Pela primeira vez, o Central Park tem uma estátua de “mulheres reais”

Justin Lane / EPA

O famoso parque nova-iorquino Central Park, com 167 anos de história, tem a partir desta quarta-feira a sua primeira estátua homenageando “mulheres reais”, duas brancas e uma negra, três pioneiras da luta pelos direitos das mulheres.

O monumento de bronze constitui uma pequena brecha na paisagem de cerca de 30 estátuas espalhadas pelo parque em homenagem a homens brancos ou personagens femininas de ficção, como Alice no País das Maravilhas ou Julieta de Shakespeare, com o seu Romeu.

A estátua foi inaugurada numa cerimónia no local, com a presença da ex-secretária de Estado Hillary Clinton, e noutra virtual.

A estátua representa Sojourner Truth (1797-1883), Susan Anthony (1820-1906) e Elizabeth Stanton (1815-1902), três militantes pelos direitos das mulheres e contra a escravatura, reunidas à volta de uma mesa, duas sentadas e uma em pé, aparentemente em plena discussão.

Há pouco mais de uma semana, no dia 18, assinalou-se o 100.º aniversário da ratificação da 19.ª emenda da Constituição norte-americana que concede o direito de voto às mulheres.

Realizada por Meredith Bergmann, a estátua ladeia um dos caminhos mais frequentados do parque, o Caminho dos Escritores (Literary Walk), não muito longe dos monumentos de Shakespeare, do poeta Robert Burns ou de Sir Walter Scott.

É o culminar de sete anos de esforços, sublinhou Pam Elam, presidente do Conselho de Administração da associação Monumental Women, que luta pelo reconhecimento do papel das mulheres na história. “O que pedimos é uma história completa e justa […] refletindo a contribuição das mulheres e das pessoas de cor, e não vamos parar enquanto não o conseguirmos”, declarou.

O projeto conheceu algumas reviravoltas, ilustrando o animado debate nos Estados Unidos sobre a sua história, que ressurgiu com as enormes manifestações contra a desigualdade racial após a morte do afro-americano George Floyd pela polícia no final de maio. Os protestos incluíram o derrube de estátuas de figuras tidas como símbolo da opressão das minorias, como Cristóvão Colombo.

Um primeiro desenho da estátua representava apenas Susan Anthony e Elizabeth Stanton, duas mulheres brancas, e foi criticado por ignorar o ativismo das mulheres negras, tendo-se juntado então Sojourner Truth.

Além de Central Park, o município de Nova Iorque comprometeu-se no final de 2018 a dedicar mais monumentos às mulheres.

Shirley Chisholm (1924-2005), a primeira mulher negra eleita para o congresso em 1968, deve ser a próxima beneficiária desta vontade de reconhecimento: a sua estátua, com conclusão prevista até ao final do ano, deve ser colocada à entrada do Prospect Park, em Brooklyn.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …

Neymar prolonga contrato com o Paris Saint-Germain até 2025

O avançado internacional brasileiro Neymar renovou contrato com o Paris Saint-Germain até 30 de junho de 2025, informou hoje o tricampeão francês e vice-campeão europeu de futebol. “O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar que …

Países usaram modelo do queijo suíço para conter a covid-19. Na Índia, alguns "buracos" eram demasiado grandes

A grande maioria dos países adotou a estratégia do queijo suíço para responder à pandemia. Na Índia, os "buracos" eram demasiado grandes em três das camadas mais importantes. Para responder à crise sanitária desencadeada pela covid-19, …

Primeira-ministra da Escócia declara que "haverá maioria pró-independência" no parlamento

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, declarou hoje vitória nas eleições regionais, afirmando que "haverá uma maioria pró-independência" no parlamento escocês. Com as projeções a indicarem que o Partido Nacional Escocês (SNP), que lidera, foi o …

SOS Rio Paiva pede que se limite o número de visitantes à ponte e Passadiços do Paiva

A associação SOS Rio Paiva manifestou-se preocupada com o aumento da pressão turística e com a poluição, na sequência da inauguração da ponte suspensa em Arouca, e pediu que se limite o número de visitantes. A …

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo, caso este ainda esteja associado a contas em sites ou redes sociais. Embora milhões de números de telemóvel sejam desconectados todos os anos, um novo …

Ataque à bomba contra escola feminina em Cabul faz 30 mortos e 79 feridos

A explosão de uma bomba junto a uma escola secundária para raparigas na zona ocidental de Cabul fez hoje pelo menos 30 mortos e 79 feridos, segundo um novo balanço feito pelas autoridades afegãs. “O número …

Tamám Shud. Exumação de corpo pode resolver um estranho mistério com 70 anos

As autoridades da Austrália aprovaram uma exumação do corpo de Tamám Shud - ou "Homem de Somerton" - e, em breve, o mistério de 70 anos pode estar resolvido. Em 30 de novembro de 1948, vários …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Vacinação no bom caminho com 25% da população da UE vacina

A Comissão Europeia anunciou este sábado que 200 milhões de doses de vacinas anticovid-19 chegaram já à União Europeia (UE) e 160 milhões de europeus já receberem a primeira dose, levando a que a vacinação …