Pela primeira vez, um avião tripulado aterrou sozinho

Uma equipa de cientistas alemã criou um sistema que permite à aeronave aterrar autonomamente em qualquer pista, sem nenhum tipo de apoio humano.

Enquanto a indústria automóvel tem andado léguas no que toca a inovação em autonomia, a indústria da aviação nem tanto. Por isso mesmo, a criação deste novo sistema que consegue aterrar um avião sozinho é o maior passo já alguma vez dado neste campo.

Para alcançar este feito, o sistema de pouso automático chamado C2Land utiliza visão computacional para identificar a pista de aterragem e controlar o avião em segurança até ao solo, tal e qual um piloto humano.

Os aviões atuais têm um sistema semelhante, chamado Instrument Landing System (ILS) que serve de apoio quando os pilotos não conseguem ver integralmente a pista de aterragem. Este sistema recorre a sinais de rádio no solo e recetores instalados dentro da aeronave para determinar a posição do avião.

O C2Land não precisa desse tipo de infraestruturas, que nem todas as pistas e aeroportos têm, tratando-se assim de uma tecnologia mais económica e acessível. Mesmo em condições de fraca visibilidade, o C2Land mostra-se eficaz, recorrendo a GPS e visão computacional para controlar o avião.

O processo é bastante simples: o computador deteta a linha de aterragem e calcula a trajetória da aeronave tendo em conta a velocidade, altitude e outras variáveis — explica o ExtremeTech.

Para aferirem o sucesso da tecnologia, os cientistas equiparam um Diamond DA42 com o sistema C2Land. A bordo ia o piloto Thomas Wimmer, que apenas teve a responsabilidade pôr o avião no ar. A caminho da pista a tarefa ficou encarregue ao avião. O vídeo mostra detalhadamente a trajetória virtual criada pela tecnologia, naquela que foi a primeira aterragem autónoma de um avião tripulado.

“As câmaras já reconhecem a pista a uma grande distância do aeroporto”, disse Wimmer. “Depois, o sistema guia automaticamente a aeronave pela aproximação à pista e aterra precisamente no centro”, acrescentou, citado pelo Science Alert.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Já estão em operação há imensos anos comboios completamente automáticos.
    Há muito tempo que os aviões comerciais poderiam descolar e aterrar automaticamente.
    A única razão por que ainda não se faz é que ninguem – para já – quererà voar num avião sem pilotos.
    Se forem ver as estatísticas, 95% dos acidentes aéreos são por causa de erro humano.

  2. Os aviões comerciais e pilotos habilitados para ILS3C podem e tem de pousar pelo piloto automático, sempre que um aeroporto com pista para tal aparelhada estiver com as condições meteorológicas de tal modo reduzidas, exigindo esse tipo de aproximação. Para decolar não.Todas as decolagens são feitas sem o piloto automático, que é acionado no início da subida, depois da decolagem.

  3. Eu também andei SEMPRE em aviões tripulados!!! Pensava que os aviões tripulados já aterravam há muito tempo… levantavam e depois aterravam.

  4. Gentem tudo que eu adoraria presenciar e óbvio, registrar também, com grande emoção as Aeronaves dos políticos em especial da Presidência subir aos céus depois de um longo percurso aterrizar com a grande tecnologia sem nenhuma intervenção de pilotos e co-pilotos, só no avanço tecnológicos. Nossa!.. Só um sonho né…Quem inventa, o sucesso é graças as cobaias

RESPONDER

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …

Conselho de Ministros aprova proposta de OE2020 (e foram quase 10 horas de reunião)

O Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de Orçamento do Estado para 2020, dez horas depois de a reunião extraordinária ter começado, anunciou hoje o primeiro-ministro na sua página na rede social Twitter. "O Conselho …

Nova espécie de baleia mostra como este animal evoluiu para conseguir nadar

Cientistas descobriram uma nova espécie de baleia, que existiu há 35 milhões de anos, que pode dar novas pistas sobre como as baleias evoluíram para conseguir nadar. De acordo com a revista Newsweek, os investigadores analisaram …

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …