de tentativa de suicídio, e os investigadores do caso concluíram que essa observação intensificada falhou no dia da sua morte.

Os advogados dos agentes do estabelecimento prisional já responderam dizendo que os seus clientes estão a ser usados como “bodes expiatórios” das falhas nos sistemas de segurança da prisão de Manhattan.

“Penso que era importante que Epstein tivesse tido um colega de quarto e estamos ainda a investigar por que isso não foi feito”, afirmou ainda William Barr, garantindo que as investigações sobre o suicídio do empresário vão continuar.

“Estamos a progredir e espero que haja conclusões finais muito em breve”, disse o procurador-geral dos EUA.

Há uns tempos, um médico legista contratado pela família do magnata afirmou que a sua morte terá sido sim um homicídio. “As três fraturas são extremamente incomuns em enforcamentos suicidas e podem ocorrer muito mais frequentemente em estrangulamentos homicidas”, disse Michael Baden.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A "ilha dos deuses" do Japão vai cobrar bilhete de entrada aos turistas

Depois de locais como Veneza, em Itália, e a ilha dos dragões de Komodo, na Indonésia, também Miyajima, a "ilha dos deuses" do Japão, irá cobrar bilhete de entrada aos turistas. A ilha localiza-se a uma …

LASK 3-0 Sporting | Derrota rouba primeiro lugar ao leão

O Sporting foi à Áustria perder por 3-0 com o LASK Linz, terminando o Grupo D da Liga Europa no segundo lugar, ultrapassado precisamente pelo seu adversário desta quinta-feira. Com muitas alterações em relação ao …

Eintracht 2-3 Vitória SC | Reviravolta épica no adeus europeu

O Vitória de Guimarães fechou da melhor forma uma campanha europeia que não tinha sido a mais feliz até então, pese as boas exibições que foi somando, sem consequência nos marcadores finais. O Vitória de Guimarães, …

Argentina concede estatuto de refugiado a Evo Morales

O ex-Presidente da Bolívia, Evo Morales, chegou esta quinta-feira à Argentina procedente de Cuba, onde esteve para realizar uma consulta médica, e deverá permanecer no país, confirmou o ministro dos Negócios Estrangeiros argentino, Felipe Solá. "Evo …

Conselheiro de Trump criou perito fictício para discutir a China (e até o cita nos livros)

O principal conselheiro em política comercial da Casa Branca criou uma personagem fictícia, com um pseudónimo, para lançar discussões sobre o conflito comercial sino-norte-americano. De acordo com o jornal norte-americano New York Times, que avançou a …

Ataque a base militar no Níger faz mais de 70 mortos

Pelo menos 73 soldados nigerinos morreram num ataque a uma base militar em Inates, perto da fronteira com o Mali, na noite de terça-feira. De acordo com os números do exército do Níger, pelo menos …

Nem vegans, nem vegetarianos. É a dieta flexitariana que está a ganhar terreno em Portugal

Cerca de 9% da população portuguesa adoptou uma alimentação veggie, apostando no consumo de vegetais. Mas a nova tendência não são nem os vegetarianos que excluem a carne e o peixe da sua alimentação, nem …

Caretos de Podence elevados a Património Imaterial da Humanidade da UNESCO

Os Caretos de Podence foram declarados, esta quinta-feira, Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO. A decisão foi anunciada na Assembleia Geral da Convenção para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial, que decorre até sábado, em …

"Avó nazi" que negou Holocausto vai cumprir pena até ao fim

Um tribunal alemão decidiu esta quarta-feira que uma escritora e ativista neonazi de 91 anos, que cumpre uma sentença de dois anos por negar o Holocausto, não será libertada antes do fim da pena. Ursula Haverbeck …

Diplomacia entre Rússia e Alemanha agravada por morte de tchetcheno em Berlim

O ministro russo dos Negócios Estrangeiros Sergey Lavrov convocou esta quinta-feira o embaixador da Alemanha na Rússia, Geza Andreas von Gyr, para lhe comunicar que os "dois colaboradores da embaixada alemã tinham sido declarados 'persona …