Primeiro hotel do chocolate em Portugal abre em Junho

fabricadochocolate / Facebook

Modelo 3D do Hotel do Chocolate em Viana do Castelo

Modelo 3D do Hotel do Chocolate em Viana do Castelo

O primeiro hotel português dedicado ao chocolate abre portas em Viana do Castelo no dia 6 de junho, depois obras de reconversão da antiga fábrica de chocolates da “Avianense”, anunciou fonte da empresa promotora.

“A partir do dia 23 deste mês entramos na fase que designamos de ‘soft opening’, que significa colocar a equipa em contato com toda a realidade do hotel. Esta fase terá que estar concluída até dia 30. A abertura oficial está marcada para dia 6 de junho”, adiantou à Lusa Goreti Sila, gerente da empresa “Na Rota do Chocolate“.

A unidade hoteleira vai criar 20 postos de trabalho e, garantiu Goreti Silva, as expetativas do grupo “são positivas”.

“Achamos que nos conseguimos diferenciar e ser suficientemente apelativos para gerar uma procura interessante para, com serenidade, conseguirmos dar resposta aos encargos financeiros que este projeto nos colocou “, sustentou.

A abertura do hotel “Fábrica do Chocolate”, apresentado pelos promotores como único do género no país, estava programada para o passado dia 01 de abril, data em que a marca chocolates “Avianense” completou um século mas o mau tempo do inverno passado atrasou as obras.

A reconversão do edifício da antiga fábrica de chocolates, construído entre 1926 e 1928, deu lugar a um hotel temático de quatro estrelas, através de um investimento de 3,4 milhões de euros.

VianaCriativa / YouTube

Goretti Silva, gerente da empresa "Na Rota do Chocolate"

Goretti Silva, gerente da empresa “Na Rota do Chocolate”

Deste total, 2,2 milhões de euros foram comparticipados por fundos comunitários, através de uma candidatura que os promotores apresentaram ao Instituto do Turismo.

Além do alojamento, com 18 quartos – dos quais cinco são ‘suites’ -, o empreendimento terá ainda uma área de restauração com capacidade para 50 pessoas e um centro interpretativo dedicado ao chocolate e que até incluirá alguma maquinaria que restou da antiga fábrica.

Uma loja ‘gourmet’ ou tratamentos de chocoterapia com cacau e chocolate, serão outros serviços a disponibilizar.

A fábrica de chocolates “Avianense” foi declarada falida a 24 de setembro de 2004, lançando para o desemprego 48 trabalhadores, face a dívidas de 2,2 milhões de euros.

A marca centenária, bem como os equipamentos e a frota da empresa, foram arrematados, por cerca de 150 mil euros, por um empresário que em agosto de 2005 retomou o fabrico dos chocolates em Durrães, Barcelos, onde ainda é feito.

O espaço que albergou a produção de chocolate durante mais de 90 anos, em pleno centro da cidade de Viana do Castelo, ficou devoluto e já foi entretanto demolido, à exceção da fachada do edifício principal, classificada, datada do início do século XX.

O “Imperador”, um bombom feito com uma amêndoa torrada nacional e chocolate de leite, é ainda hoje a grande imagem de marca da “Avianense”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Líder do CDS/Madeira recebeu 30 mil euros do financiador do Chega, a seis semanas das regionais

Rui Barreto, líder do CDS na Madeira, recebeu um total de 29.880 euros de César do Paço, o conhecido financiador do Chega. O "empréstimo" foi concedido a poucas semanas das eleições regionais que levaram o …

Autarcas e bombeiros exigem que Governo mantenha SIRESP a funcionar

As declarações do presidente da Altice Portugal de que o SIRESP ia "acabar a 30 de junho" fizeram soar os alarmes. Autarcas e bombeiros querem que o Governo mantenha a rede de emergência. Na quarta-feira, em …

Carlos Carreiras anuncia "vacina portuguesa" e causa mal-estar no Governo

O presidente da Câmara de Cascais afirmou que, "em completa articulação com o Governo", garantiu a compra e inclusive a cedência da patente de uma vacina para produzir na Área Metropolitana de Lisboa. Esta quarta-feira, num …

Pela primeira vez, Japão admite cancelar Jogos Olímpicos

O Japão admitiu pela primeira vez esta quinta-feira que o cancelamento dos Jogos Olímpicos, adiados desde o verão passado e com arranque marcado para 23 de julho, continua a ser uma hipótese em cima da …

Ataque de Sócrates ao PS é uma "tremenda injustiça". Costa não é um "traidor", diz Ana Catarina Mendes

A líder parlamentar do PS, Ana Catarina Mendes, criticou as declarações de José Sócrates que, em resposta a Fernando Medina, atacou a direção do partido. Em entrevista à TVI, na noite desta quarta-feira, José Sócrates respondeu …

Guardiola iguala recorde de Mourinho na Liga dos Campeões

Pep Guardiola igualou o recorde de presenças nas meias-finais da Liga dos Campeões. O espanhol tem agora as mesmas oito presenças de José Mourinho. Há muito tempo que Pep Guardiola enfrentava dificuldades nos quartos de final …

Responsável pela acusação da Operação Marquês fica fora da lista de promoções do MP

O procurador Rosário Teixeira, responsável pela acusação da Operação Marquês, não figura entre os candidatos da lista de promoções do Ministério Público — e já recorreu da decisão. O Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) aprovou …

Investigação a ligações entre PJ e Doyen só ouviu 2 testemunhas antes de ser arquivada

A investigação a alegadas ligações entre um inspetor da PJ e representantes da Doyen, foi arquivada após apenas terem sido ouvidas duas testemunhas. A denúncia sobre estas alegadas ligações chegou da então eurodeputada Ana Gomes. Foi …

Depois de Benfica e Sporting, Beto também interessa ao FC Porto

Depois do interesse de Benfica e Sporting, o FC Porto também está atento a Beto, o avançado do Portimonense que tem dado cartas esta temporada. Se pensava que esta ia ser uma corrida de dois cavalos …

Depois de uma emergência a contragosto, decidem-se as medidas para a 3.ª fase do desconfinamento

Esta quinta-feira, o Conselho de Ministros decide se o desconfinamento avança na próxima segunda-feira. Em causa está o avanço da terceira fase como previsto, a estagnação dos concelhos de maior risco na segunda fase ou …