Presidente do Turismo do Norte terá sido corrompido com jantar de 1350 euros em Madrid

Um jantar que custou cerca de 1350 euros em Madrid, à margem da Feira Internacional de Turismo (Fitur), em janeiro, é a única contrapartida concreta que o Ministério Público identifica associada ao crime de corrupção atribuído a Melchior Moreira.

Um jantar com várias pessoas, que custou cerca de 1350 euros, em Madrid, à margem da Feira Internacional de Turismo (Fitur), em janeiro. Esta terá sido a única contrapartida concreta que o Ministério Público (MP) identifica associada ao crime de corrupção atribuído a Melchior Moreira, presidente do Turismo do Porto e Norte, que aguarda o desenvolvimento da Operação Éter em prisão preventiva.

O Público avança que o jantar terá sido pago por Manuela Couto, administradora da W Global Communication e mulher do presidente da Câmara de Santo Tirso, que esteve também presente no jantar.

O diário teve acesso a um documento no qual o Ministério Público considera que o jantar foi a contrapartida dada a Melchior Moreira e à diretora operacional do Turismo do Porto e Norte, suspensa de funções, por estes terem aceite pagar antecipadamente os cerca de 50 mil euros pelos serviços prestados pela empresa de Manuela Couto na Fitur.

A procuradora Carla Fardilha sustenta esta tese com uma conversa tida num serviço de mensagens eletrónicas entre Manuela Couto e a diretora operacional do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNO), a 29 de janeiro, já depois do jantar.

Na conversa, a empresária pede à responsável do turismo que lhe paguem os serviços da Fitur porque precisava do dinheiro para pagar vencimentos. A diretora operacional responde, “em modo socorro”, com os dados para Manuela Couto pagar o jantar de Madrid, dizendo que naquele dia iriam “chegar” os compromissos da Fitur. Horas mais tarde, a diretora envia uma mensagem à empresária a dizer: “Já foi transferido.”

O Ministério Público nota a rapidez do pagamento (que aconteceu no mesmo dia), antes do prazo de 60 dias estabelecido no contrato e numa altura em que o Turismo do Norte tinha pouca disponibilidade financeira, segundo os próprios arguidos.

Funcionários pressionados

Melchior Moreira, presidente do Turismo do Porto e Norte, vai aguardar o desenvolvimento da Operação Éter em prisão preventiva.

Esta decisão é justificada pelo tribunal por ter tido em conta o depoimento do atual vice-presidente da instituição, que afirmou que Melchior Moreira tem tentado influenciar eventuais depoimentos de funcionários, pressionando alguns e beneficiando outros.

O testemunho de Jorge Magalhães é assim usado para sustentar também o principal foco da investigação, relacionado com a forma como foram contratadas as lojas interativas na região de turismo do Norte.

Assim, este afirma que foi pressionado pela diretora operacional para contratar várias entidades, a maior parte das quais do empresário de Viseu José Agostinho, indiciado por prevaricação, participação económica em negócio, entre outros crimes.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O Ministério Público, esqueceu-se das despesas das Portagens, Combustível, Hotel-com ou sem dama companhia, e na despesa do tempo da deslocação.

  2. Tal como era espectável, parece, que neste caso “A MONTANHA PARIU UM RATO”, deve tratar-se mais de uma luta SUJA pelo poder, e não de um caso de grande corrupção….Só é lamentável, que a justiça se deixado arrastar e envolver nesta possivel “disputa”!….(1350 Euros num jantar oficial, para várias pessoas na feira de turismo de Madrid?….)

RESPONDER

É a quantidade de alimento que determina quem se torna a abelha-rainha

Um novo estudo sugere que é a quantidade de alimento, e não a sua qualidade, como se pensava até agora, que determina quem se torna a abelha-rainha. Quais são os fatores que determinam qual é a …

Em Miami e Nova Iorque, os polícias ajoelharam-se por George Floyd

Em Miami e em Nova Iorque, alguns agentes da autoridade juntaram-se aos manifestantes por breves momentos, para mostrar o seu respeito pela memória de George Floyd. Nos Estados Unidos, os protestos pela morte de George Floyd …

A Nova Zelândia está em cima de uma enorme bolha de lava

A Nova Zelândia situa-se no topo dos restos de uma pluma vulcânica gigante. Este processo é o responsável pela atividade vulcânica e desempenha um papel fundamental no funcionamento do nosso planeta. Nos anos 70, vários cientistas …

Petição busca estatuto de vítima para crianças em contexto de violência doméstica

Uma petição lançada na sexta-feria que reivindica a criação do estatuto de vítima para as crianças que vivem em contexto familiar de violência doméstica já foi assinada por mais de 1300 pessoas, entre elas personalidades …

Assimétrica e flutuante. A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai "nascer" em 48 horas

A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai estar pronta no próximo mês para demonstrar a velocidade e a eficácia de uma técnica de construção que será sete vezes mais rápida e terá …

Anonymous garantem que princesa Diana foi assassinada para abafar caso Epstein

O movimento internacional de ciberativistas Anonymous - ou alguém que alega operar em seu nome - garante que a princesa Diana, que morreu num acidente de viação em agosto de 1997, foi, na verdade, assassinada …

Empresa de mineração pede desculpa por destruir cavernas sagradas aborígenes

A empresa mineira Rio Tinto admitiu que destruiu as cavernas pré-históricas que eram locais de culto para os aborígenes australianos e pediu desculpa. As cavernas de pedra Juukan Gorge 1 e 2 – dois locais de …

Itália exige "respeito": vai abrir fronteiras, mas excluir países que impõem restrições a italianos

Apesar de acredita "no espírito europeu", o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano sublinhou que o país está pronto "para fechar as fronteiras" àqueles que não o respeitem. A Itália vai abrir as suas fronteiras internacionais a …

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …