Primeiras doses de vacina poderão estar disponíveis em Portugal em dezembro

O Infarmed garantiu, na reunião entre especialistas e políticos desta segunda-feira, que as primeiras doses de uma vacina poderão estar disponíveis em dezembro deste ano.

De acordo com a TSF, a Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed) disse que as primeiras vacinas contra a covid-19 devem chegar a Portugal em dezembro deste ano e as restantes doses em 2021. A autoridade garantiu ainda que nenhuma vacina será administrada à população portuguesa sem um processo de avaliação de segurança e eficácia.

A distribuição da vacina para a covid-19 está a ser concertada pela União Europeia (UE). O objetivo dos Estados-membros é apoiar o desenvolvimento e a produção de vacinas, assegurando a disponibilidade de fármacos futuros.

Segundo o Infarmed, estão para breve as assinaturas de mais contratos com farmacêuticas para comprar as vacinas que estão a ser desenvolvidas contra a covid-19. A negociação está a ser feita pela Agência Europeia do Medicamento.

O Jornal de Negócios adianta esta terça-feira que estão a ser ultimados outros cinco contratos diferentes para receber novas vacinas contra o novo coronavírus. Segundo o presidente do Infarmed, Rui Santos Ivo, as negociações deverão ficar concluídas no final de setembro ou início de outubro e que até ao verão de 2021 Portugal poderá receber até seis vacinas diferentes.

Além da AstraZeneca, Portugal está a ultimar outros cinco contratos: o consórcio Pfizer/BioNTech, as norte-americanas Moderna e Johnson&Johnson, o laboratório francês Sanofi e a britânica GSK e a CureVac.

“Tudo isto se vai passar num período de tempo curto. Até ao final deste mês ou princípio do próximo, seguramente estas negociações irão ficar concluídas”, disse Rui Santos Ivo ao Jornal de Negócios.

Por outro lado, Rui Santos Ivo disse que que o desenvolvimento de uma vacina contra a covid-19 ainda está numa fase precoce. Das 176 vacinas em desenvolvimento, apenas oito estão na terceira fase de testes.

Os resultados da vacina da AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford, são esperados em outubro.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Nação Cherokee pede à Jeep que deixe de usar o nome da tribo nos seus carros

"É hora de a Jeep reconsiderar chamar os seus SUVs Cherokee e Grand Cherokee". Pela primeira vez, a tribo norte-americana Nação Cherokee pediu diretamente à Jeep para parar de usar o seu nome nos seus …

PCP quer apoios a 100% para pais "imediatamente e com efeitos retroativos"

O secretário-geral do PCP pediu ao Governo, este sábado, apoios a 100% para os trabalhadores que estão em casa com os filhos, pagos "imediatamente e com efeitos retroativos", e defendeu um plano de desconfinamento "setor …

Naufrágio grego que levava partes do Partenon está a revelar os seus segredos

A última expedição de mergulhadores ao navio grego Mentor, que naufragou perto da ilha Citera em 1802, recuperou várias peças do cordame, moedas, a sola de couro de um sapato, uma fivela de metal, uma …

Chega vai reagir "muito veementemente" na rua à tentativa de ilegalização

O líder do Chega disse, este sábado, que o partido vai responder "muito veementemente" e com "presença na rua", já em março, à tentativa de ilegalização da estrutura promovida por Ana Gomes. "Quero deixar claro aqui, …

Procura-se candidato para dormir. Site oferece 1650 euros e uma noite num resort

Este pode ser, literalmente, um emprego de sonho: fazer dinheiro enquanto se dorme, incluindo uma noite num resort de 5 estrelas. O site Sleep Standards, que se dedica a dar informação sobre pesquisas e produtos relacionados …

Catarina Martins faz apelo a Costa. "Moratórias têm de ser estendidas já"

A coordenadora do Bloco de Esquerda fez um apelo direto ao primeiro-ministro, este sábado, para que não espere que "seja tarde demais" e decida já estender as moratórias, evitando assim uma vaga de despejos e …

Toronto apresenta providência cautelar contra projeto que constrói "casas" para os sem-abrigo

Um carpinteiro canadiano decidiu construir abrigos para as pessoas que vivem nas ruas de Toronto. A autarquia considerou que são perigosos e apresentou uma providência cautelar. De acordo com a empresa de media Vice, Khaleel Seivwright, carpinteiro …

Trinta anos depois, MI6 pede desculpa por ter banido espiões gays

Richard Moore pediu desculpa " pela forma como colegas e concidadãos LGBT+ foram tratados", tendo-lhes sido negada a oportunidade de servir o país no MI6. O chefe do MI6, o serviço secreto de inteligência do Reino …

Já foram administradas 837.887 vacinas em Portugal

Um total de 837.887 vacinas contra a covid-19 foram administradas em Portugal desde 27 de dezembro, quando foi dada a primeira dose, indicou o Ministério da Saúde este sábado. Num comunicado de balanço do processo de …

Pintura de Van Gogh de Paris nunca antes vista exibida pela primeira vez

Uma pintura de Vincent Van Gogh de uma rua de Paris foi exposta pela primeira vez depois de passar mais de 100 anos "escondida" pelos seus proprietários. Uma cena de rua em Montmartre, em Paris, pertenceu …