Esquema de corrupção no Turismo do Norte terá lesado Estado em cinco milhões

A presumível viciação de contratos públicos, que levou esta quinta-feira à detenção do presidente do Turismo Porto e Norte de Portugal , Melchior Moreira, terá lesado o Estado em mais de cinco milhões de euros.

A Polícia Judiciária do Porto deteve, esta quinta-feira, Melchior Moreira, presidente do Turismo do Norte, por suspeitas de corrupção. Na operação, as autoridades revelaram que foram ainda detidos dois outros dirigentes do Turismo do Norte e dois empresários que beneficiaram do esquema, naquela que é conhecida como Operação Éter.

Em causa está um alegado esquema de corrupção que teria como objetivo favorecer duas empresas na adjudicação de ajustes diretos. Uma empresa era de comunicação e a outra da área da tecnologia, refere o Observador. Somados, os ajustes diretos realizados nos últimos dois ou três anos ultrapassam os cinco milhões de euros.

Uma fonte policial disse à Lusa que a presumível viciação de contratos públicos terá lesado o Estado em mais de cinco milhões, adiantando ainda que os ajustes diretos eram concedidos por valores muito acima do mercado e, por vezes, sem que o serviço fora prestado.

Em causa estão crimes de corrupção, prevaricação, falsificação de documentos, tráfico de influências, recebimento indevido de vantagem e participação económica em negócio em procedimentos de contratação pública no Norte do país.

A lista dos detidos inclui três “figuras de topo” do Turismo Porto e Norte de Portugal, ligadas à chefia do Departamento Operacional e à Direção do Núcleo Financeiro e Jurídico, entre eles o presidente do Turismo Porto e Norte de Portugal, Melchior Moreira. Entre os detidos estão ainda um empresário da zona da Maia e outro da região de Viseu.

Melchior Moreira é encarado como o principal arguido e é suspeito de um conjunto muito alargado de crimes, estando mesmo indiciado pelo crime de corrupção ativa (quem alegadamente solicita e paga a vantagem) como pelo crime de corrupção passiva (quem alegadamente recebe e aceita dar a vantagem).

Segundo o Correio da Manhã, uma das vantagens recebidas pelo líder do Turismo do porto e Norte de Portugal estará relacionada com o pagamento de férias no Algarve. Melchior Moreira é também suspeito de peculato, recebimento indevido de vantagem, prevaricação, participação económica em negócio, abuso de poder e falsificação de documento.

Um dos empresários detidos é a mulher do presidente da Câmara de Santo Tirso, Manuela Couto, administradora da W Global Communication, uma empresa de comunicação que, além de assessoria, receberia igualmente ajustes diretos para a realização de campanhas publicitárias.

Foi também detido o gestor da empresa tecnológica alegadamente favorecida. Do lado do Turismo do Norte foi detida Isabel Castro, chefe de gabinete do Turismo do Porto e Norte.

Os cinco detidos no âmbito da designada operação “Éter” que começou há dois anos, serão presentes esta sexta-feira a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal, no Porto.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Pois, no meio de tantos casos, amanhã já ninguém se lembra e a máquina do Estado pode continuar, serenamente, a “redistribuição” do dinheiro do povo…

  2. São todos os LADRÕES da pior espécie. O exemplo vem de cima e toda a gente ROUBA indecentemente. Cambada de POLITICOS não há um que seja SERIO , são TODOS mas TODOS LADRÕES, VIGARISTAS, CORRUPTOS, MENTIROSOS. Andam desde SEMPRE (não é de agora) a ROUBAR o LORPA do POVO. Portugueses NÃO confiem nestes politicos, andam sempre a arranjar TACHOS p/ os amigos, familiares e afins. Nós quem trabalha e paga impostos é que sofremos na PELE…

  3. Estes são os mais descarados, dos descarados!
    Agora que tal, percorrerem as CCDR´s, associações comerciais e empresariais de norte a sul do país, fundações e as dimensões serão soberbas!

  4. Por causa de ligeireza com que o estado encara as acumulações na função pública é que a corrupção aumenta sem limites. Durante as manhãs certos funcionários públicos trabalham para si, à tarde acumulam com outras funções públicas de relevo. À noite manobram tudo a seu favor. Estas acumulações generalizadas no estado são uma vergonha e os políticos são os primeiros beneficiários.

  5. Serão mais umas penas suspensas a troco do dinheiro roubado. Quando acontecer e saírem não irão trabalhar pelo salário mínimo concerteza. Arranjam outro esquema.

  6. Mas todos os dias a corrupção é notícia! Isto está-se a transformar num Brasil europeu, nada mal para um país com uma história tão longa.

RESPONDER

"Não se esqueçam de agradecer a PSD, PS e CDS-PP" pelo corte de sustentabilidade na pensão

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, acusou este domingo o PS, PSD e CDS-PP de utilizarem a União Europeia (UE) “como desculpa sempre que querem travar” conquistas laborais para todos os que vivem …

Museu de Nova Iorque devolve ao Egito "caixão dourado" roubado em 2011

O Museu Metropolitan (MET) de Nova Iorque vai devolver ao Egito um sarcófago roubado em 2011, durante as manifestações da chamada "Primavera Árabe", anunciou este domingo a instituição nova-iorquina. Construído em ouro para o sacerdote Nedjemankh, …

Quase um terço da população chinesa terá mais de 65 anos em 2050

Trinta por cento da população chinesa terá mais de 65 anos, dentro de três décadas, informou hoje um jornal chinês, ilustrando o rápido envelhecimento do país, apesar de ter abolido a política de filho único. “O …

Trump pede à Europa que julgue os seus "jihadistas" (ou os EUA terão de os libertar)

O presidente dos Estados Unidos apelou aos países europeus, nomeadamente o Reino Unido, a França e a Alemanha, para repatriarem e julgarem os seus combatentes do Estado Islâmico feitos prisioneiros na Síria. Caso contrário, aponta …

Depois de 11 mortes e 1800 condenações, franceses querem o fim dos Coletes Amarelos

A maioria dos franceses defende que devem parar os protestos nas ruas dos “coletes amarelos”, três meses após o início das primeiras manifestações que fizeram 11 vítimas mortais, noticia esta segunda-feira a agência France Presse. Uma …

Uma tese de doutoramento levou Marcelo à capa do El País

A tese de doutoramento sobre Marcelo Rebelo de Sousa é de autoria de uma professora universitária e jornalista da RTP. O tema já chegou ao jornal espanhol El País. O jornal percorre as provas de popularidade …

Seguros de saúde sobem para 2,6 milhões com crise no SNS

No primeiro semestre de 2018 o número de contratos de seguros de saúde aumentou 3%, em termos homólogos, para 2,6 milhões, escreve esta segunda-feira o Jornal de Notícias na sua edição impressa. Os dados, da Autoridade …

PSP usa critérios étnicos para avaliar risco de bairros problemáticos

Apesar de a recolha de dados étnico-raciais não ser permitida em Portugal, a PSP utiliza ainda critérios étnicos na avaliação do grau de risco de zonas urbanas sensíveis (ZUS), avança o jornal Público esta segunda-feira. Segundo …

Pyongyang fala em “momento decisivo” em vésperas de nova cimeira com Washington

O principal diário norte-coreano, Rodong Sinmun, escreve esta segunda-feira que o país enfrenta "um momento decisivo", em termos de desenvolvimento económico, a pouco mais de uma semana da cimeira entre o líder norte-coreano e dos …

OCDE quer tribunais especiais para julgar a corrupção

Portugal precisa de fortalecer os mecanismos de prevenção da corrupção, defende a OCDE, que sugere a criação de tribunais especializados e a redução das possibilidades de recurso dos arguidos.  O retrato da análise da corrupção …