“Surreal”. Problema informático na DGS atrasa resultados dos eventos-teste

Hugo Delgado / Lusa

Espetáculo do humorista Fernando Rocha, o 1.º evento-teste para realização de grandes espetáculos ao vivo

Para já, ainda não foram tiradas conclusões dos quatro eventos-piloto de abril e maio, organizados pelo Governo em articulação com a DGS. Um problema informático pode estar na origem do atraso.

Há uns meses foi avançado pelo Governo que se iriam realizar vários eventos-teste com o objetivo de perceber qual seria a melhor forma para definir novas orientações técnicas, no setor da Cultura. Porém, nem tudo correu como esperado e, chegado o verão, não há conclusões a apresentar.

Um problema informático, avança o Público, levou a que a Direção-Geral da Saúde tivesse de pedir aos promotores de espetáculos o reenvio dos dados dos participantes nos eventos-piloto que aconteceram em abril e maio para testar uma “solução para salvar o verão”.



A Associação de Promotores de Espetáculos, Festivais e Eventos (APEFE), explicou ao Expresso que houve uma dificuldade no tratamento da informação.

Álvaro Covões, membro APEFE, explica que “o que nos foi inicialmente pedido pelas autoridades de saúde foi para enviarmos um ficheiro com o nome e o número do cartão de cidadão de cada participante nos eventos-piloto. Fizemos isso. Depois a Direção-geral da Saúde disse-nos que houve um problema com o informático e que afinal era necessário o número de utente dos espetadores”.

Assim, os promotores pediram à Cruz Vermelha, que era a entidade que realizava a testagem nos eventos, para recolher os novos dados e enviar para a DGS. “Foi tudo novamente enviado esta segunda-feira”.

Contudo, o responsável frisa que os resultados destes eventos-piloto “de pouco servem”. Isto por que “quando foram planeados era para encontrar soluções para salvar o verão. Mas a partir do momento em que foi anunciado que até 31 de agosto não há festas nem romarias e que os espetáculos são equiparados a casamentos, os eventos-piloto não têm interesse nenhum”, defende.

O promotor salienta ainda que a “ou na véspera ou mesmo no dia do Conselho de Ministros” as associações tinham estado reunidas com a ministra da Cultura e que nada lhes foi dito, tendo sido “surpreendidos” com a decisão de que os espetadores deveriam ser testados sempre em cada espetáculo.

“Sermos comparados a um casamento é ofensivo. Claro que as pessoas não se importam de se testarem antes de irem a um casamento porque é um acontecimento único. Um espetáculo não é único, é algo que se faz com regularidade. Esta decisão não tem qualquer rigor científico. Somos o único sector que tem um retrocesso no seu desconfinamento”, afirma Álvaro Covões, considerando que a obrigação de testagem dos espetadores é um claro retrocesso para o sector”.

Por outro lado, há ainda a questão do preço. “Por exemplo, temos bilhetes à venda para o Carlão a €10 e depois as pessoas teriam de ir à farmácia pagar mais €25 para fazerem o teste?”, aponta. “Tudo isto é surreal“, critica o promotor.

Para já, a única conclusão que é tirada é que “a forma como tudo isto foi anunciado já criou problemas ao sector da cultura” e a compra de bilhetes para espetáculos “caiu a pique nos últimos dias”.

À Lusa, também Rafaela Ribas, da direção da promotora Everything is New, afirmou que a decisão que saiu do Conselho de Ministros provocou “uma paragem quase total na venda de bilhetes”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Vídeo mostra salmões feridos devido ao sobreaquecimento das águas

O vídeo foi gravado por um grupo de conservação ambiental depois de uma onda de calor no Noroeste Pacífico que fez as temperaturas da água atingirem os 21 graus Celsius. De acordo com o jornal The …

Uma prenda de aniversário. Israelita doou um dos seus rins a um menino palestiniano

Uma israelita quis doar um rim a um estranho. Estranho esse que acabou por ser uma criança, de apenas três anos, que vive na Faixa de Gaza, na Palestina. De acordo com a agência Associated Press, …

Novo método permite eliminar a bioincrustação marinha eficazmente

Um projeto inovador demonstrou como os revestimentos de superfície eletricamente carregados podem eliminar a bioincrustação marinha ou o crescimento de organismos marinhos, melhorando a operação e manutenção de embarcações navais. A bioincrustação marinha é um fenómeno …

Aglomerado de safiras estrela encontrado no Sri Lanka pode ser o maior do mundo

Um aglomerado de safiras estrela do mundo foi encontrado num quintal no Sri Lanka. A pedra é azul, pesa 510 quilos e estima-se que valha cerca de 84 milhões de euros. A pedra foi encontrada …

Médico sírio acusado na Alemanha de crimes contra a humanidade

Um médico sírio foi acusado na Alemanha de crimes contra a humanidade por supostamente torturar e matar pessoas em hospitais militares no seu país de origem, informaram os promotores na quarta-feira. O Ministério Público Federal de …

Justiça climática. Vamos todos sofrer com as alterações climáticas, mas não de forma igual

A recente onda de calor na América do Norte é mais um exemplo de que apesar de ser um problema global, as alterações climáticas não vão afectar todos igualmente e podem exacerbar injustiças sociais e …

Os exemplos que Portugal deve seguir (e evitar) nas últimas etapas da pandemia

No plano apresentado pela equipa de Raquel Duarte comparam-se as estratégias opostas adotadas por Israel e Reino Unido, com a segunda a merecer nota negativa por parte dos investigadores. Os dados foram lançados na reunião que …

Jogos da Taça da Liga de sábado adiados para domingo para poderem ter público

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) anunciou, esta quinta-feira, que os jogos da Taça da Liga agendados para sábado vão ser adiados para domingo, para que possam ter público nas bancadas. "A Liga, …

Dinamarca enfrenta acção legal por querer repatriar refugiados sírios

O governo dinamarquês quer repatriar sírios naturais de Damasco depois de um relatório mostrar que há zonas da Síria onde a segurança melhorou. A decisão está a ser criticada por activistas e o caso pode …

Pela primeira vez, foi observada luz por detrás de um buraco negro

Um estudo divulgado esta quarta-feira revelou a primeira observação direta da luz por detrás de um buraco negro, através da deteção de pequenos sinais luminosos de raios-X, confirmando a Teoria da Relatividade Geral, de Einstein. Segundo …