Presidente do Turismo do Norte terá sido corrompido com jantar de 1350 euros em Madrid

Um jantar que custou cerca de 1350 euros em Madrid, à margem da Feira Internacional de Turismo (Fitur), em janeiro, é a única contrapartida concreta que o Ministério Público identifica associada ao crime de corrupção atribuído a Melchior Moreira.

Um jantar com várias pessoas, que custou cerca de 1350 euros, em Madrid, à margem da Feira Internacional de Turismo (Fitur), em janeiro. Esta terá sido a única contrapartida concreta que o Ministério Público (MP) identifica associada ao crime de corrupção atribuído a Melchior Moreira, presidente do Turismo do Porto e Norte, que aguarda o desenvolvimento da Operação Éter em prisão preventiva.

O Público avança que o jantar terá sido pago por Manuela Couto, administradora da W Global Communication e mulher do presidente da Câmara de Santo Tirso, que esteve também presente no jantar.

O diário teve acesso a um documento no qual o Ministério Público considera que o jantar foi a contrapartida dada a Melchior Moreira e à diretora operacional do Turismo do Porto e Norte, suspensa de funções, por estes terem aceite pagar antecipadamente os cerca de 50 mil euros pelos serviços prestados pela empresa de Manuela Couto na Fitur.

A procuradora Carla Fardilha sustenta esta tese com uma conversa tida num serviço de mensagens eletrónicas entre Manuela Couto e a diretora operacional do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNO), a 29 de janeiro, já depois do jantar.

Na conversa, a empresária pede à responsável do turismo que lhe paguem os serviços da Fitur porque precisava do dinheiro para pagar vencimentos. A diretora operacional responde, “em modo socorro”, com os dados para Manuela Couto pagar o jantar de Madrid, dizendo que naquele dia iriam “chegar” os compromissos da Fitur. Horas mais tarde, a diretora envia uma mensagem à empresária a dizer: “Já foi transferido.”

O Ministério Público nota a rapidez do pagamento (que aconteceu no mesmo dia), antes do prazo de 60 dias estabelecido no contrato e numa altura em que o Turismo do Norte tinha pouca disponibilidade financeira, segundo os próprios arguidos.

Funcionários pressionados

Melchior Moreira, presidente do Turismo do Porto e Norte, vai aguardar o desenvolvimento da Operação Éter em prisão preventiva.

Esta decisão é justificada pelo tribunal por ter tido em conta o depoimento do atual vice-presidente da instituição, que afirmou que Melchior Moreira tem tentado influenciar eventuais depoimentos de funcionários, pressionando alguns e beneficiando outros.

O testemunho de Jorge Magalhães é assim usado para sustentar também o principal foco da investigação, relacionado com a forma como foram contratadas as lojas interativas na região de turismo do Norte.

Assim, este afirma que foi pressionado pela diretora operacional para contratar várias entidades, a maior parte das quais do empresário de Viseu José Agostinho, indiciado por prevaricação, participação económica em negócio, entre outros crimes.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O Ministério Público, esqueceu-se das despesas das Portagens, Combustível, Hotel-com ou sem dama companhia, e na despesa do tempo da deslocação.

  2. Tal como era espectável, parece, que neste caso “A MONTANHA PARIU UM RATO”, deve tratar-se mais de uma luta SUJA pelo poder, e não de um caso de grande corrupção….Só é lamentável, que a justiça se deixado arrastar e envolver nesta possivel “disputa”!….(1350 Euros num jantar oficial, para várias pessoas na feira de turismo de Madrid?….)

RESPONDER

O RRS David Attenborough, navio virgem dos reinos polares, já saiu do estaleiro

O navio RRS Sir David Attenborough saiu finalmente do seu estaleiro. O já lendário navio vai agora ser sujeito a alguns testes antes de ser oficialmente entregue ao serviço, em novembro deste ano. A construção do …

Vulcões ativos produzem 30 a 50% da atmosfera de Io

Novas imagens rádio obtidas pelo ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) mostram, pela primeira vez, o efeito direto da atividade vulcânica na atmosfera da lua de Júpiter, Io. Io é a lua mais vulcanicamente ativa do nosso …

Descobertas pegadas fossilizadas com mais de 10 mil anos. São a trilha pré-histórica de uma mãe com um bebé ao colo

Uma equipa de investigadores internacional descobriu o trilho pré-histórico mais comprido do mundo no Novo México, nos Estados Unidos. O novo estudo conta a historia de uma mulher que carregou um bebé nos braços durante …

Pure Skies. Empresa desenha cabines dos aviões do pós-pandemia

Desde o início da pandemia, os especialistas têm testado diferentes maneiras de alcançar o distanciamento social em aviões, embora com pouco sucesso. Agora, há uma empresa que está a levar esta ideia até ao próximo …

OE2021. Bloco de Esquerda vota contra na generalidade

O Bloco de Esquerda vai votar contra a proposta do Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, anunciou a coordenadora do partido, Catarina Martins. Em declarações aos jornalistas, a bloquista confirmou este domingo que o …

PS ganha eleições nos Açores sem garantia de maioria absoluta

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo entre 37% e 41%, o que não garante a maioria absoluta, segundo a projeção à boca das urnas realizada este domingo pela Universidade Católica …

Extinção da fauna em Madagáscar pode dever-se à presença humana (e a mudanças climáticas)

Grande parte da fauna de Madagáscar e das ilhas Mascarenhas foi eliminada durante o último milénio. Neste sentido, uma equipa de cientistas analisou um registo do clima nos últimos 8000 anos nas ilhas. O resultado …

PAN vai abster-se na generalidade. OE mais próximo da aprovação

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) vai abster-se na votação na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) na próxima quarta-feira, anunciou a líder parlamentar do partido, Inês Sousa Real. Com a abstenção dos três …

O passado tóxico fica para trás. Asbestos, a cidade "amianto", mudou de nome

A cidade canadiana Asbestos (que significa amianto) ganhou um novo nome, quase 11 meses após o anúncio da votação. Wuase metade dos cerca de 6 mil residentes da cidade canadiana marcaram presença numa votação organizada num …

Menino de 12 anos encontra fóssil de dinossauro com 69 milhões de anos

Nathan Hrushkin, aspirante a paleontólogo de 12 anos, encontrou o fóssil de um dinossauro enquanto passeava com o pai em Alberta, no Canadá. Depois de enviarem uma fotografia ao Museu Royal Tyrrell, ficaram a saber …