Detetado primeiro caso de gato infetado em Espanha

Foi detetado o primeiro caso de covid-19 num gato em Espanha. A autópsia revelou que o felino tinha o vírus da SARS-CoV-2, contraído através do contacto com os donos infetados.

O primeiro gato infetado pelo novo coronavírus em Espanha, que é o sexto a nível mundial, foi detetado por técnicos do Centro de Investigação de Saúde Animal da região da Catalunha (CReSA). O gato, chamado Negrito e que já morreu, vivia com uma família de várias pessoas infetadas e sofria de uma doença cardíaca.

Um dos investigadores, Joaquím Segalés, citado pela agência EFE, afirmou que “a cadeia de transmissão do vírus é de pessoas para gatos, e os gatos são as vítimas colaterais da doença nos seres humanos”.

O técnico salientou que “a via predominante de transmissão da covid-19 é de humano para humano, e que a capacidade dos gatos para transmitir a doença é insignificante, ou seja, não desempenham um papel significativo na epidemiologia da doença”. “Não há provas de transmissão dos animais para os seres humanos e não conhecemos a capacidade dos animais de infetarem outros animais.”

Um estudo recente feito na China demonstrou que a transmissão é possível, mas muito difícil em condições laboratoriais, pelo que, “em condições reais, deverá ser ainda mais difícil”.

Por seu turno, a diretora da CReSA, Natàlia Majó, indicou que é possível “que alguns animais sejam infetados através do contacto próximo com pessoas infetadas”, dado que a infeção pelo novo coronavírus já se espalhou amplamente entre a população humana.

Estudos científicos publicados até agora indicam que os gatos são uma das espécies de animais sensíveis à infeção pelo SRA-CoV-2, tais como furões, martas, hamsters, primatas não humanos e, em menor grau, cães.

No entanto, Majó considerou que, neste momento, “existem poucos estudos sobre a suscetibilidade das diferentes espécies animais ao coronavírus e sobre a dinâmica da infeção em espécies animais sensíveis”.

O Negrito foi internado num hospital veterinário com graves dificuldades respiratórias, uma temperatura retal de 38,2 graus, um nível muito baixo de plaquetas e insuficiência cardíaca, tendo por isso sido praticada uma eutanásia para aliviar a sua situação.

Posteriormente, foi transferido para a CReSA, onde foi submetido a uma necropsia, dado que este centro possui uma unidade de bio-contenção adequada para trabalhar com o coronavírus.

A necropsia mostrou que o gato tinha uma cardiomiopatia hipertrófica felina, geralmente de origem genética, e que as causas de insuficiência cardiorrespiratória aguda eram edema e congestão pulmonar e hemorragia.

Além disso, foi detetado material genético SARS-CoV-2 em amostras retiradas do nariz e do gânglio linfático mesentérico (que drena o intestino), embora com uma carga viral baixa, e nenhuma das lesões apresentadas pelo animal era compatível com a infeção pelo vírus.

Segalés considerou que a deteção do coronavírus neste animal “foi acidental e não relacionada com os sintomas clínicos para os quais foi decidido praticar a eutanásia”. A investigadora indicou que todos os casos conhecidos de gatos infetados pelo coronavírus tinham um denominador comum, pertenciam a famílias com doentes da covid-19.

Acrescentou que este caso era especial, porque os técnicos sabiam “que [o gato] estava num ambiente com pessoas com a covid-19 e poderia ter sido exposto ao vírus”.

Os investigadores recomendam, assim como é defendido pela Organização Mundial da Saúde Animal (OIE), que as pessoas infetadas com o vírus e com animais de estimação em casa tomem medidas básicas de higiene, como lavar as mãos antes e depois do contacto com os animais ou ao manusear os alimentos ou objetos pessoais, bem como evitar dar beijos.

“Se possível, o melhor a fazer é evitar o contacto direto”, foi recomendado pelo CReSA, um centro pertencente ao Instituto de Investigação e Tecnologia Alimentar e Agrícola (IRTA), que faz parte do departamento da Agricultura, Pecuária, Pescas e Alimentação do Governo regional catalão.

Sintomas como febre, tosse, dificuldade em respirar, espirros, vómitos, diarreia ou letargia são sinais clínicos potencialmente compatíveis com as infeções pelo SARS-CoV-2, pelo que os investigadores recomendam que, em caso de dúvida, seja melhor consultar um veterinário.

A Espanha é um dos países mais atingidos pela covid-19, que a nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, já provocou cerca de 267 mil mortos e infetou mais de 3,8 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

O país registou, nas últimas 24 horas, 229 mortes devido à pandemia de covid-19, uma ligeira subida em relação aos 213 de quinta-feira, havendo até agora um total de 26.299 óbitos, segundo as autoridades sanitárias.

De acordo com o Ministério da Saúde espanhol, há 1.095 novos casos positivos, um número que apesar de superior ao de quinta-feira, mantém a tendência de redução dos últimos dias, elevando para 222.857 o total de infetados confirmados pelo teste PCR, o mais fiável na deteção do vírus.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Consumo excessivo de álcool afeta o sistema nervoso (e aumenta a ansiedade)

Investigadores do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde concluíram que o consumo repetitivo de álcool afeta diretamente células imunes do sistema nervoso central, que eliminam parte da comunicação entre os neurónios, e provoca o …

Afinal, os tubarões-baleia macho não são os maiores peixes dos oceanos

Um novo estudo revela que, afinal, os tubarões-baleia machos não são os maiores peixes do oceano. As fêmeas crescem continuamente muito depois de os machos pararem, atingindo tamanhos maiores - ainda que demorem mais tempo …

Exército norte-americano usou fundos de emergência covid-19 para comprar armas

O exército dos Estados Unidos utilizou fundos de emergência aprovados pelo Congresso especificamente para combater a covid-19 para comprar armas, denuncia esta semana o jornal norte-americano The Washington Post. O caso remonta a março passado, …

Carpinteiros usam técnica medieval na reconstrução de Notre Dame

A reconstrução de Notre Dame - que se prevê estar concluída no prazo de cinco anos - continua a avançar e os carpinteiros usaram técnicas medievais para erguer uma estrutura na fachada do monumento. A Catedral …

Durante um ano e meio, uma aldeia inteira perdeu a Internet todos os dias à mesma hora (e já se sabe porquê)

Durante 18 meses, os residentes de uma vila no País de Gales perderam a Internet todos os dias à mesma hora. Agora, engenheiros identificaram o motivo: uma televisão em segunda mão que emitia um sinal …

Gado na UE produz 704 milhões de toneladas de CO2 (mais do que todos os transportes juntos)

De acordo com uma nova análise da Greenpeace, animais de criação como vacas, porcos e outros, estão a emitir mais gases com efeito de estufa na Europa do que todos os transportes juntos. Na última década, …

É distraído e está sempre a perder a carteira? A Cashew Smart Wallet é para si

Uma simples carteira pode vir a melhorar os seus dias. A Cashew Smart Wallet é dotada de uma tecnologia de bluetooth que permite proteger os seus bens e ainda o ajuda caso a perca por …

Desportivo das Aves SAD desiste do Campeonato de Portugal

O Desportivo das Aves SAD vai abdicar da participação no Campeonato de Portugal (CdP), após ter falhado as negociações com o Perafita para utilizar as instalações do clube de Matosinhos. "As inscrições fechavam ontem [terça-feira] e …

Celebridades doam dinheiro para pagar dívidas a ex-presos impedidos de votar nos EUA

O bilionário Michael Bloomberg, o cantor John Legend e o basquetebolista LeBron James são algumas das celebridades que estão a doar dinheiro para pagar dívidas de ex-presidiários da Florida, impedidos de votar nas próximas eleições …

No debate sobre o Plano de Recuperação, evocou-se Sócrates e Passos

O líder do PSD questionou o primeiro-ministro se pretende "fomentar o desemprego" com o aumento do salário mínimo. O chefe do Governo manifestou-se "completamente perplexo". Na abertura do debate sobre o Plano de Recuperação e Resiliência, …